CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA NA VOZ DO PADRE VITOR COELHO CSsR

Ó MARIA SANTÍSSIMA, PELOS MÉRITOS DO SENHOR JESUS CRISTO QUE EM VOSSA IMAGEM MILAGROSA DE APARECIDA ESPALHAIS INÚMEROS BENEFÍCIOS SOBRE O BRASIL, EU, EMBORA INDIGNO DE PERTENCER AO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS, MAS DESEJANDO PARTICIPAR DOS BENEFÍCIOS DA VOSSA MISERICÓRDIA, PROSTRADO A VOSSOS PÉS, CONSAGRO-VOS O ENTENDIMENTO, PARA QUE SEMPRE PENSE NO AMOR QUE MERECEIS. CONSAGRO-VOS A LÍNGUA, PARA QUE SEMPRE VOS LOUVE E PROPAGUE A VOSSA DEVOÇÃO.CONSAGRO-VOS O CORAÇÃO, PARA QUE, DEPOIS DE DEUS, VOS AME SOBRE TODAS AS COUSAS.RECEBEI-NOS, Ó RAINHA INCOMPARÁVEL, QUE NOSSO CRISTO CRUCIFICADO DEU-NOS POR MÃE, NO DITOSO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS. ACOLHEI-NOS DEBAIXO DA VOSSA PROTEÇÃO. SOCORREI-NOS EM NOSSAS NECESSIDADES ESPIRITUAIS E TEMPORAIS E, SOBRETUDO, NA HORA DA NOSSA MORTE. ABENÇOAI-NOS Ó MÃE CELESTIAL, E COM VOSSA PODEROSA INTERCESSÃO FORTALECEI-NOS EM NOSSA FRAQUEZA, A FIM DE QUE, SERVINDO-VOS FIELMENTE NESTA VIDA, POSSAMOS LOUVAR-VOS, AMAR-VOS E RENDER-VOS GRAÇAS NO CÉU, POR TODA A ETERNIDADE. ASSIM SEJA! ...PELA INTERCESSÃO DE NOSSA SENHORA APARECIDA, RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL, A BÊNÇÃO DE DEUS ONIPOTENTE, PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO, DESÇA SOBRE VÓS E PERMANEÇA SEMPRE.AMÉM!
PRÓXIMOS EVENTOS (Todos estão convidados)





ÁGAPE MENSAL
11 - fevereiro - 2017


MAIO - 2017
De 03 a 11 - Viagem / Peregrinação a Portugal
De 20 a 21 - 7º ERESER CAMPINAS
De 15 a 30 - 2ª Missão UNESER em Rondônia

JUNHO - 2017
De 17 a 18 - 2º ERESER CAMPINAS

JULHO - 2017

De 05 a 15 - 3ª Peregrinação a Pé Caminho da Fé
De 14 a 16 - 37º ERESER PROVÍNCIA RIO/MINAS/ES
De 21 a 23 - 22º ENESER - APARECIDA

SETEMBRO - 2017
De 01 a 03 - 5º ERESER VICE PROVÍNCIA MANAUS

OUTUBRO - 2017

Dia 07 - ERESER NA NOVENA DE APARECIDA
Dia 21 - 11º ERESER MAIRINQUE

NOVEMBRO - 2017
De 12 a 15 - 7º ERESER PROVÍNCIA DE CAMPO GRANDE


XIII RETIRO
De 02 a 04 de fevereiro de 2018
Local: Pedrinha (a ser confirmado)




SOM NO BLOG

QUANDO QUISER ASSISTIR ALGUM VÍDEO DO BLOG, VÁ ATÉ À "RÁDIO UNESER INTERATIVA" (caixa à direita do blog) E CLIQUE NO BOTÃO DE PAUSA (II).
APÓS ASSISTIR O VÍDEO, CLIQUE NO MESMO BOTÃO (PLAY) PARA CONTINUAR OUVINDO A RÁDIO.

31 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1858   -   31/07/2015 

7726. Evangelho de 6ª feira (31-07-2015) - Sto. Inácio de Loyola - Lv 23, 1.4-11.15-16.27.34b-37; Sl 80; Mt 13, 54-58 - Dirigindo-se para a sua terra, Jesus ensinava na sinagoga, de modo que ficavam admirados. E diziam: “De onde lhe vem essa sabedoria e esses milagres? Não é ele o filho do carpinteiro? Sua mãe não se chama Maria, e seus irmãos não são Tiago, José, Simão e Judas? E suas irmãs não moram conosco? Então de onde lhe vem tudo isso? E ficaram escandalizados por causa dele. Jesus, porém, disse: “Um profeta só não é estimado em sua própria pátria e em sua família!” E Jesus não fez ali muitos milagres, porque eles não tinham fé. 

Recadinho: - Acontecem muitos milagres em minha vida? - Sei agradecer a Deus tanto bem que recebo, apesar das cruzes e dores? - Meus projetos de vida coincidem com aqueles que Deus me apresenta? - Peço a Deus que aumente minha fé? - Reconheço que também através das pessoas simples e humildes Deus tem sempre muito a me dizer? 

7727. A situação dos cristãos no Oriente Médio - “Os cristãos do Oriente Médio não fugirão da sua terra, que é a terra onde Jesus nasceu, se tiverem o dom de ver mantida a própria fé como experiência do amor de Cristo”, declarou o patriarca maronita Bechara Boutros Rai, durante missa celebrada no dia 05 de julho de 2015 com os jovens participantes do primeiro Fórum Global da Juventude Maronita. O encontro reuniu jovens da comunidade maronita espalhada por todo o mundo, que foram ao Líbano para participar de uma série de reuniões, conferências e iniciativas sociais e culturais. No dia anterior ele já tinha dito palavras de encorajamento para o futuro dos cristãos no Oriente Médio durante a sua visita a igrejas e mosteiros no distrito de Matn. "Não tenham medo! A tempestade vai passar", afirmou o cardeal, acrescentando que "o importante é permanecer enraizados na fé e não desistir". No mesmo dia, ele visitou o campo de refugiados palestinos de Dbayeh e criticou a falta de ação da comunidade internacional diante da tragédia desses refugiados que, há três gerações, vivem em campos espalhados pelo Líbano em condições muitas vezes desumanas. 

7728. Ecologia e finanças são ferramentas - “A encíclica do Papa Francisco “Louvado Sois” (“Laudato Si”) é uma oportunidade única para os que têm fé e para os "homens de boa vontade" refletirem de forma integrada sobre a ecologia. Ela me oferece, além disso, a oportunidade de voltar a me aproximar da “ecologia integral” e recuperar um pouco de “serena harmonia”. Na minha opinião, uma das funções da encíclica é a de criar um debate sobre o tema da ecologia, fundamentado numa base cultural mais sólida. Em outras palavras, a ecologia, bem como as finanças, não são fins, mas ferramentas”. (Massimo Medugno, diretor geral da Assocarta, associação que representa as empresas produtoras de papel e papelão na Itália, em 05/julho/2015) 

7729. A situação das escolas católicas - “Ninguém é obrigado a matricular-se ou manter-se numa escola católica, mas ninguém, nem a própria direção da escola, tem o direito de impor à escola católica que aceite deixar de ser católica, traindo a Igreja e aos pais católicos que confiam nela. Não faltam escolas adequadas às famílias que pensam diferentemente! A primeira regra em educação deveria ser: ninguém deve enganar ninguém! Quem se apresenta como escola católica, que seja católica. Quem procura um colégio católico, que aceite o que encontra. Ou matricule-se em outro lugar!” (Paulo Vasconcelos Jacobina, 05/julho/2015) 

7730. Voltem para o caminho de Deus! - “O coração dos ímpios (Sb 2, 1a.12-22), que se afastam de Deus, querem tomar posse da religião. Os inimigos de Jesus constroem armadilhas contra Ele, fazem calúnias e tiram-lhe a fama. É como se preparassem um caldo para destruir o Justo. Isso porque Ele se opõe às suas ações, reprova as culpas contra as leis, joga na cara deles as transgressões contra a educação recebida. Em toda a história da salvação, os profetas foram perseguidos e Jesus diz isso aos fariseus. Na história da salvação, no tempo de Israel e também na Igreja, os profetas foram perseguidos. Perseguidos porque os profetas falam: Vocês erraram o caminho. Voltem para o caminho de Deus! As pessoas que têm o poder desse caminho errado não gostam de ouvir isso". (Papa Francisco, 04/abril/2014)

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

30 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1857 -  30/07/2015 

7722. Evangelho de 5ª feira (30-07-2015) - S. Pedro Crisólogo - Ex 40, 16-21.34-38; Sl 83; Mt 13, 47-53 - Jesus disse à multidão: “O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo. Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam. Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos, e lançarão os maus na fornalha de fogo. E aí, haverá choro e ranger de dentes. Compreendestes tudo isso?” Eles responderam: “Sim”. Então Jesus acrescentou: “Assim, pois, todo mestre da Lei, que se torna discípulo do Reino dos Céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas”. Quando Jesus terminou de contar essas parábolas, partiu dali. 

Recadinho: - Procuro estar sempre entre os “peixes” bons de Deus? - O que a “rede” de minha vida recolhe? Bons peixes? - Como somos felizes por podermos avaliar sempre o conteúdo de nossa “rede”, a rede que nos envolve! - Procuro sempre ser trigo, mesmo em meio ao joio? - Agradeçamos a Deus por fazermos parte dos bons! 

7723. Movimento no Santuário Nacional de 20 a 26/julho/2015 - Conforme dados estatísticos fornecidos pelo Santuário Nacional de Aparecida, durante toda a semana de 20 a 26 de julho de 2015 circularam pelo Santuário 277.203 visitantes. No sábado, 25 de julho, o Santuário recebeu 87.062 pessoas e, no domingo, 26 de julho, o número foi de 115.546 peregrinos. De segunda a sexta-feira, o número de visitantes foi de 74.595. A previsão para o próximo fim de semana é a cidade receber 68.562 visitantes no sábado, dia 01 de agosto/2015, e 81.812 no domingo, dia 02 de agosto. 

7724. Revista de Aparecida - Julho/2015 - Com 58 páginas, edição de 872.000 exemplares, trouxe uma página de encarte, carta do cardeal arcebispo, sobre o mês de Julho, “um mês para não ser esquecido!” E isto porque nele o Santuário foi visitado por dois papas (S. João Paulo II, no dia 04/julho/1980 e Papa Francisco, no dia 24/julho/2013) e ainda neste mês, há 16 anos atrás, surgiu a Campanha dos Devotos. A Revista traz como tema de capa “Irmãos na Fé, a serviço do Evangelho”. Nas páginas internas há os seguintes temas: “Campanha dos Devotos, uma Família Missionária”; “Confirmar o nosso compromisso”, falando de romaria; “O discípulo não é maior que o Mestre”, tratando da missão que cada um recebe de Deus; “Cristo nos ensina a viver” nos conduz a descobrir o tesouro que somos e que é cada pessoa que está próxima de nós; outra matéria nos apresenta a oração da “Salve Rainha”. Seguem: “Pais e avós: como evitar conflitos”. Em “Santuário em Ação fala da “Campanha dos Devotos do Santuário”. Em “16 anos de amor e fidelidade” constam depoimentos de alguns dos primeiros devotos que se inscreveram na Campanha. A matéria “Com a Mãe Aparecida, juventude em missão!” visa envolver a juventude na caminhada para a celebração dos 300 anos do encontro da Imagem da Aparecida. “Creio na força do sofrimento” é um testemunho de fé voltado para a juventude. Outra matéria fala sobre “O que esperar dos adolescentes e jovens”. Seguem ainda: “Intolerância e Violência Religiosa"; “A Penitência em 12 atos” abordando a confissão como ato de humildade. Em “Imagem Peregrina”, foi apresentada a visita da Imagem a Rio Branco, Capital do Estado do Acre; enquanto outra matéria falou sobre “Nossa Senhora Aparecida, símbolo definitivo do Brasil”. Em “Somos comunicação...” é ressaltada a Campanha dos Devotos do Santuário. Há ainda Espaço Vocacional, sobre a “Vida Consagrada como Profecia e Esperança”, espaço do leitor, testemunhos de devotos, “Vida Santa”, sobre o P. Vítor C. de Almeida, terço dos homens, álbum de família, casais em destaque, representantes e Campanha dos Devotos, histórias de fé, fato missionário pitoresco, receita culinária, devotos falecidos, encerrando com reflexão diária do Evangelho do mês. 

7725. Revista Devotos Mirins - Julho/2015 - Com 30 páginas em formato gibi e edição de 117.000 exemplares, é também da Campanha dos Devotos, do Santuário Nacional. Para o público infantil, tem como título de capa e história em quadrinhos de 8 páginas “A Magia da Música”. Seguem outras 3 breves histórias em quadrinhos sobre catequese, brincadeiras infantis e oração. Há ainda as matérias de sempre, referentes aos seguintes temas: testes, passatempos, correio do Tijolinho, espaço para desenhar, cartinhas, testes e fotos de crianças.

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

29 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1856  -  29/07/2015 

7718. Evangelho de 4ª feira (29-07-2015) - Sta. Marta - 1Jo 4, 7-16; Sl 33; Jo 11, 19-27 (ou Lc 10, 38-42) - Muitos judeus tinham vindo à casa de Marta e Maria para consolá-las pela morte de seu irmão. Logo que Marta soube da chegada de Jesus, foi a seu encontro, ao passo que Maria ficou em casa. Marta disse a Jesus: “Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido. Mas mesmo agora sei que Deus te dará tudo quanto lhe pedires”. Disse-lhe Jesus: “Teu irmão ressuscitará!” “Eu sei, disse Marta, que ele ressuscitará na ressurreição, no último dia”. Jesus afirmou-lhe: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá. E todo aquele que vive e crê em mim não morrerá jamais. Crês nisso?” Marta respondeu: “Sim, Senhor! Eu creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, aquele que vem ao mundo”. 

Recadinho: - Você procura ser atencioso, delicado com seu próximo? - Você conhece alguém que enfrentou com serenidade a morte de algum parente ou amigo? - Se você soubesse que dentro de alguns dias morreria, como se prepararia? - Você participa de funerais? - Reza pelos mortos? 

7719. Há pelo menos 20 anos, perguntava-se dentro da Igreja como explicar a ecologia humana! - “Nunca uma encíclica teve o impacto e a relevância da “Louvado Sois” (Laudato Si), do Papa Francisco. É a primeira encíclica em que se encaram de maneira abrangente os problemas ambientais. Há pelo menos 20 anos, perguntava-se dentro da Igreja como explicar a ecologia humana em todas as suas formas e, mesmo antes da publicação, havia muitas expectativas diversas pela manifestação da Igreja. O tema da ecologia divide o mundo inteiro: ecologistas contra indústrias, defensores dos animais contra pecuaristas e laboratórios farmacêuticos, agricultores contra ambientalistas radicais, petroleiras contra organizações ambientais, crentes contra evolucionistas... Apesar das opiniões diferentes, um primeiro resultado da encíclica de Francisco tem tido efeito positivo: o Papa foi além dos conflitos e divisões e propôs uma visão unificada”. (Antônio Gaspari, Roma, 06/julho/2015) 

7720. Um altar de material vegetal na missa do Papa - O altar no Parque Ñu Guazú, no Paraguai, onde o Papa Francisco celebrou a Eucaristia para milhares de pessoas, no dia 12 de julho de 2015, última etapa de sua viagem à América Latina, teve uma particularidade: a ornamentação. De fato, o “altar de milho” escolhido para a ocasião, faz parte das tradições da Semana Santa em Tañarandy, localidade situada nas proximidades da cidade de Santo Ignácio, Província de Missiones, antiga Redução jesuítica do Paraguai. A reprodução deste particular altar, totalmente recoberto por espigas e grãos de milho, além de coco, abóboras, sementes diversas e frutos da estação, evocou os frutos da natureza, a poucas semanas da publicação da Encíclica “Louvado Sejas” (“Laudato Si”), dedicada à relação do homem com a Criação. O projeto desta monumental estrutura vegetal com 40 metros de largura por 41 de altura, com uma cruz ao alto, foi concebido pelo artista Koki Ruiz. Nas laterais do altar estavam ícones de São Francisco de Assis e de Santo Inácio de Loyola, em homenagem às missões franciscanas e jesuítas, as primeiras a evangelizar grande parte do atual território paraguaio. As imagens foram realizadas com grãos de milho e sementes de abóbora, de girassol e de outras plantas. Cerca de 32 mil espigas de milho foram doadas por comunidades de Caaguazú, no Alto Paraná, e por outras localidades da região. Para sua realização foram envolvidas inúmeras pessoas, entre as quais muitas crianças que puderam decorar mais de 160 mil cartuxos de coco com palavras, intenções e desenhos dedicados à visita do Papa. Após a celebração eucarística, os frutos e grãos foram doados a instituições que se ocupam dos marginalizadas da região. 

7721. Grupo terrorista Boko Haram atacou igrejas e mesquitas na Nigéria - No dia 05 de julho de 2015, na Nigéria, em menos de 24 horas o grupo terrorista Boko Haram provocou uma série de atentados contra a igreja do nordeste do país e contra uma mesquita e um restaurante na cidade de Jos. Entre as vítimas, cinco fieis que assistiam à missa de domingo, enquanto o balanço do duplo atentado do dia 07 de julho foi de 44 mortes. Sobre mais essa tragédia contra civis, manifestou-se o arcebispo de Jos, Dom Ignatius Kaigama: “Eu digo sempre que esse grupo perdeu a razão. A vida, de fato, para eles, é nada. Não importa nada da vida deles: é inútil. Pegam, porém, outras vidas, esse é o problema. Vão à igreja, vão ao restaurante, vão ao mercado, vão à escola e largam as bombas. Isso significa que a filosofia de vida deles é irracional. Uma pessoa normal não pode fazer isso. É uma brutalidade impensável”.

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Aniversariantes do dia

 
 
 
 
CLAUDINEI JOSÉ DE OLIVEIRA
 
PADRE VICTOR HUGO S. LAPENTA
Festejando 85 anos de idade
 
PADRE HELDER JOSÉ DA SILVA
Comemorando 45 anos de idade
 
PADRE HÉLCIO VICENTE TESTA
Comemorando 20 anos de Sacerdócio
 
PADRE CARLOS GONZAGA DA SILVA
Vice Província de Recife
Festejando 9 anos de Ordenação Sacerdotal

27 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1854  -   27/07/2015

7710. Evangelho de 2ª feira (27-07-2015)
- Ex 32, 15-24.30-34; Sl 105; Mt 13, 31-35 - Jesus contou outra parábola: “O Reino dos Céus é como uma semente de mostarda que um homem pega e semeia no seu campo. Embora ela seja a menor de todas as sementes, quando cresce, fica maior do que as outras plantas. E torna-se uma árvore, de modo que os pássaros vêm e fazem ninhos em seus ramos”. Jesus contou-lhes ainda uma outra parábola: “O Reino dos Céus é como fermento que uma mulher pega e mistura com três porções de farinha, até que tudo fique fermentado”. Tudo isso Jesus falava em parábolas às multidões. Nada lhes falava sem usar parábolas, para se cumprir o que foi dito pelo profeta: “Abrirei a boca para falar em parábolas; vou proclamar coisas escondidas desde a criação do mundo”.
 
Recadinho: - Dou-me conta de que Jesus faz uso de parábolas para tocar nosso coração? - Semente de mostarda e fermento! O que me inspiram? Que lição posso tirar hoje? - Diante delas me vejo como sou, qual é a realidade de minha vida? - Tenho algo a melhorar em meu comportamento... em meus pensamentos... em minhas ações? - Agradeçamos a Deus que nos inspira atitudes de amor para com nosso próximo, como o fermento na massa.
 
7711. Bispo fiel ao Vaticano desafia autoridades chinesas e aparece em público com anel e barrete - O Bispo de Zhouzi, Dom Wu Qinjing, ordenado com a aprovação da Santa Sé, mas não reconhecido pela Associação Patriótica Católica Chinesa, conhecida também como a Igreja Cismática, por não reconhecer a autoridade do Papa, desafiou as autoridades chinesas ao vestir-se com barrete e anel em um ato público na catedral de sua diocese. Em algumas províncias da China a vestimenta clerical, a batina, a faixa, o anel e o barrete, estão proibidos em lugares públicos e a pena pode ser a prisão. Conforme informou o jornal South China Morning Post, Dom Wu celebrou a Eucaristia vestido como sacerdote, mas utilizou um barrete roxo e o anel próprios da sua condição de bispo, na inauguração de uma nova cruz na catedral de Zhouzhi. O ato foi encarado como uma afronta às autoridades do país que proibiram que os bispos usassem as vestimentas clericais. Dom Wu foi ordenado bispo de Zhouzhi, na província do Shaanxi, pelo antigo Bispo de Xian, Dom Anthony Li Duan, no mês de outubro de 2014, mas sua nominação não foi publicada até a semana passada, pouco antes do falecimento do bispo Li Duan. O jornal assinala também que vários candidatos a bispo da Associação Patriótica Católica Chinesa, para as dioceses de Hubei, Hebei e Mongólia Interior, estão prontos e poderiam ser ordenados nos próximos meses, sem a aprovação da Santa Sé. “Muitas dioceses na China estão sem bispo. Não podemos esperar que as relações com o Vaticano melhorem para as preencher”, declarou a Liu Bainian, Vice-presidente da Associação. Caso sucedam estas ordenações, o fato agravaria ainda mais a tensa situação diplomática entre o Vaticano e o governo de Pequim, pois, segundo o direito canônico, somente o Papa pode nomear bispos mediante um decreto, tornando as ordenações episcopais feitas pela Associação Patriótica Chinesa ilícitas com pena de excomunhão para ordenados e ordenantes. As relações diplomáticas entre a China e o Vaticano se romperam em 1951, dois anos depois da chegada ao poder dos comunistas que expulsaram os clérigos estrangeiros.
 
7712. A mensagem do Evangelho é um dom - "Fidelidade à Igreja, fidelidade aos seus ensinamentos, fidelidade ao Credo, fidelidade à doutrina, manter esta doutrina! Humildade e fidelidade. Também Paulo VI nos recordava que nós recebemos a mensagem do Evangelho como um dom e devemos transmiti-lo como um dom, mas não como uma coisa nossa: é um dom recebido que damos. E nesta transmissão é preciso ser fiel. Porque nós recebemos e devemos dar um Evangelho que não é nosso, que é de Jesus, e não devemos tornar-nos donos do Evangelho, donos da doutrina recebida, para utilizá-la a nosso gosto". (Papa Francisco, 31/janeiro/2014)
 
7713. Rezar pela Igreja - “Como vai nossa oração pela Igreja? Rezamos pela Igreja? Na missa todos os dias, mas nas nossas casas, não? Quando fazemos nossas orações? Rezar por toda a Igreja, em todas as partes do mundo. Que o Senhor nos ajude a seguir por essa estrada para aprofundar a nossa pertença à Igreja e o nosso sentir com ela”. (Papa Francisco, 31/janeiro/2014)
 
Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Aniversariantes do dia

 
 
 
PADRE CARLOS ALBERTO PEREIRA
Festejando 19 anos de sacerdócio
 
 
PADRE MAURO DE ALMEIDA
Província do Rio
Comemorando 42 anos de idade


26 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1853 -  26/07/2015
 7706. Evangelho de domingo 17º -tc- (26-07-2015) - 2Rs 4, 42-44; Sl 144; Ef 4, 1-6; Jo 6, 1-15 (Multiplicação dos pães) - Jesus foi para o outro lado do mar da Galileia, também chamado de Tiberíades. Uma grande multidão o seguia, porque via os sinais que ele operava a favor dos doentes. Jesus subiu ao monte e sentou-se aí, com seus discípulos. Estava próxima a Páscoa, a festa dos judeus. Levantando os olhos, e vendo que uma grande multidão estava vindo ao seu encontro, Jesus disse a Filipe: “Onde vamos comprar pão para que eles possam comer?” Disse isso para pô-lo à prova, pois ele mesmo sabia muito bem o que ia fazer. Filipe respondeu: “Nem duzentas moedas de prata bastariam para dar um pedaço de pão a cada um”. Um dos discípulos, André, o irmão de Simão Pedro, disse: “Está aqui um menino com cinco pães de cevada e dois peixes. Mas o que é isto para tanta gente?” Jesus disse: “Fazei sentar as pessoas”. Havia muita relva naquele lugar, e lá se sentaram, aproximadamente, cinco mil homens. Jesus tomou os pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, quanto queriam. E fez o mesmo com os peixes. Quando todos ficaram satisfeitos, Jesus disse aos discípulos: “Recolhei os pedaços que sobraram, para que nada se perca!” Recolheram os pedaços e encheram doze cestos com as sobras dos cinco pães, deixadas pelos que haviam comido. Vendo o sinal que Jesus tinha realizado, aqueles homens exclamavam: “Este é verdadeiramente o Profeta, aquele que deve vir ao mundo”. Mas, quando notou que estavam querendo levá-lo para proclamá-lo rei, Jesus retirou-se de novo, sozinho, para o monte.
 
Recadinho: - Dou um pouco de atenção àqueles que não têm pão? - O que minha comunidade faz pelos que não têm o pão de cada dia? - Que lugar ocupa a Eucaristia em minha vida? - Tenho por hábito rezar às refeições? Quando rezo? - Lembro-me de agradecer a Deus por tudo que tenho?
 
7707. Em Pindamonhangaba grupo de jovens com 500 participantes! - Comemorando agora no mês de julho de 2015 treze anos de existência, o “Grupo de Jovens Parresia”, de Moreira César, distrito de Pindamonhangaba (SP). promoveu significativos festejos no Recinto São Víto, no distrito de Moreira César. “Foi uma noite linda preparada pelos jovens que hoje têm buscado um diferencial na vida. Sabemos o quanto é difícil, viver no mundo e saborear somente as coisas boas dele. Quando celebramos essa data, não comemoramos apenas um trabalho que deu certo, comemoramos, agradecemos a Deus e ficamos felizes porque sabemos que por mais um ano esse ideal de vida, buscando o diferencial, está vivo no coração de centenas de jovens que aderem diariamente a essa vida nova ao lado de Jesus”, testemunharam os organizadores.
 
7708. Grupo de jovens que faz sucesso! - Criado em julho de 2002, o “Grupo de Oração Parresia” surgiu a partir de um retiro para dependentes químicos e tem como objetivo orientar e cuidar dos jovens da cidade. Depois de um retiro espiritual, sentiram a necessidade de acompanhar os adolescentes que, por muitas vezes, se perdem no mundo das drogas e da violência. “O grupo começou em uma garagem no “Cantinho das Flores”, em Moreira César, e teve uma recepção muito boa. Todos receberam com muito carinho o grupo, e houve uma época que não cabiam mais na garagem. A partir daí, foram para a rua da Subprefeitura, que chegava a lotar. Nosso foco inicial eram os dependentes químicos, mas estendemos a todos os jovens, com sintomas seja de depressão, mau relacionamento em casa,  e outros”, conta João Felipe Araújo, coordenador de oração do grupo.
 
7709. O que é para os jovens “Ser Parresia” - Segundo os integrantes do grupo de jovens do distrito de Moreira César, em Pindamonhangaba (SP), é um ideal. É ser louco, ousado e fazer aquilo que as pessoas não têm coragem de fazer. Parresia é uma palavra de origem grega, que significa ser ousado, fazer o que muitos têm vontade de fazer e não o fazem por medo. Isso resume todo o porquê da existência do grupo. A ousadia foi criar o grupo e mantê-lo, mesmo sabendo das dificuldades de acompanhar pessoas com problemas. O padre Vitor Hugo, responsável por levar Deus a estes jovens, contou um pouco da tarefa deles em Pindamonhangaba (SP): “Procuramos evangelizar, porque cuidar dos jovens hoje é uma tarefa muito árdua. O jovem está muito carente, revoltado e com tudo na mão. Nossa missão é orientar esses jovens, mostrar o lado bom de todas as coisas, educá-los, ensinar e direcionar para a Igreja. Resgatar os que estão largados, abandonados e esquecidos, presos a vícios, doenças e a todos esses males desse tempo novo que estamos vivendo, levando-os a uma virada radical, a uma transformação de vida que só é possível pelo batismo no Espirito Santo”.
 
Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Aniversariantes do dia

 
 
 
ANTÔNIO GALVÃO DOS SANTOS IVO
 
CARLOS DONIZETTI DA SILVA
 
OSVALDO MARQUES
 
VAGNER CASETO MARCON
 
PADRE TARCÍSIO GENEROSO DA FONSECA
Província do Rio
Comemorando 91 anos de idade
 
 
PADRE VANDERLEI SANTOS DE SOUZA
Província do Rio
Festejando 49 anos de idade
 
 
PADRE PAULO SÉRGIO CARRARA
Província do Rio
Festejando 18 anos de Sacerdócio

25 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1852 -  25/07/2015 

7702. Evangelho de sábado (25-07-2015) - S. Tiago Maior Apóstolo - 2Cor 4, 7-15; Sl 125; Mt 20, 20-28 - A mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido. Jesus perguntou: “O que tu queres?” Ela respondeu: “Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda”. Jesus, então, respondeu-lhes: “Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?” Eles responderam: “Podemos”. Então Jesus lhes disse: “De fato, vós bebereis do meu cálice, mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. Meu Pai é quem dará esses lugares àqueles para os quais ele os preparou”. Quando os outros dez discípulos ouviram isso, ficaram irritados contra os dois irmãos. Jesus, porém, chamou-os e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações têm poder sobre elas e os grandes as oprimem. Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos”. 

Recadinho: - Tenho grande espírito de serviço e dedicação? - Lembro-me sempre de que o importante não é realizar grandes coisas, mas realizar bem o que Deus me propõe? - Há às vezes interesses pessoais que podem prejudicar o ambiente de uma comunidade? - Como encaro as cruzes, os sofrimentos que Deus me envia? - Reflita sobre a vida de alguém que é humilde. Não é nisso que está o valor da pessoa? 

7703. Vaticano: Prefeitos lançam Aliança contra pobreza, corrupção e tráfico - No dia 23 de julho de 2015, cerca de 70 prefeitos do mundo inteiro, reunidos com o Papa Francisco, no Vaticano, lançaram a “Aliança pelo Desenvolvimento Sustentável Urbano pelos objetivos da ONU”. A coalizão será apresentada oficialmente em Nova Iorque, USA, no dia 24 de setembro de 2015, um dia antes que as Nações Unidas adotem os novos objetivos. Na ocasião o Papa Francisco visitará as Nações Unidas. Os pontos salientados no projeto são: a eliminação da corrupção, o fim da pobreza e do tráfico. A Aliança é "aberta, voluntária e participativa" para promover o desenvolvimento urbano sustentável. O projeto pretende reunir "todas as partes interessadas", para lutar por objetivos bem definidos: o fim da pobreza extrema e da fome; a garantia das oportunidades iguais entre o homem e a mulher; a garantia do acesso universal à saúde, à educação e aos serviços de primeira necessidade. 

7704. Preocupação dos prefeitos: o tráfico de seres humanos e a todas as formas de escravidão moderna - O empenho, registrado em documento por cerca de 70 prefeitos do mundo inteiro que se reuniram com o Papa Francisco no Vaticano, no dia 23 de julho de 2015, busca também colocar um fim ao tráfico de seres humanos e a todas as formas de escravidão moderna, assim como barrar a corrupção e a impunidade que minam o desenvolvimento sustentável. Outro ponto importante é o chamamento ao uso dos sistemas energéticos diversos ao carvão, para reduzir o aquecimento global. 

7705. Os prefeitos e os direitos humanos e os moradores de rua - O empenho, registrado em documento por cerca de 70 prefeitos do mundo inteiro que se reuniram com o Papa Francisco no Vaticano, no dia 23 de julho de 2015, Na ótica do "plano comum" e do "consenso global" citados na Encíclica “Louvado seja” (“Laudato Si”) do Papa Francisco, a Aliança quer ainda criar novos canais afim de que o financiamento urbano seja sustentável e o planejamento a longo prazo. Forte também foi o apelo à criação de trabalhos dignos que garantam os direitos humanos e ajudem os moradores de rua. Ao mesmo tempo, os Estados e os governos são incitados a "potencializar as cidades para que possam cumprir os seus empenhos também graças a uma apropriada descentralização de poderes e de financiamentos", e apela a "promover e reforçar as universidades para que se transformem em polos de inovação para o desenvolvimento sustentável". O Papa exorta os prefeitos para que acolham o apelo de praticar uma ecologia humana e a agir rapidamente para combater as terríveis ameaças para as gerações futuras, como as mudanças climáticas, o trabalho escravo, a prostituição, o tráfico de órgãos, o crescimento dos desequilíbrios sociais. Nesse sentido, reforçou o empenho dos representantes do povo a "trabalharem juntos para alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável em cada cidade".

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Aniversariantes do dia




ALTAIR DE ALMEIDA COSTA (TACHINHA)
Enfrades

JOAQUIM ALMEIDA DIAS 
Uneser

 MARIA DE LOURDES PEREIRA SILVA
OBLATA REDENTORISTA (Dona Lurdinha)
Festejando 90 anos de idade

PADRE JUAN MANUEL LASSO DE LA VEGA
Superior Geral Emérito
Comemorando 79 anos de idade
           

24 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1851 -  24/07/2015 

7697. Evangelho de 6ª feira (24-07-2015) - S. Charbel Makhluf - Ex 20,1-17; Sl 18; Mt 13, 18-23 - Jesus disse aos seus discípulos: “Ouvi a parábola do semeador: Todo aquele que ouve a palavra do Reino e não a compreende, vem o Maligno e rouba o que foi semeado em seu coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho. A semente que caiu em terreno pedregoso é aquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria; mas ele não tem raiz em si mesmo, é de momento: quando chega o sofrimento ou a perseguição, por causa da palavra, ele desiste logo. A semente que caiu no meio dos espinhos é aquele que ouve a palavra, mas as preocupações do mundo e a ilusão da riqueza sufocam a palavra, e ele não dá fruto. A semente que caiu em boa terra é aquele que ouve a palavra e a compreende. Esse produz fruto. Um dá cem, outro sessenta e outro trinta”. 

Recadinho: - Que tipo de solo é meu coração? - O que faço para que a semente da Palavra de Deus lance raízes profundas em mim? - A semente que brotou em meu coração corre algum risco? - Alguma coisa tenta sufocar a plantinha do amor que brotou em meu coração? - Devo conhecer alguém que tenha um coração precioso como o ouro. O que desta pessoa posso aprender? 

7698. Santuário do Divino Pai Eterno em destaque - No início de julho de 2015, milhares de peregrinos de diversas partes do Brasil estiveram em Trindade (GO), cidade próxima a Goiânia (GO), por ocasião da tradicional Festa do Divino Pai Eterno que, precedida de novena, ocorre sempre no primeiro domingo de julho. Neste ano os participantes das comemorações tiveram também a oportunidade de ver de perto o andamento das obras do novo santuário que está sendo construído. Também ali existe uma campanha intitulada “Campanha Operários do Pai Eterno”. A Romaria do Divino Pai Eterno de 2015, cujo encerramento se deu no dia 05 de julho, acolheu cerca de 2,8 milhões de romeiros à chamada Capital da Fé do Estado de Goiás. (Em 2014 calcularam que recebeu 2,8 milhões). Com o tema “Consagrados ao Pai Eterno”, a festa deste ano propôs aos devotos uma renovação da fé a partir dos Sacramentos e do Evangelho. Ao todo foram realizadas 115 missas, 45 novenas, 11 procissões e 30 orações do terço, além de alvoradas, vigílias, centenas de batizados e milhares de confissões, conforme divulgaram os organizadores da Romaria. 

7699. Obras do novo Santuário do Divino Pai Eterno em ritmo acelerado - Iniciadas em 2012, as obras do novo Santuário do Divino Pai Eterno, da cidade de Trindade (GO), dirigido pelos Missionários Redentoristas desde 1894, já passaram por várias etapas: sondagem do terreno, drenagem, terraplenagem, fundações subterrâneas e concretagem da laje do subtérreo. Atualmente as obras se concentram na fase de fundações da praça externa e nivelamento do piso. Como um marco desta etapa, foi lançada a “Campanha do Cimento: Gesto Concreto”. Seu objetivo é incentivar doações para a construção da Nova Casa do Pai. 

7700. Os inícios da devoção ao Divino Pai Eterno em Trindade - Trindade, com 104 mil habitantes, conhecida como Capital da Fé de Goiás, é uma cidade localizada a 17 km de Goiânia, em Goiás, voltada hoje para o Turismo Religioso. O município, que neste 2015 completa 95, nasceu e cresce a partir da devoção ao Divino Pai Eterno, que neste ano completa 175 anos, tendo tudo começado por volta de 1840, quando um medalhão de barro, com a Imagem da Santíssima Trindade coroando a Virgem Maria, foi encontrado na região de Barro Preto, que só depois passou a se chamar Trindade. Daí em diante, o número de romeiros tem aumentado ano após ano. A criação, em 2008, do Projeto de Planejamento Estratégico do Turismo Religioso de Trindade, tem ajudado a promover ações para melhorias em hospedagem e alimentação. Atualmente são mais de 100 hotéis e pousadas e cerca de 50 restaurantes. 

7701. Trindade (GO) e os Missionários Redentoristas - Por volta de 1891, o bispo de Goiás foi à Alemanha, em busca de Missionários Redentoristas para cuidarem do Santuário que via seu movimento aumentar cada vez mais. Essa história de amor, dedicação e trabalho dos Missionários Redentoristas em Goiás começou no dia 12 de dezembro de 1894. A festa do Divino Pai Eterno, realizada sempre no primeiro domingo de julho, recebe uma atenção e preparação de proporções gigantescas.

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Aniversariantes do dia



DONIZET EVANDRO CARDOSO

JOSÉ MARTINS

JOSÉ MORELLI

PADRE EUGÊNIO ALEXANDRE GOMES DE SOUZA
Vice Província Recife
Festejando 40 anos de idade

PADRE JOSÉ AILTON DA SILVA
Vice Província Recife
Comemorando 41 anos de idade

23 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1850   -   23/07/2015 

7693. Evangelho de 5ª feira (23-07-2015) - Sta. Brígida - Ex 19, 1-2.9-11.16-20b; Dn 3, 52-56; Mt 13, 10-17 - Os discípulos se aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Por que lhes falas em parábolas?” Jesus respondeu: “A vós, Deus manifestou os mistérios do Reino dos Céus, mas a eles não. Assim, a quem tem, será dado e terá fartura; mas a quem não tem, será tirado até aquilo que tem. É por isso que lhes falo em parábolas: porque olham sem ver e escutam sem ouvir nem compreender. E assim se cumpre neles a profecia de Isaías: “Ouvireis, mas não entendereis; olhareis, mas não vereis. Porque o coração deste povo se tornou insensível: taparam os ouvidos, fecharam os olhos, para que não vejam com os olhos, nem ouçam com os ouvidos, nem entendam com o coração e se convertam, e assim eu os cure”. Felizes, porém, são vossos olhos, porque veem, e vossos ouvidos, porque ouvem! Na verdade vos digo: muitos profetas e justos queriam ver o que vós estais vendo, mas não viram; queriam ouvir o que estais ouvindo, mas não ouviram”. 

Recadinho: - Você procura ressaltar sempre o bem de seu próximo? - Corre risco às vezes de notar seus defeitos em primeiro lugar? - Procura ressaltar a ação de Deus nos corações ou vê apenas os defeitos? - Nota às vezes muito ar de superioridade ao seu redor? E em seu coração? - Se ainda não fez, faça a experiência de procurar em primeiro lugar as qualidades de seu próximo. 

7694. Papa Francisco explica pela primeira vez como foi aproximação entre Cuba e Estados Unidos - No dia 17 de dezembro de 2014, foi dado início à aproximação diplomática entre Estados Unidos e Cuba, após cinco décadas de tensões, um processo no qual a Igreja participou e que pela primeira vez foi narrado pelo Papa Francisco durante o voo de volta à Roma (Itália), depois da sua viagem à América do Sul, no dia 12 de julho de 2015. “O processo com os Estados Unidos não foi mediação, não teve caráter de mediação”, explicou o Papa aos jornalistas. Disse ainda que tudo começou em janeiro de 2014: “De ambos os lados havia um desejo de aproximação! E isto finalmente se deu em janeiro do ano passado. Durante três meses rezei muito para que algo de bom pudesse acontecer e refleti bastante sobre o assunto. Não competia a mim tomar decisão em nome deles. Apenas pensava sobre o que poderia fazer com estes dois países, pois há mais de 50 anos estavam assim”. “Depois, o Senhor me iluminou. Nomeei um cardeal. Ele foi para lá, falou, e depois, não soube nada a respeito. Após alguns meses, o secretário de Estado me disse: “Amanhã teremos a segunda reunião entre os dois grupos!” - Como? “Sim, os dois grupos se comunicam, estão agindo...!” “Aconteceu sem nenhum tipo de mediação! Surgiu da boa vontade dos dois países!, afirmou Francisco. “O mérito é deles, que fizeram isto. Nós não fizemos quase nada, somente algumas coisas. E aproximadamente em dezembro de 2014, surgiu o anúncio! Esta é a história! Na verdade, não houve nada mais!” 

7695. Viagem à Cuba e aos Estados Unidos - O Papa Francisco realizará uma visita apostólica à Cuba entre os dias 19 e 22 de setembro de 2015 e de 23 a 27 visitará os Estados Unidos. Deste modo, disse que depois desta viagem à América do Sul, começará a estudar estes dois países. “Devo começar a estudá-los, pois até então estudei estes três países (Equador, Bolívia e Paraguai), que são muito belos, com uma grande riqueza e beleza... Agora devo começar a estudar Cuba, lugar no qual permanecerei por dois dias e meio, e em seguida viajarei aos Estados Unidos. Passarei pelas cidades de Washington, Nova Iorque e Filadélfia. 

7696. Direitos humanos - Na coletiva de regresso de sua viagem a Roma, no dia 12 de julho de 2015, um jornalista perguntou ao Papa Francisco: “Em Cuba deveria melhorar o respeito aos direitos humanos e o respeito à liberdade religiosa? Acredita que Cuba corra o risco de perder algo em sua relação com os Estados Unidos?” O Papa respondeu: “Os direitos humanos são para todos. Não se respeitam os direitos humanos somente em um ou dois países. Em muitos países do mundo os direitos humanos não são respeitados. O que perde Cuba? O que perdem os Estados Unidos? Os dois ganharão algo e perderão algo! Isso acontece em uma negociação. O que com certeza ganharão é a paz, o encontro, a amizade e a colaboração. Não sou capaz de pensar que coisas concretas ambos perderão! Normalmente em uma negociação ganhamos e perdemos! Voltando ao tema dos direitos humanos, acho que no mundo inteiro existem vários países, inclusive algum país europeu, que por diversos motivos não permitem usar um símbolo religioso! Em outros continentes acontece a mesma coisa, pois a liberdade religiosa não é a mesma no mundo todo. Infelizmente em muitos países a liberdade religiosa não existe”.

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

22 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1849  -  22/07/2015 

7690. Evangelho de 4ª feira (22-07-2015) - Sta Maria Madalena - Ct 3, 1-4a (ou 2Cor 5, 14-17); Sl 62; Jo 20, 1-2.11-18 - No primeiro dia da semana, de madrugada, quando ainda estava escuro, Maria Madalena foi até o túmulo e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo. Ela correu e foi procurar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava. E disse-lhes: “Tiraram o Senhor do túmulo e não sabemos onde o puseram!” Maria estava chorando perto do túmulo, do lado de fora. Enquanto chorava, inclinou-se para o túmulo e viu dois anjos vestidos de branco, sentados, um à cabeceira, outro aos pés do lugar onde tinha estado o corpo de Jesus. Eles lhe perguntaram: “Mulher, por que estás chorando?” Respondeu-lhes: “Porque levaram meu Senhor, e não sei onde o puseram...” Dizendo isto, voltou-se para trás e viu Jesus de pé, mas não sabia que era ele. Disse-lhe Jesus: “Mulher, por que estás chorando? A quem procuras?” Pensando que fosse o jardineiro, ela lhe disse: “Senhor, se foste tu que o levaste, dize-me onde o puseste, para que eu vá buscá-lo”. Disse-lhe Jesus: “Maria!” Ela, voltando-se, disse-lhe em hebraico: “Rabbuni!”, que significa “Mestre”. Disse-lhe Jesus: “Não me segures, pois ainda não subi para o Pai. Mas vai procurar meus irmãos e dize-lhes: ‘Subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus’”. Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: “Vi o Senhor”, e contou o que ele disse”. 

Recadinho: - Você pode dizer sinceramente que Jesus é tudo em sua vida? Em todos os seus atos você procura sempre agradar a Cristo? - Você está consciente de que Cristo o ama muito, sem considerar as faltas de amor que você cometeu no passado? - Você se considera um verdadeiro apóstolo de Cristo? - Você está preocupado em ser um enviado de Cristo a seus irmãos? - Cite um exemplo de apostolado que você realizou recentemente. 

7691. Movimento no Santuário Nacional de 13/julho a 19/julho/2015 - Conforme dados estatísticos fornecidos pelo Santuário Nacional de Aparecida, durante toda a semana de 13 a 19 de julho de 2015, circularam pelo Santuário 281.897 visitantes. No sábado, 18 de julho, o Santuário recebeu 92.761 pessoas e, no domingo, 19 de julho, o número foi de 113.936 peregrinos. De segunda a sexta-feira, o número de visitantes foi de 75.200. A previsão para o próximo fim de semana é a cidade receber 77.400 visitantes no sábado, dia 25 de julho/2015, e 107.153 no domingo, dia 26 de julho. 

7692. Arcebispo de Los Angeles critica aprovação de “matrimônio homossexual” nos Estados Unidos - Em sua nova coluna semanal intitulada “A criação e o futuro do matrimônio”, Dom José Gómez, Arcebispo de Los Angeles (Estados Unidos), fez uma crítica sobre a aprovação do “matrimônio homossexual” pela Corte Suprema no país, ocorrida agora no mês de junho de 2015. O Arcebispo frisou: “Esta decisão não nos surpreende, pois somente agravou os sinais da crise da sociedade americana que começaram com a primeira legalização de uma união homossexual, conhecida como Obergefell V. Hodges”. Dom José Gómez alertou que “esta mentalidade rejeita a ideia da criação e da natureza humana. Pois todo o mundo natural, nossas instituições sociais, nossos corpos, inclusive nosso próprio “ser”, tudo se transformará em uma espécie de “matéria prima” que nós podemos estruturar de acordo com a nossa vontade, utilizando para isso a tecnologia, a psicologia, inclusive a lei e a política social”. Alertou que a Corte Suprema e os partidários do “matrimônio homossexual” não aceitam a sexualidade humana, nem o matrimônio como parte da ordem da criação. Mas, o consideram um “construto” e por isso pode ser “reconstruído”. “Esta não é uma visão da pessoa humana, digna dos fundadores dos Estados Unidos. Os fundadores construíram este país acreditando que os homens e as mulheres foram criados com igual dignidade por nosso Criador. Mas precisamente isso é o que o Obergefell nega: nossa condição de seres criados”, assinalou o Arcebispo. E ele indicou ainda que “a sociedade deve escutar a verdade sobre a pessoa humana e sobre o Plano de Deus focalizado na família constituída pelo homem e pela mulher. Este continua sendo nosso dever. E estamos chamados a cumprir esse dever com amor e respeito para com todos, sem exceções nem desculpas”.

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

21 de julho de 2015

Missa de sábado no Santuário - UNESER

SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO REDENTOR E ENVIO DO PADRE TONINHO

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1848  -  21/07/2015 

7686. Evangelho de 3ª feira (21-07-2015) - S. Lourenço de Bríndisi - Ex 14, 21 - 15,1; Ex 15, 8-10.12.17; Mt 12, 46-50 - Enquanto Jesus estava falando às multidões, sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora, procurando falar com ele. Alguém disse a Jesus: “Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar contigo”. Jesus perguntou àquele que tinha falado: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: “Eis minha mãe e meus irmãos. Pois todo aquele que faz a vontade do meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. 

Recadinho: - O ambiente familiar dificulta suas atividades no contexto de Igreja? - O que dizer de quem se dedica demais às atividades da Igreja se esquecendo dos deveres para com a família? - Na comunidade paroquial há muita fraternidade? - Procuro ser como o sal que dá sabor? - Minha ausência da comunidade é sentida? 

7687. O segredo da energia do Papa - Durante o voo de retorno à Roma, no dia 12 de julho de 2015, os jornalistas perguntaram ao Papa Francisco sobre o “segredo” da energia que demonstrou durante a exigente viagem à América do Sul. O Papa brincou: “Você quis dizer qual a minha droga? Essa era a pergunta!”, disse rindo ao jornalista. O Papa observou à imprensa: “Embora o mate (erva mate) me ajude, não provei coca, que isso fique claro”, declarou despertando risadas entre os profissionais presentes no voo à Itália. A saúde do Papa foi uma constante preocupação para a imprensa, particularmente durante a sua extenuante e longa viagem à América Latina. A cada noite, o Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, P. Federico Lombardi, desmentia falsos rumores sobre alguma doença ou um severo cansaço de Francisco. Durante a visita do Papa ao Equador, P. Lombardi destacou: “Sempre ficamos surpresos com o que o Papa consegue fazer, levando em consideração a sua idade. É incrível”. Nem na Bolívia Francisco sofreu o mal da altura, o que muitos temiam. Em seguida P. Lombardi disse: “Nesse país, não houve problemas com a altura. Foi problema para outros, mas não para o Papa Francisco!” O porta-voz vaticano recordou durante a viagem do Papa ao Equador, Bolívia e Paraguai que “o Papa sempre diz que sua boa saúde não é natural, nem é normal, é uma grande graça de Deus que o ajuda, para desenvolver seu ministério, para realizar bem seu serviço aos povos que visita”. 

7688. Devemos estar atentos para entender quando Deus passa por nosso coração! - “Não nos esqueçamos do que S. Paulo afirma: “Não ser motivo de escândalo a ninguém!”(2Cor 6, 3) É o escândalo do cristão que se diz cristão, que vai à igreja, vai à missa aos domingos, mas vive não como cristão, mas como mundano ou pagão. E quando uma pessoa é assim, provoca escândalo. Quantas vezes ouvimos nos nossos bairros, nas lojas: “Olha aquele ou aquela, todos os domingos na missa e depois faz isso, isso e isso…” E as pessoas se escandalizam. Isto é o que Paulo diz: “Não acolher em vão”. E como devemos acolher? Antes de tudo, é o momento favorável, diz. Devemos estar atentos para entender o tempo de Deus, quando Deus passa por nosso coração. O cristão atinge o limiar desta atenção quando se coloca na condição de “proteger o coração”, “distanciando todo barulho que não vem do Senhor, afastando as coisas que nos tiram a paz”. (Papa Francisco, 15/06/2015) 

7689. Os discursos do Papa e a “instrumentalização” - O Papa Francisco lamentou a instrumentalização de algumas das suas palavras pronunciadas em sua passagem pela América do Sul, de 5 a 12 de julho de 2015, e durante o voo de regresso à Roma pediu respeito ao contexto e à hermenêutica dos seus discursos e que suas palavras não sejam “instrumentalizadas” pela mídia. E esclareceu as diversas mal interpretações e as análises que várias pessoas e meios fizeram de acordo aos seus próprios interesses no mundo todo. No avião de regresso de Assunção (Paraguai), o Papa declarou aos jornalistas: “É muito importante no trabalho de vocês a hermenêutica de um texto. Um texto não pode ser interpretado com uma frase. A hermenêutica tem que ser em todo o contexto”. Ele advertiu ainda: “Cada palavra, cada frase de um discurso pode ser instrumentalizada”, como por exemplo, no caso equatoriano, quando alguns diziam que eu era a favor do governo, outros contra o governo” “Por isso prefiro falar da hermenêutica total”, disse o Papa, porque seus discursos “são sempre instrumentalizados” e lamentou que “algumas vezes existam notícias nas quais pegam uma frase fora de contexto”, mas assegurou que “não tem medo” desta atitude da mídia.

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

16 de julho de 2015

Nossa Senhora do Carmo

 
 
 
16 de julho: Nossa Senhora do Carmo
 
"Eu também levo no meu coração, há tanto tempo, o Escapulário do Carmo!
Por isso, peço à Virgem do Carmo que nos ajude a todos, os religiosos e as religiosas do Carmelo e os piedosos fiéis que a veneram filialmente, para crescer em seu amor e irradiar no mundo a presença desta Mulher do silêncio e da oração, invocada como Mãe da misericórdia, Mãe da esperança e da graça!"
(dizia comovido S. João Paulo II)


15 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1842 -  15/07/2015 

7654. Evangelho de 4ª feira (15-07-2015) - S. Boaventura - Ex 3, 1-6.9-12; Sl 102; Mt 11, 25-27 - Jesus pôs-se a dizer: “Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado. Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar”. 

Recadinho: - Não é maravilhoso notar como os simples falam de Deus? - Como entender que em meio a tanta angústia e sofrimento alguém ainda diz: “Deus nos ajudará?!” - A Igreja nos ensina que “Jesus é o rosto humano de Deus e o rosto divino do ser humano!” Quando vemos o rosto divino em nosso irmão? - Peçamos que Deus nos dê a paz de espírito para que entendamos o sentido da vida. - Peçamos que Deus ilumine nossos caminhos, ajude-nos a entender sua revelação. 

7655. Papa Francisco quer dar prioridade aos pobres do mundo - “A visita pastoral do papa Francisco ao Equador, à Bolívia e ao Paraguai, marcada por encontros com grandes multidões e por discursos de alto impacto, constitui em si mesma um evento de grande importância, que reforça a mensagem de prioridade que o papa quer dar aos pobres do mundo, em especial aos dos países em desenvolvimento, muitas vezes explorados, nos jogos de poder da "aldeia global", em benefício dos mais ricos e mais fortes. Esta viagem foi um contraponto natural a outra importante visita que Francisco fará, de 19 a 28 setembro/2015: irá a Cuba e aos Estados Unidos, incluída a ONU, para fazer ressoar naqueles ambientes a voz dos países pobres”. (Bruno Forte, 13/julho/2015) 

7656. Três temas do Papa Francisco passados aos países ricos! - “Que mensagem já foi passada aos países ricos através dos muitos encontros e discursos do papa em sua visita aos três países sul-americanos Equador, Bolívia e Paraguai em julho de 2015? Três temas constituem o núcleo da mensagem do Papa Francisco, que servem de alerta, de incentivo e preocupação, pois mexem com o íntimo d nossos corações: a importância da fé, a força revolucionária da evangelização e o valor da família”. (Bruno Forte, 13/julho/2015) 

7657. Papa Francisco e a importância da fé! - “Numa região como a América Latina, onde a relação com o poder econômico e militar dos Estados Unidos pesou tanto nas escolhas revolucionárias de fundo marxista e nos golpes de Estado e nas ditaduras de orientação oposta, Francisco quis esclarecer que a razão do compromisso da Igreja com os pobres está enraizada no amor pelo Filho de Deus feito homem e nos irmãos mais frágeis a quem Ele se solidarizou com a Sua encarnação. Em 8 de julho/2015, na Bolívia, o papa disse: "A fé é uma luz que não ofusca; as ideologias deslumbram; a fé não deslumbra. A fé é uma luz que não cega, mas que ilumina e guia com respeito a consciência e a história de cada pessoa e de cada sociedade humana". Observando o importante papel do cristianismo na formação do povo boliviano, ele afirmou: "A fé não pode ser reduzida ao âmbito puramente subjetivo e não é uma subcultura". Trata-se de um firme “não” às pretensões da ideologia em nome da fé, que ecoa a história sul-americana das últimas décadas e o preço altíssimo das opções ideológicas de esquerda e de direita, que martirizaram comunidades cristãs de todos os países da região. Longe de ser uma fuga, a fé é fonte de compromisso com a justiça e com a solidariedade ao pobre no seu caminho de libertação e de desenvolvimento humano integral”. (Bruno Forte, 13/julho/2015) 

7658. Papa Francisco e a força revolucionária da evangelização! - “Em sua visita aos três países sul-americanos Equador, Bolívia e Paraguai, em julho de 2015, a forte ênfase na fé levou o Papa Francisco a destacar a força revolucionária da evangelização e da gratuidade que ela suscita. Em 05 de julho/2015, na chegada ao Equador, ele disse: "Eu venho como testemunha da misericórdia de Deus e da fé em Cristo. A mesma fé que, durante séculos, moldou a identidade deste povo. Nunca percam a capacidade de dar graças a Deus pelo que Ele fez e faz por vocês; a capacidade de defender o pequeno e o simples, de cuidar das suas crianças e dos mais velhos, que são a memória do seu povo; de confiar nos jovens e de se maravilhar com a nobreza do seu povo e com a beleza singular do seu país". Em 7 de julho/2015, ainda no Equador, o papa disse enfaticamente que a fé "é sempre revolucionária" e que, se a evangelização "pode ser o veículo dos sonhos e até de certas utopias", o grito de liberdade "que irrompeu há duzentos anos" naquelas terras só se concretizou "quando deixou de lado os personalismos, a aspiração a uma única autoridade, a falta de compreensão de outros processos de libertação com características diferentes, mas não por isso antagônicas!" (Bruno Forte, 13/julho/2015) 

7659. Mensagens do Papa Francisco - O valor e a beleza da família - “A boa nova da Igreja se torna concreta quando ela anuncia o valor e a beleza da família, escola de humanidade e de socialidade, de vida eclesial e de fé. A insistência do papa na família se torna um apelo para relançar a centralidade da instituição familiar em vista de uma integração cada vez mais plena de cada um dos seus membros no tecido da comunidade, como uma prioridade de cada discípulo de Cristo e de cada mulher ou homem que quiser servir à causa do bem comum”. Diante de um milhão de pessoas em Guayaquil, Francisco declarou: "A família é uma escola onde a oração nos lembra que há um “nós”, que há um próximo vivendo sob o mesmo teto, compartilhando conosco a vida e as necessidades... A família é o hospital mais próximo: quando alguém está doente, é na família que ele começa a ser tratado. A família é a primeira escola das crianças, é o ponto de referência para os jovens, é o melhor asilo para os idosos. A família é a grande riqueza social, que outras instituições não podem substituir, que deve ser ajudada e fortalecida para nunca perder o sentido dos serviços que a sociedade presta aos seus cidadãos. Estes serviços não são uma forma de esmola, mas uma verdadeira “dívida social” com a instituição familiar, que é a base e que tanto contribui para o bem comum. A família é também uma pequena Igreja, que chamamos de "Igreja doméstica", que, além de dar a vida, transmite a ternura e a misericórdia de Deus!" (Bruno Forte, 13/julho/2015)

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Aniversariantes do dia

 
 
 
 
ADMILSON MARTINS DE CARVALHO
 
ANTÔNIO FERNANDES DE LIMA
 
MARCUS VINICIUS LOPES SILVA

14 de julho de 2015

Missa no Santuário - Leigos Redentoristas


Dias 10 a 12 de julho  ocorreu o XXII Encontro Anual dos Leigos Redentoristas no Seminário Santo Afonso - CERESP

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1841 -  14/07/2015 

7648. Evangelho de 3ª feira (14-07-2015) - S. Camilo de Lélis - Ex 2, 1-15ª; Sl 68; Mt 11, 20-24 - Jesus começou a censurar as cidades onde fora realizada a maior parte de seus milagres, porque não se tinham convertido. “Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque, se os milagres que se realizaram no meio de vós tivessem sido feitos em Tiro e Sidônia, há muito tempo elas teriam feito penitência, vestindo-se de cilício e cobrindo-se de cinza. Pois bem! Eu vos digo: no dia do julgamento, Tiro e Sidônia serão tratadas com menos dureza do que vós. E tu, Cafarnaum! Acaso serás erguida até o céu? Não! Serás jogada no inferno! Porque, se os milagres que foram realizados no meio de ti tivessem sido feitos em Sodoma, ela existiria até hoje! Eu, porém, vos digo: no dia do juízo, Sodoma será tratada com menos dureza do que vós!” 

Recadinho: - Pense nos milagres que Deus tem realizado em sua vida. Algum é fruto de mero mérito pessoal? - Pensar em tempo de arrependimento e conversão me alegra porque me aproxima mais de Deus ou me oprime e deprime? - Preciso pensar em grandes milagres para me aproximar mais de Deus? - Ou não preciso de grandes milagres nem de me aproximar mais de Deus porque sinto-me bem juntinho dele, que age em mim? - O bem realizado por Jesus em nosso meio nos fortalece na fé. Graças, Senhor! 

7649. Em Aparecida Hotel Rainha faz a diferença com a presença de 114 padres em retiro! - De 06 a 10 de junho de 2015, 114 padres da Arquidiocese de Natal (RN), com seu arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha, fizeram retiro espiritual hospedados no Hotel Rainha do Brasil, em Aparecida (SP), hotel este que traz em si uma áurea especial, pois realmente, como se expressou um casal que nele se hospedou, “este hotel tem um ambiente tão sereno, tranquilo, que foge de qualquer padrão de hotel que queira abrigar hóspedes comuns. Na ocasião deste retiro do clero, o hotel tornou-se mais sereno e agradável ainda, tendo em seu ambiente um número tão grande de sacerdotes, vindos de tão longe, em busca de mais paz e serenidade num ambiente repleto de espiritualidade transmitida com mais intensidade ainda com a presença de tantos padres, mensageiros do Evangelho!” 

7650. “A Alegria do Evangelho” - O tema central do retiro do clero da Arquidiocese de Natal (RN), de 06 a 10 de junho/2015, no Santuário Nacional, foi a Exortação Apostólica do Papa Francisco, intitulada “A Alegria do Evangelho” (“Evangelii Gaudium”) do Papa Francisco, que convida todas as pessoas, de modo especial os padres, a não se esquecerem nunca dos pobres. Melhor dizendo, insiste o Papa que cuidar dos pobres é uma exigência da missão de Jesus, uma opção preferencial que transformamos em realidade confessando nossa fé em Jesus. A orientação do retiro esteve sob a orientação de Dom Joércio Gonçalves Pereira, bispo emérito de Coari (AM). 

7651. Nossa Senhora nos inspira a ser missionários - “Nossa Senhora nos inspira a ser missionários, respeitando a ecologia integral que chama a atenção do nosso olhar, não só para a natureza, mas para quem nela habita, em especial os pobres. Que Deus dê a todos os padres a força necessária para continuarmos o caminho de fé, o compromisso missionário e a busca por construirmos juntos um mundo melhor, uma sociedade mais justa, igualitária e fraterna. Que Nossa Senhora ouça o nosso clamor!” (Dom Jaime Vieira Rocha, arcebispo de Natal (RN), 07/julho/2015) 

7652. Os evangelizadores precisam contrair o “cheiro de ovelha” - “Com obras e gestos, a comunidade missionária entra na vida diária dos outros, encurta as distâncias, abaixa-se, se for necessário, até à humilhação, e assume a vida humana, tocando a carne sofredora de Cristo no povo. Os evangelizadores contraem assim o “cheiro de ovelha”, e estas escutam a sua voz”. (Papa Francisco em “A Alegria do Evangelho”) 

7653. O confessionário onde os sacerdotes se encontram com seus fiéis! - “Aos sacerdotes lembro que o confessionário não deve ser uma câmara de tortura, mas o lugar da misericórdia do Senhor que nos incentiva a praticar o bem possível. Um pequeno passo, no meio de grandes limitações humanas, pode ser mais agradável a Deus do que a vida externamente correta de quem transcorre os seus dias sem enfrentar sérias dificuldades. (Papa Francisco em “A Alegria do Evangelho”)

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

13 de julho de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1840   -   13/07/2015
 
 
 
 
 
7645. Evangelho de 2ª feira (13-07-2015) - Sto. Henrique - Ex 1, 8-14.22; Sl 123; Mt 10, 34 - 11, 1 - Disse Jesus: “Não penseis que vim trazer paz à terra: não vim trazer paz, mas a espada. Vim trazer separação entre filho e pai, entre filha e mãe, entre nora e sogra; e os inimigos da gente serão os próprios parentes. Aquele que ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim. Aquele que ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. Aquele que não toma sua cruz e não me segue não é digno de mim. Quem achar sua vida a perderá; mas quem perder sua vida por causa de mim a encontrará”. “Quem vos recebe, a mim recebe; e quem me recebe, recebe Aquele que me enviou. Quem recebe um profeta, por ser ele um profeta, receberá a recompensa própria de um profeta; e quem recebe um justo, por ser ele um justo, receberá a recompensa própria de um justo. E aquele que der, nem que seja um copo de água fria a um desses pequenos, porque é meu discípulo, na verdade vos digo, não ficará sem sua recompensa”. Quando Jesus acabou de dar essas instruções a seus doze discípulos, partiu dali e foi ensinar e pregar nas cidades deles.
 
Recadinho: - Você procura colocar o amor a Deus acima de tudo? - Você vive a partilha, principalmente dos dons que Deus lhe deu? - Você recebe Jesus presente no pobre e nas instituições que contam com sua participação? - Dê testemunho de uma pessoa que é bem participante em sua comunidade. - Procura se lembrar sempre de que os bens materiais são importantes mas não são tudo na vida?
 
7646. Uma menina paraguaia pede para o Papa ser seu pai! - Banhado Norte é uma das áreas de extrema pobreza que foi escolhida para a visita do Papa Francisco, em sua passagem pelo Paraguai, de 10 a 12 de julho/2015. As crianças do bairro foram convidadas a escreverem cartas ao Papa. No total, 2.300 crianças escreveram e, entre todas, destacou-se a de Kiara, de nove anos. Kiara foi apresentada a Francisco acompanhada pelo diretor de sua escola, Germán Acevedo.  “Somente escrevi o que me falava o coração, já que não tenho nem mãe, moro com os meus avós e se chego a ver e falar com o Papa, pedirei também que tire a minha mãe da prisão”, explicou a menina que está na escola San Blas de Fe e Alegria. Kiara explicou ao Papa na carta que seus pais estão na prisão por causa das drogas. Sua mãe há dois anos, por causa do micro tráfico, assim como seu padrasto, que a criou desde que ela tinha três anos. De seu pai biológico se sabe pouco, já que emigrou há muito tempo. Centenas de crianças dos Banhados não só moram no meio da miséria e das inundações, mas também são vítimas da venda e consumo de droga, especialmente o crack. As pessoas moram em barracos de compensado e chapas de zinco, e cada vez que as chuvas torrenciais provocam o transbordamento do rio Paraguai, as ruas de terra tornam-se atoleiros intransitáveis. "Eu gostaria que você fosse o meu pai para sempre, porque o meu pai e minha mãe estão na prisão, te amo...”, explicou Kiara em sua cartinha, escrita à mão. Em sua carta comovente, ela reconhece que gostaria de sentir-se amada, ter uma mãe, um pai, um lar. A iniciativa de escrever para o Papa surgiu do coordenador logístico da visita papal no Banhado Norte, Luis Fretes, que teve a ideia de que todas as crianças do Banhado Sul escrevessem ao Papa que ele mesmo se encarregaria de entregar ao Papa, já que o Papa Francisco não iria visitar a região onde ela morava, o Banhado Sul.
 
7647. Franciscano desaparecido na Síria - Na tarde do dia 04 de julho de 2015, alguns militantes de uma brigada não-identificada, talvez da Jabhat al Nusra, foram até o padre Dhiya Azziz, franciscano iraquiano da Custódia da Terra Santa, Pároco em Yacoubieh (Província de Idlib, distrito de Jisr no Chougour, Síria), para levá-lo para um breve colóquio com o Emir local. Desde então, perdeu-se o contato com o sacerdote. P. Dhya Azziz OFM nasceu em Mossul, antiga Nínive, no Iraque, em 10 de janeiro de 1974. Após alguns anos de estudos no Instituto médico de sua cidade, abraçou a vida religiosa. Em 2003 transferiu-se para o Egito, onde permaneceu por diversos anos. Em 2010 foi enviado à Amã, na Jordânia. Sucessivamente foi transferido para a Síria, mais precisamente em Lattakia. Alí ofereceu-se para assistir a comunidade de Yacoubieh, na região do Oronte.
 
Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR