CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA NA VOZ DO PADRE VITOR COELHO CSsR

Ó MARIA SANTÍSSIMA, PELOS MÉRITOS DO SENHOR JESUS CRISTO QUE EM VOSSA IMAGEM MILAGROSA DE APARECIDA ESPALHAIS INÚMEROS BENEFÍCIOS SOBRE O BRASIL, EU, EMBORA INDIGNO DE PERTENCER AO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS, MAS DESEJANDO PARTICIPAR DOS BENEFÍCIOS DA VOSSA MISERICÓRDIA, PROSTRADO A VOSSOS PÉS, CONSAGRO-VOS O ENTENDIMENTO, PARA QUE SEMPRE PENSE NO AMOR QUE MERECEIS. CONSAGRO-VOS A LÍNGUA, PARA QUE SEMPRE VOS LOUVE E PROPAGUE A VOSSA DEVOÇÃO.CONSAGRO-VOS O CORAÇÃO, PARA QUE, DEPOIS DE DEUS, VOS AME SOBRE TODAS AS COUSAS.RECEBEI-NOS, Ó RAINHA INCOMPARÁVEL, QUE NOSSO CRISTO CRUCIFICADO DEU-NOS POR MÃE, NO DITOSO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS. ACOLHEI-NOS DEBAIXO DA VOSSA PROTEÇÃO. SOCORREI-NOS EM NOSSAS NECESSIDADES ESPIRITUAIS E TEMPORAIS E, SOBRETUDO, NA HORA DA NOSSA MORTE. ABENÇOAI-NOS Ó MÃE CELESTIAL, E COM VOSSA PODEROSA INTERCESSÃO FORTALECEI-NOS EM NOSSA FRAQUEZA, A FIM DE QUE, SERVINDO-VOS FIELMENTE NESTA VIDA, POSSAMOS LOUVAR-VOS, AMAR-VOS E RENDER-VOS GRAÇAS NO CÉU, POR TODA A ETERNIDADE. ASSIM SEJA! ...PELA INTERCESSÃO DE NOSSA SENHORA APARECIDA, RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL, A BÊNÇÃO DE DEUS ONIPOTENTE, PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO, DESÇA SOBRE VÓS E PERMANEÇA SEMPRE.AMÉM!
PRÓXIMOS EVENTOS (Todos estão convidados)





ÁGAPE MENSAL
11 - fevereiro - 2017


MAIO - 2017
De 03 a 11 - Viagem / Peregrinação a Portugal
De 20 a 21 - 7º ERESER CAMPINAS
De 15 a 30 - 2ª Missão UNESER em Rondônia

JUNHO - 2017
De 17 a 18 - 2º ERESER CAMPINAS

JULHO - 2017

De 05 a 15 - 3ª Peregrinação a Pé Caminho da Fé
De 14 a 16 - 37º ERESER PROVÍNCIA RIO/MINAS/ES
De 21 a 23 - 22º ENESER - APARECIDA

SETEMBRO - 2017
De 01 a 03 - 5º ERESER VICE PROVÍNCIA MANAUS

OUTUBRO - 2017

Dia 07 - ERESER NA NOVENA DE APARECIDA
Dia 21 - 11º ERESER MAIRINQUE

NOVEMBRO - 2017
De 12 a 15 - 7º ERESER PROVÍNCIA DE CAMPO GRANDE


XIII RETIRO
De 02 a 04 de fevereiro de 2018
Local: Pedrinha (a ser confirmado)




SOM NO BLOG

QUANDO QUISER ASSISTIR ALGUM VÍDEO DO BLOG, VÁ ATÉ À "RÁDIO UNESER INTERATIVA" (caixa à direita do blog) E CLIQUE NO BOTÃO DE PAUSA (II).
APÓS ASSISTIR O VÍDEO, CLIQUE NO MESMO BOTÃO (PLAY) PARA CONTINUAR OUVINDO A RÁDIO.

29 de fevereiro de 2012

Extraordinária Campanha da Fraternidade


 Roberto Malvezzi


por Roberto Malvezzi, Gogó da Equipe CPP/CPT do São Francisco. Músico. Filósofo e Teólogo
A colaboração das Campanhas da Fraternidade para as políticas públicas brasileiras são inegáveis, desde que o olhar esteja despido de preconceitos religiosos ou eclesiais. Temáticas como a violência, paz, água, terra, deficientes, tem ajudado a sociedade brasileira a debruçar-se sobre desafios que em geral ficam apenas na constatação e reclamações. São 49 anos de grande contribuição da Igreja.
Infelizmente certos setores da Igreja acham que a CF atrapalha o clima da Quaresma. Eu penso exatamente o contrário, isto é, a CF enriqueceu a Quaresma, dando-lhe um conteúdo positivo de conversão para o irmão, vencendo aquele clima necrófilo vivido nas Quaresmas em certas regiões brasileiras. Mas, a CF não perdeu sua pertinência.
Esse ano, a temática da saúde pode fazer um bem fantástico a milhões de brasileiros que precisam da saúde pública. Esse é o primeiro mérito do texto base, ele põe a questão da política pública de saúde para ser debatida, sem renunciar às outras dimensões, como do cuidado com os enfermos, da valorização dos profissionais de saúde, da saúde alternativa.
Uma das dimensões inseridas no debate é a relação saúde e ambiente. Participei um pouco das reflexões sobre esse assunto, particularmente no Congresso da Pastoral da Saúde, final do ano passado, no espaço camiliano em S. Paulo. Aliás, vai ser lançado também um livro sobre o assunto, organizado pelo Pe. Alexandre, Camiliano envolvido na Pastoral da Saúde. A constatação é óbvia: sem ambiente sadio, não existem pessoas sadias. Portanto, toda dimensão preventiva da saúde precisa ser efetivada. Aí entra a questão do saneamento, água potável, alimentos sadios, casas salubres, ar limpo e tudo mais que a própria Constituição já prevê como saúde ambiental.
A Pastoral conta ainda com um médico como seu coordenador, Dr. André Luís, que já foi secretário de saúde de Uberlândia, Minas. Ele também representa a Pastoral da Saúde no Conselho Episcopal Latino Americano (CELAM). Portanto, consegue articular a dimensão profissional com a dimensão pastoral, algo essencial nas Campanhas da Fraternidade.
Tomara que a saúde se difunda sobre a Terra, numa época de graves problemas ambientais e de saúde pública. Se avançamos com o SUS, precisamos que ele se torne real para todos os brasileiros. O SUS, juntamente com a Previdência Social, forma a solidariedade social mais ampla e generosa desse país, que é tão injusto na concentração de bens, de renda, saberes e poderes.
A luta pela justiça é também uma luta pela saúde.

Fonte:CEBI

Oração de todos os dias




Oração da manhã para todos os dias
Senhor meu Deus, mais um dia está começando. Agradeço a vida que se renova para mim, os trabalhos que me esperam, as alegrias e também os pequenos dissabores que nunca faltam. Que tudo quanto viverei hoje sirva para me aproximar de vós e dos que estão ao meu redor.
Creio em vós, Senhor. Eu vos amo e tudo espero de vossa bondade.
Fazei de mim uma bênção para todos que eu encontrar. Amém.

Oferta de todos dias


Ó Jesus, pelas mãos de Maria, Tua e minha mãe,
Te ofereço a minha mente, para Teus pensamentos.
Te ofereço a minha vontade para os teus desejos,

Te ofereço os meus sentidos para Tuas obras.
Faze que vivendo de Ti, trabalhando por Ti,
eu me transforme em Ti.
Ó Rei Divino, que sofrendo e morrendo na cruz salvastes o mundo!
Amém.

Evangelho do dia



Ano B - Dia: 29/02/2012



Um milagre?
Leitura Orante
Lc 11,29-32
Quando a multidão se ajuntou em volta de Jesus, ele começou a falar e disse o seguinte: 
- Como as pessoas de hoje são más! Pedem um milagre como sinal de aprovação de Deus, mas nenhum sinal lhes será dado, a não ser o milagre de Jonas. Assim como o profeta Jonas foi um sinal para os moradores da cidade de Nínive, assim também o Filho do Homem será um sinal para a gente de hoje. No Dia do Juízo a rainha de Sabá vai se levantar e acusar vocês, pois ela veio de muito longe para ouvir os sábios ensinamentos de Salomão. E eu afirmo que o que está aqui é mais importante do que Salomão. No Dia do Juízo o povo de Nínive vai se levantar e acusar vocês porque, quando ouviram a mensagem de Jonas, eles se arrependeram dos seus pecados. E eu afirmo que o que está aqui é mais importante do que Jonas. 



Leitura Orante 
Preparo-me, 
em comunhão com todos os internautas, 
para a Leitura Orante, 
orando com Santo Agostinho: 
Tarde vos amei, 
ó beleza tão antiga e tão nova. 
Tarde vos amei! 
Eis que habitáveis dentro de mim, 
e eu lá fora procurando-vos! 
Disforme, 
lançava-me sobre estas formosuras que criastes. 
Estáveis comigo, 
e eu não estava convosco! 

1. Leitura (Verdade) 
- O que a Palavra diz? 
Leio atentamente o texto de hoje, na Bíblia: Lc 11,29-32. 
Jesus denomina de "más" as pessoas que pedem um milagre como sinal da aprovação de Deus. Afirma que o Filho do Homem é o sinal para as pessoas de hoje. Não é um sinal espetacular que deve levar as pessoas à conversão, mas à adesão ao projeto da nova história, manifestado na palavra de Jesus. 

2. Meditação(Caminho) 
- O que a Palavra diz para mim? 
Como é a minha fé? Fico à procura de milagres, sinais especiais em meu favor? 
Ou acredito em Deus, independentemente dos sinais? 
Os bispos, em Aparecida, apontam para um sinal muito importante na vida de todo cristão - o anúncio do amor de Deus: 
"Anunciamos a nossos povos que Deus nos ama, que sua existência não é uma ameaça para o homem, que Ele está perto com o poder salvador e libertador de seu Reino, que Ele nos acompanha na tribulação, que alenta incessantemente nossa esperança em meio a todas as provas." (DAp 29). 

3. Oração (Vida) 

- O que a Palavra me leva a dizer a Deus? 
Rezo com toda Igreja a 
Oração da Campanha da Fraternidade 2012 
Senhor Deus de amor, 
Pai de bondade, 
nós vos louvamos e agradecemos 
pelo dom da vida, 
pelo amor com que cuidais de toda a criação. 

Vosso Filho Jesus Cristo, 
em sua misericórdia, assumiu a cruz dos enfermos 
e de todos os sofredores, 
sobre eles derramou a esperança de vida em plenitude. 

Enviai-nos, Senhor, o Vosso Espírito. 
Guiai a vossa Igreja, para que ela, pela conversão 
se faça sempre mais, solidária às dores e enfermidades do povo, 
e que a saúde se difunda sobre a terra. 
Amém. 

4. Contemplação (Vida/ Missão) 
- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra? 
Vou hoje, descobrir a presença e os sinais de Deus em tudo que me acontecer. 

Bênção 
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém. 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém. - 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
Irmã Patrícia Silva, fsp

Vivências - De perto @ De longe



2608. Evangelho de quarta-feira (29-02-2012) - Jn 3, 1-10; Sl 50, 3-4.12-13.18-19; Lc 11, 29-32 - Quando as multidões se reuniram em grande quantidade, Jesus começou a dizer: “Esta geração é uma geração má. Ela busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal de Jonas. Com efeito, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim também será o Filho do Homem para esta geração. No dia do julgamento, a rainha do Sul se levantará juntamente com os homens desta geração e os condenará. Porque ela veio de uma terra distante para ouvir a sabedoria de Salomão. E aqui está quem é maior que Salomão. No dia do julgamento, os ninivitas se levantarão juntamente com esta geração e a condenarão. Porque eles se converteram quando ouviram a pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas”.
Recadinho: - Minha presença serve de anúncio de que Deus nos ama? - Convenço-me de que Deus está comigo nas tribulações? - Mantenho-me firme na esperança? - Peço o dom da fé que me leve a esperar firmemente? - Eu me esforço para ser lerdo quando se trata de irritar-se?

2609. Movimento no Santuário Nacional - Conforme dados estatísticos fornecidos pelo Santuário Nacional de Aparecida, nos dias de semana de 20 a 26 de fevereiro/2012, circularam pelo Santuário 80.245 visitantes. No sábado, 25 de fevereiro, visitaram o Santuário 35.709 pessoas e, no domingo, 26 de fevereiro, o número foi de 94.236 peregrinos. A previsão para o próximo fim de semana é o Santuário Nacional receber 27.069 pessoas no sábado, dia 03 de março; e 47.671 no domingo, dia 04 de março.

2610. Saúde pública especialmente aos pobres – “Nossa grande preocupação é que a saúde possa atingir especialmente os pobres. Nós verificamos que nas grandes cidades, nas periferias, e também nas regiões do interior mais distantes, a saúde pública é muito deficiente. Faltam médicos no interior. O próprio governo reconhece esta deficiência e busca dar uma solução. Também há necessidade de a Igreja participar mais dos conselhos de saúde nos municípios, de ser mais presente. Além disso, temos também sempre diante de nós um gesto muito concreto: se realmente a saúde deve ser refletida, pensada, meditada e rezada; se a saúde deve ser para todos, nós façamos coleta para pequenos projetos que serão depois desenvolvidos nas comunidades, nas dioceses”. Dom Leonardo Ulrich Steiner,
Secretário-Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

2611. Campanha da Fraternidade: abrace o hospital! - Com a Campanha da Fraternidade (CF 2012), paróquias, dioceses e comunidades de todo o país se mobilizam em discussões e estudos sobre o tema “Fraternidade e Saúde Pública”. A Diocese de Caraguatatuba (SP) promoveu, no dia 25 de fevereiro/12, a caminhada “Abrace o hospital”. A iniciativa fez parte das comemorações pelos 60 anos da presença das Irmãs do Instituto Pequenas Missionárias de Maria Imaculada na Casa de Saúde Stella Maris. A ideia era conscientizar os moradores da importância do hospital para a cidade e consequentemente dos serviços de qualidade prestados pela Casa de Saúde. A caminhada teve início na Igreja Matriz da cidade, seguindo para o hospital, onde culminou em um abraço simbólico ao prédio.

2612. Liberados sacerdotes e religiosas no Congo - Foram libertados os tres sacerdotes e as duas religiosas que haviam sido presos em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo. Os sacerdotes e as religiosas estavam se preparando para participar da marcha para recordar o 20º aniversário do massacre de fiéis ocorrido em 16 de fevereiro de 1992, quando uma manifestação promovida pelas Igrejas cristãs em prol da democracia foi violentamente reprimida pelas forças do Presidente Mobutu. Os fiéis, que estavam se reunindo em algumas paróquias para convergir ao local da manifestação, foram atacados violentamente pela polícia, presos alguns sacerdotes e religiosas e a polícia lançou gás lacrimogêneo. Jovens de uma gangue de delinquentes intervieram em pelo menos uma paróquia, agredindo fiéis, deixando vários feridos. De 15 a 17 de fevereiro, foi interrompido o sinal de rádio e de TV da Arquidiocese de Kinshasa. Sentem-se sinais inquietadores em relação à Igreja Católica, como demonstra o assassinato de Irmã Liliane Mapalayi, da Congregação das Irmãs da Caridade de Jesus, apunhalada e morta em 2 de fevereiro no Kasai oriental.

Pe. Geraldo Rodrigues, CSSR

Reflexão do dia

As reflexões seguintes supõem que você
antes leu o texto evangélico indicado.


29 ─ Quarta-feira ─ S. Hilaro, S. Macário, Sta. Hedviges


Evangelho (Lc 11,29-32) “No dia do julgamento, os ninivitas vão condenar esta geração, porque eles se converteram com a pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas”.

Há tristeza nessas palavras de Jesus a muitos de seus ouvintes que, em vez de aceitar seu convite à conversão, corriam atrás de milagres. Exigiam que Deus fizesse o que eles queriam e imaginavam. É mais ou menos isso que acontece comigo: tenho meus projetos de salvação, e fico desorientado e insatisfeito quando o Senhor me leva por caminhos que nunca teria imaginado.

Oração

Senhor não vos peço nenhum sinal ou milagre. Peço apenas como nos ensinastes: “Pai, seja feita a vossa vontade”. Aconteça em minha vida a salvação que me ofereceis, quando e como quereis. Não sei o que é melhor para mim. E por isso me entrego em vossas mãos. Sei que me amais muito mais do que eu a mim mesmo; tenho certeza que me dareis muito mais que imagino. Amém.

Pe. Flávio Cavalca de Castro, CSSR

Aniversariante do dia


Festeja seu aniversário de 60 anos o PADRE WANDERLEY BORGES da Província de Goiás

A ele nossos cumprimentos e votos de muitas felicidades e muitos anos de vida!
Um grande abraço dos amigos da UNESER!

Santos do dia

FESTEJAMOS HOJE: Antonieta, Emma, Dositeo, Oswaldo

Santo Leandro

Religioso espanhol nascido em Cartagena , Leandro foi bispo de Sevilha e fez parte de uma família de santos. Além dele, foram canonizados seus irmãos Fulgêncio e Isidoro, além da irmã Florentina.

Desde rapaz, Leandro era conhecido como dono de grande cultura e sua fama cresceu ainda mais quando entrou para a Ordem de São Bento, em Hispalis, Espanha. Assim, nada mais natural que, morto o bispo de Sevilha, fosse ele, Leandro, nomeado para o cargo, com grande aceitação popular e também do clero. Porém, teve que enfrentar os poderosos governantes que queriam destruí-lo, pois, graças a ele, Hermenegildo, filho mais velho do rei Leovegildo havia se convertido cristão. A conversão do príncipe real, que significava a futura conversão do reino, bem como de dezenas de outros pagãos, deixou irados os hereges arianos, que arquitetaram vários planos para matá-lo.

Os registros mostram que o bispo Leandro só escapou da morte pela Providencia Divina. Mas, se não conseguiram matar o bispo, os hereges passaram a pressionar tanto o rei, que até o príncipe convertido foi condenado à morte e levado ao martírio. Leandro, por sua vez, foi exilado e teve que deixar suas paróquias. No entanto, mesmo afastado de seu rebanho ele não parou de guiá-los. Enviava contínuas cartas e artigos orientando sobre o cristianismo e combatendo os arianos, além de dirigir e seguir as pastorais mesmo no exílio.

De repente, o vento voltou a soprar a seu favor. Diversos prodígios e graças passaram a ser registrados no túmulo do príncipe cristão martirizado, com o rei se arrependendo do que fizera. Mandou repatriar o bispo Leandro e a ele entregou a educação religiosa do segundo filho, Recaredo, que seria o futuro monarca.

A conversão do rei acabou com o poder dos hereges seguidores de Ário e fez com que quase toda a população se convertesse também. Por este trabalho de evangelização, o bispo Leandro, que morreu aos oitenta anos, na cidade de Sevilha, em 600, figura na História da Igreja, merecidamente, como o "Apóstolo dos Godos".

28 de fevereiro de 2012

Oração de todos os dias




Oração da manhã para todos os dias
Senhor meu Deus, mais um dia está começando. Agradeço a vida que se renova para mim, os trabalhos que me esperam, as alegrias e também os pequenos dissabores que nunca faltam. Que tudo quanto viverei hoje sirva para me aproximar de vós e dos que estão ao meu redor.
Creio em vós, Senhor. Eu vos amo e tudo espero de vossa bondade.
Fazei de mim uma bênção para todos que eu encontrar. Amém.

Oferta de todos dias


Ó Jesus, pelas mãos de Maria, Tua e minha mãe,
Te ofereço a minha mente, para Teus pensamentos.
Te ofereço a minha vontade para os teus desejos,

Te ofereço os meus sentidos para Tuas obras.
Faze que vivendo de Ti, trabalhando por Ti,
eu me transforme em Ti.
Ó Rei Divino, que sofrendo e morrendo na cruz salvastes o mundo!
Amém.

Evangelho do dia


Ano B - Dia: 28/02/2012




Rezem: "Pai..."
Leitura Orante
Mt 6,7-15

- Nas suas orações, não fiquem repetindo o que vocês já disseram, como fazem os pagãos. Eles pensam que Deus os ouvirá porque fazem orações compridas. Não sejam como eles, pois, antes de vocês pedirem, o Pai de vocês já sabe o que vocês precisam. Portanto, orem assim:
"Pai nosso, que estás no céu, que todos reconheçam que o teu nome é santo.
Venha o teu Reino.
Que a tua vontade seja feita aqui na terra como é feita no céu!
Dá-nos hoje o alimento que precisamos.
Perdoa as nossas ofensas como também nós perdoamos as pessoas que nos ofenderam.
E não deixes que sejamos tentados, mas livra-nos do mal.
[Pois teu é o Reino, o poder e a glória, para sempre. Amém!]"
- Porque, se vocês perdoarem as pessoas que ofenderem vocês, o Pai de vocês, que está no céu, também perdoará vocês. Mas, se não perdoarem essas pessoas, o Pai de vocês também não perdoará as ofensas de vocês. 


Leitura Orante
Preparo-me para a Leitura Orante invocando, com todos os internautas, o Espírito Santo:
Vem Santo Espírito, amor do Pai.
Toca a minha mente,
a minha vontade,
o meu coração.
Abre-me à coragem da verdade.
Dá-me a força para deixar-me tocar
e renovar profundamente por Jesus,
Palavra do Pai.
Amém. 
1. Leitura (Verdade) 
- O que a Palavra diz?
Leio atentamente, na Bíblia, Mt 6,7-15.
Neste texto Jesus nos ensina a orar. Primeiro, indica a atitude que devemos assumir ao orar: não ficar repetindo fórmulas, muito menos longas orações. E ainda, ter atitude de confiança no Pai que já sabe tudo de que necessitamos.
Thomas Merton diz que, assim como somos, rezamos. E diz mais: "O homem que não reza, é alguém que tentou fugir de si mesmo, porque fugiu de Deus".

2. Meditação(Caminho) 
- O que a Palavra diz para mim?
Às vezes, apenas "dizemos orações" com os lábios.
Nosso coração, nossos sentimentos e pensamentos estão distantes.
Jesus nos ensina, de maneira muito simples, a orar:
1º Assumir a atitude de filhos e irmãos: Pai nosso.
2º Reconhecer o nome de Deus como "santo".
3º Pedir que o Reino de Deus aconteça entre nós.
4º Dispor-nos a fazer a vontade de Deus.
5º Fazer os pedidos para o dia-a-dia: o pão, o perdão, a libertação de toda tentação e mal.
Os bispos, na V Conferência, em Aparecida, disseram: "Nos diferentes momentos da luta cotidiana, muitos recorrem a algum pequeno sinal do amor de Deus: um crucifixo, um rosário, uma vela que se acende para acompanhar um filho em sua enfermidade, um Pai Nosso recitado entre lágrimas, um olhar entranhável a uma imagem querida de Maria, um sorriso dirigido ao Céu em meio a uma simples alegria." (DAp 261).

3. Oração (Vida) 
- O que a Palavra me leva a dizer a Deus?
Rezo agora com muita consciência e fé a
Oração da Campanha da Fraternidade 2012
Senhor Deus de amor,
Pai de bondade,
nós vos louvamos e agradecemos
pelo dom da vida,
pelo amor com que cuidais de toda a criação.

Vosso Filho Jesus Cristo,
em sua misericórdia, assumiu a cruz dos enfermos
e de todos os sofredores,
sobre eles derramou a esperança de vida em plenitude.

Enviai-nos, Senhor, o Vosso Espírito.
Guiai a vossa Igreja, para que ela, pela conversão
se faça sempre mais, solidária às dores e enfermidades do povo,
e que a saúde se difunda sobre a terra.
Amém.

4. Contemplação(Vida/ Missão) 
- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar para o dia de hoje vem carregado de uma certeza:
tenho um Pai e uma multidão de irmãos.

Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. ? 

Vivências - De perto @ De longe



2603. Evangelho de terça-feira (28-02-2012) - Is 55, 10-11; Sl 33, 4-7.16-19; Mt 6, 7-15 - Jesus disse aos seus discípulos: “Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras. Não sejais como eles, pois vosso Pai sabe do que precisais, muito antes que vós o peçais. Vós deveis rezar assim: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes”.
Recadinho: - Em que consiste minha oração? - Será que para rezar são necessárias belas palavras? - Quando rezamos o Pai Nosso procuramos de fato pensar no que estamos dizendo? - Qualquer que seja nossa oração, é sempre algo que vem de nosso íntimo? - Quando pedimos algo, fazemos o que está a nossa alcance para conseguir o que queremos?

2604. Saúde e salvação - Para os cristãos, de modo particular, a saúde vai muito além de um simples bem-estar corporal. No episódio da cura de um paralítico (cf. Mt 9, 2-8), Jesus, antes de fazer com que esse voltasse a andar, perdoa-lhe os pecados, ensinando que a cura perfeita é o perdão dos pecados, e a saúde por excelência é a da alma, pois “que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, mas perder a sua alma?” (Mt 16, 26). Com efeito, as palavras saúde e salvação têm origem no mesmo termo latino ‘salus' e não por outra razão, nos Evangelhos, vemos a ação do Salvador da humanidade associada a diversas curas: “Jesus andava por toda a Galiléia, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino e curando todo o tipo de doença e enfermidades do povo” (Mt 4, 23). Papa Bento XVI, Quaresma 2012

2605. Bento XVI e a  Campanha da Fraternidade 2012 - Com o  exemplo  de Cristo, segundo o verdadeiro espírito quaresmal, possa  a Campanha da Fraternidade inspirar no coração dos fiéis e das pessoas de boa vontade urna solidariedade cada vez mais profunda para com os enfermos, tantas vezes sofrendo mais pela solidão e abandono do que pela doença, lembrando que o próprio Jesus quis se identificar com eles: (“Eu estava doente e cuidastes de Mim” (Mt 25, 36). Ajudando-lhes ao mesmo tempo a descobrir que se, por um lado, a doença é prova dolorosa, por outro, pode ser, na união com Cristo crucificado e ressuscitado, uma participação no mistério do sofrimento d'Ele para a salvação do mundo. Oferecendo nosso sofrimento a Deus por Cristo, podemos colaborar na vitória do bem sobre o mal, porque Deus toma fecunda nossa oferta, nosso ato de amor”. Papa Bento XVI, Quaresma 2012

2606. Bento XVI saúda a todos, em especial aos enfermos - Associando-me à  iniciativa da CNBB e fazendo minhas as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias de cada um, saúdo fraternalmente quantos tomam parte na Campanha “Fraternidade e Saúde Pública”, invocando, pela intercessão de Nossa Senhora Aparecida, para todos, mas de modo especial  para os doentes, o conforto e a fortaleza de Deus no cumprimento do dever de estado, individual, familiar e social, fonte de saúde e progresso do Brasil, tornando-se fértil na santidade, próspero na economia, justo na participação das riquezas, alegre no serviço público, equânime no poder e fraterno no desenvolvimento. Papa Bento XVI, Quaresma 2012

2607. Saúde pública:  é importante ajudar o governo a refletir - Na época da Quaresma, a Igreja no Brasil sempre tem buscado um tema que ajude na caminhada quaresmal, ajude no processo de conversão, ajude na vida do Evangelho a compreender melhor o significado de Jesus Cristo crucificado e ressuscitado. Neste ano,  temos como tema  “Fraternidade e Saúde Pública”.  Já tivemos uma Campanha sobre a saúde, mas este ano estamos enfocando a saúde pública, porque não apenas é tarefa do governo, mas sim por causa do público, pois deve atingir a todos. Um dos aspectos importantes é ajudarmos o governo a refletir e levar e saúde para todos. Por isso também, temos como texto da Sagrada Escritura,  a  nos iluminar: “Que a saúde se difunda sobre a terra”.  Dom Leonardo Ulrich Steiner, Secretário-Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Pe. Geraldo Rodrigues, CSSR

Reflexão do dia

As reflexões seguintes supõem que você
antes leu o texto evangélico indicado.


28 ─ Terça-feira ─ S. Justo, S. Romão, S. Serapião

Evangelho (Mt 6,7-15) “Ao orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por causa das muitas palavras.”

Oração é encontro com Deus, para o adorar e louvar, para lhe agradecer e pedir. Para isso as palavras podem ajudar, mas não são necessárias, nem podem ser tantas que nos impeçam de escutar o que o Senhor tem a nos dizer. Indispensável é assumir diante dele a atitude conveniente a criaturas limitadas, pobres, pecadoras e necessitadas de ajuda. Que Jesus, pois, nos ensine a orar.

Oração

Senhor Jesus, no evangelho encontramos o “Pai Nosso”. Mesmo assim ainda preciso que me ensineis a orar, a me colocar diante da Trindade, a dialogar, mais ouvindo do que falando. Uno minha oração à vossa, e tenho certeza que serei ouvido, e serei capaz de seguir alegremente os caminhos que o Pai me indicar. Ajudai-me a orar sempre, tranquilamente e sem nenhuma pressa. Amém.

Pe. Flávio Cavalca de Castro, CSSR

Santos do dia

São comemorados hoje: Macário, Rufino, Romão, Serapião, Justo e Gianna Molla

São Romano

Nascido no ano 390, o monge Romano era discípulo de um dos primeiros mosteiros do Ocidente, o de Ainay, próximo a Lion, na França. No século IV, quando nascia a vida monástica no Ocidente, com o intuito de propiciar elementos para a perfeição espiritual assim como para a evolução do progresso, ele se tornou um dos primeiro monges franceses.

Romano achava as regras do mosteiro muito brandas. Então, com apenas uma Bíblia, o que para ele era o indispensável para viver, sumiu por entre os montes desertos dos arredores da cidade. Ele só foi localizado por seu irmão Lupicino, depois de alguns anos. Romano tinha se tornado um monge completamente solitário e vivia naquelas montanhas que fazem a fronteira da França com a Suíça. Aceitou o irmão como seu aluno e seguidor, apesar de possuírem temperamentos opostos.

A eles se juntaram muitos outros que desejavam ser eremitas. Por isso teve de fundar dois mosteiros masculinos, um em Condat e outro em Lancome. Depois construiu um de clausura, feminino, em Beaume, no qual Romano colocou como abadessa sua irmã. Os três ficaram sob as mesmas e severas regras disciplinares, como Romano achava que seria correto para a vida das comunidades monásticas. Romano e Lupicino se dividiam entre os dois mosteiros masculinos na orientação espiritual, enquanto no mosteiro de Beaume, Romano mantinha contato com a abadessa sua irmã, orientando-a pessoalmente na vida espiritual.

Consta nos registros da Igreja que, durante uma viagem de Romano ao túmulo de São Maurício, em Genebra, ele e um discípulo que o acompanhava, depois também venerado pela Igreja, chamado Pelade, tiveram de ficar hospedados numa choupana onde havia dois leprosos. Romano os abraçou, solidarizou-se com eles e, na manhã seguinte, os dois estavam curados.

A tradição, que a Igreja mantém, nos narra que este foi apenas o começo de uma viagem cheia de prodígios e milagres. Depois, voltando dessa peregrinação, Romano viveu recluso, na cela de seu mosteiro e se reencontrou na ansiada solidão. Assim ele morreu, antes de seu irmão e irmã, aos 73 anos de idade, no dia 28 de fevereiro de 463.

O culto de São Romano propagou-se velozmente na França, Suíça, Bélgica, Itália, enfim por toda a Europa. As graças e prodígios que ocorreram por sua intercessão são numerosos e continuam a ocorrer, segundo os fieis que mantêm sua devoção ainda muito viva, nos nossos dias.

27 de fevereiro de 2012

Oração de todos os dias




Oração da manhã para todos os dias
Senhor meu Deus, mais um dia está começando. Agradeço a vida que se renova para mim, os trabalhos que me esperam, as alegrias e também os pequenos dissabores que nunca faltam. Que tudo quanto viverei hoje sirva para me aproximar de vós e dos que estão ao meu redor.
Creio em vós, Senhor. Eu vos amo e tudo espero de vossa bondade.
Fazei de mim uma bênção para todos que eu encontrar. Amém.

Oferta de todos dias


Ó Jesus, pelas mãos de Maria, Tua e minha mãe,
Te ofereço a minha mente, para Teus pensamentos.
Te ofereço a minha vontade para os teus desejos,

Te ofereço os meus sentidos para Tuas obras.
Faze que vivendo de Ti, trabalhando por Ti,
eu me transforme em Ti.
Ó Rei Divino, que sofrendo e morrendo na cruz salvastes o mundo!
Amém.

Evangelho do dia

Ano B - Dia: 27/02/2012



Venham, abençoados do Pai!



Leitura Orante
Mt 25,31-46 

Jesus terminou, dizendo: 
- Quando o Filho do Homem vier como Rei, com todos os anjos, ele se sentará no seu trono real. Todos os povos da terra se reunirão diante dele, e ele separará as pessoas umas das outras, assim como o pastor separa as ovelhas das cabras. Ele porá os bons à sua direita e os outros, à esquerda. Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: "Venham, vocês que são abençoados pelo meu Pai! Venham e recebam o Reino que o meu Pai preparou para vocês desde a criação do mundo. Pois eu estava com fome, e vocês me deram comida; estava com sede, e me deram água. Era estrangeiro, e me receberam na sua casa. Estava sem roupa, e me vestiram; estava doente, e cuidaram de mim. Estava na cadeia, e foram me visitar." 
- Então os bons perguntarão: "Senhor, quando foi que o vimos com fome e lhe demos comida ou com sede e lhe demos água? Quando foi que vimos o senhor como estrangeiro e o recebemos na nossa casa ou sem roupa e o vestimos? Quando foi que vimos o senhor doente ou na cadeia e fomos visitá-lo?" 
- Aí o Rei responderá: "Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quando vocês fizeram isso ao mais humilde dos meus irmãos, foi a mim que fizeram." 
- Depois ele dirá aos que estiverem à sua esquerda: "Afastem-se de mim, vocês que estão debaixo da maldição de Deus! Vão para o fogo eterno, preparado para o Diabo e os seus anjos! Pois eu estava com fome, e vocês não me deram comida; estava com sede, e não me deram água. Era estrangeiro, e não me receberam na sua casa; estava sem roupa, e não me vestiram. Estava doente e na cadeia, e vocês não cuidaram de mim." 
- Então eles perguntarão: "Senhor, quando foi que vimos o senhor com fome, ou com sede, ou como estrangeiro, ou sem roupa, ou doente, ou na cadeia e não o ajudamos?" 
- O Rei responderá: "Eu afirmo a vocês que isto é verdade: todas as vezes que vocês deixaram de ajudar uma destas pessoas mais humildes, foi a mim que deixaram de ajudar." 
E Jesus terminou assim: 
- Portanto, estes irão para o castigo eterno, mas os bons irão para a vida eterna. 



Leitura Orante 
Graça e Paz 
a todos 
os que se reúnem aqui, 
na web, 
em torno da Palavra. 

Juntos, rezamos ou cantamos o Salmo 94: 
(Se, em grupo, pode ser rezado em dois coros ou um solista e os demais repetem) 
- Venham, ó nações, ao Senhor cantar (bis) 
- Ao Deus do universo, venham festejar (bis) 
- Seu amor por nós, firme para sempre (bis) 
- Sua fidelidade dura eternamente (bis) 
- Toda a terra aclame, cante ao Senhor (bis) 
- Sirva com alegria, venha com fervor (bis) 
- Nossas mãos orantes para o céu subindo (bis) 
- Cheguem como oferenda ao som deste hino (bis) 
- Glória ao Pai, ao Filho e ao Santo Espírito (bis) 
- Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito (bis) 

1. Leitura (Verdade) 
- O que a Palavra diz? 
Leio com atenção, na Bíblia, o texto: Mt 25,31-46: 
Esta passagem sobre o julgamento final só é descrita por Mateus. Não aparece nos outros evangelhos. Mateus quer insistir sobre um aspecto da vivência cristã. Qual aspecto? No juízo se manifestará a verdadeira identidade da pessoa, a qual, aliás, o cristão já conhece desde agora: só o amor aos irmãos é o que dá ao homem consistência e salvação; só no amor aos irmãos se encontra concretamente o Senhor. Tiago dirá: "A fé sem obras é morta". (Tg 2,17). 

2. Meditação(Caminho) 
- O que a Palavra diz para mim? 
- Pergunto-me agora: 
- Hoje, na minha realidade, quem são as "mais humilde pessoas" de que Jesus fala no Evangelho? Quais são as pessoas a quem devo amar mais? 
- O Senhor não partiu, mas ficou. Ele disse: "Estarei com vocês todos os dias" (Mt 28,20). É o Deus conosco. Quais são os lugares concretos e os objetivos onde se faz presente? Os bispos, em Aparecida, disseram: "Para ficar parecido verdadeiramente com o Mestre é necessário assumir a centralidade do Mandamento do amor, que Ele quis chamar seu e novo: "Amem-se uns aos outros, como eu os amei" (Jo 15,12). Este amor, com a medida de Jesus, com total dom de si, além de ser o diferencial de cada cristão, não pode deixar de ser a característica de sua Igreja, comunidade discípula de Cristo, cujo testemunho de caridade fraterna será o primeiro e principal anúncio, "todos reconhecerão que sois meus discípulos" (Jo 13,35)." (DAp 138). 

3. Oração (Vida) 
- O que a Palavra me leva a dizer a Deus? 
Rezo a canção inspirada em 
1Cor 13: Hino ao amor 
Se eu não tiver amor, eu nada sou, Senhor! 
Se eu não tiver amor, eu nada sou, Senhor! 
1. O amor é compassivo, o amor é serviçal, 
o amor não tem inveja, o amor não busca o mal. 
2. O amor nunca se irrita, não é nunca descortês, 
o amor não é egoísta, o amor nunca é dobrez. 
3. O amor desculpa tudo, o amor é caridade, 
não se alegra na injustiça, é feliz, só na verdade. 
4. O amor suporta tudo, o amor em tudo crê, 
o amor guarda a esperança, o amor sempre é fiel. 
5. Nossa fé, nossa esperança, junto a Deus, terminará, 
mas o amor será eterno, o amor não passará. 
Veja também o vídeo Hino ao amor. Acesse: 
http://youtu.be/mCwumbgmDPc 

4. Contemplação(Vida/ Missão) - 
Qual o meu novo olhar a partir da Palavra? Vou contemplar o mundo de hoje com o olhar de Jesus, na certeza de que o que faz a pobreza ou a nobreza do meu ser é a minha capacidade de amar. Recordo a expressão de são João da Cruz: "No entardecer de nossas vidas, seremos julgados sobre o amor". 

Bênção 
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém. 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém. 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
Ir. Patrícia Silva, fsp 

Vivências - De perto @ De longe


2598. Evangelho de segunda-feira (27-02-2012) - Lv 19, 1-2.11-18; Sl 18, 8-10.15; Mt 25, 31-46 - Jesus disse aos seus discípulos: “Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso. Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo! Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa; eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar’. Então os justos lhe perguntarão: “Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de beber? Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos? Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?” Então o Rei lhes responderá: “Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!” Depois o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. Pois eu estava com fome e não me destes de comer; eu estava com sede e não me destes de beber; eu era estrangeiro e não me recebestes em casa; eu estava nu e não me vestistes; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar”. E responderão também eles: “Senhor, quando foi que te vimos com fome, ou com sede, como estrangeiro, ou nu, doente ou preso, e não te servimos?” Então o Rei lhes responderá: “Em verdade eu vos digo, todas as vezes que não fizestes isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizestes!” Portanto, estes irão para o castigo eterno, enquanto os justos irão para a vida eterna”.
Recadinho: - Está bem arraigada em mim a realidade de que não pode existir amor a Deus se não amo realmente meu próximo? - A verdade de um Deus que me julgará um dia me assusta? - Minha vida testemunha que tenho bom coração? - Eventuais omissões pesam muito? - Provo minha por obras?
2599. Novo Presbítero Católico sob a Mística do Cuidado - Livro (pgs 430) de Pe. Jésus Benedito dos Santos que trata do Novo Presbítero Católico sob a mística do cuidado, seguindo a linha da psicologia social, preocupando-se com o cuidado e a espiritualidade cristã. Descreve a mudança de época em que vivemos, na fidelidade ao Espírito, as formas de se pensar e repensar a identidade e a espiritualidade do presbítero. A mística do cuidado é o novo jeito de levar o Evangelho, em tempo de mudança de época em que nos encontramos. (vendas@editorasantuario.com.br)
2600. O Dom de uma Vida - Livro (pgs 128) de P. Ferdinando Mancílio em torno do missionário redentorista P. Vítor Coelho de Almeida. Após apresentar breves considerações sobre a vida e as palavras do servo de Deus, que trabalhou incessantemente até o dia anterior de sua morte, o autor faz um convite a rezar a partir da vida do servo de Deus P. Vítor Coelho, nascido em 22 de setembro de 1899 e falecido em 21 de julho de 1987, venerado principalmente pelo povo simples, a quem sempre dirigiu suas palavras. (vendas@editorasantuario.com.br)
2601. O Espírito sem rosto e sem voz - Livro (pgs 128) de Bernard Sesboüé, em que o autor apresenta a experiência original do envolvimento com a pessoa do Espírito Santo. E o faz enfocando nosso relacionamento com o Espírito e também com relação ao Pai e ao Filho de Deus. Teólogo jesuíta, professor de teologia e autor de obras clássicas do catolicismo, o autor apresenta brevemente a história e o desenvolvimento da teologia do Espírito Santo na Igreja. (vendas@editorasantuario.com.br)
2602. Revista Devotos Mirins - A edição de fevereiro/2012 (30 páginas, formato gibi; 63.500 exemplares) é da Campanha dos Devotos, do Santuário Nacional. Para o público infantil, apresenta como tema de capa e história em quadrinhos, “Alegria, alegria!”, em referência ao carnaval. Há matéria sobre férias escolares. Uma página fala do retorno às aulas. Traz correio do tijolinho, atividades divertidas, catequese, oração, fotos, desenho para colorir, cartinhas, jogo dos 7 erros, espaço para desenhar e colorir, caça-palavras, calendário do mês. (devotosmirins@santuarionacional.com)

Pe. Geraldo Rodrigues, CSSR

Reflexão do dia

As reflexões seguintes supõem que você
antes leu o texto evangélico indicado.


27 ─ Segunda-feira ─ S. Leandro de Sevilha, S. Valdomiro, S. Besas

Evangelho (Mt 25,31-46) “Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!”

Com parábolas Jesus tinha ensinado que devemos estar preparados para quando nos vier julgar. E quando fala desse julgamento, aponta apenas um critério, uma razão para sermos salvos ou condenados: o amor que tivermos demonstrado por ele. Não um amor de teoria ou de afeto, mas um amor efetivo por todos aqueles com os quais ele se identifica: os pobres, doentes, cativos...

Oração

Senhor Jesus, acho que ainda não estou pronto para me apresentar para o vosso julgamento. Tenho feito alguma coisa por meu próximo, mas é muito pouco. Ainda penso demais em mim mesmo e nos meus. Alargai meu coração, para que se abra a todos os necessitados. E não só isso. Ajudai-me a perceber as causas de tanto sofrimento, e a fazer o possível para que isso mude. Amém.

Pe. Flávio Cavalca de Castro, CSSR

Aniversariantes do dia


JOÃO DIMAS GONÇALVES de Santo André - SP

OTON HENRIQUE FREITAS de Eloi Mendes - MG

IRMÃO JOÃO CLEMENTINO NETO da Comunidade Irmão Bento - Potim que festeja 69 anos de idade

PADRE ÂNGELO SCHEMBERGER da Província de Campo Grande que festeja 67 anos de vida

DOM JOSÉ LUIZ MAJELLA DELGADO - Bispo de Jataí - GO que festeja 2 anos de Ordenação Episcopal


 
Parabéns a todos e que as bênçãos de Deus Pai sejam plenas e abundantes

Santos do dia

São festejados hoje: Leandro, Valdomiro, Basílio, Procópio, Honorina, Besas, Gabriel Possenti


São Gabriel de Nossa Senhora das Dores

No dia primeiro de março de 1838 recebeu o nome de Francisco Possenti, ao ser batizado em Assis, sua cidade natal. Quando sua mãe Inês Friscioti morreu, ele tinha quatro anos de idade e foi para a cidade de Espoleto onde estudou em instituição marista e Colégio Jesuíta, até aos dezoito anos. Isso porque, como seu pai Sante Possenti era governador do Estado Pontifício, precisava a mudar de residência com freqüência, sempre que suas funções se faziam necessárias em outro pólo católico.
Possuidor de um caráter jovial, sólida formação cristã e acadêmica, em 1856 ingressou na congregação da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, fundada por São Paulo da Cruz, ou seja, os Passionistas. Sua espiritualidade foi marcada fortemente pelo amor a Jesus Crucificado e a Virgem Dolorosa

Depois foi acolhido para o noviciado em Morrovalle, recebendo o hábito e assumindo o nome de Gabriel de Nossa Senhora das Dores, devido à sua grande devoção e admiração que nutria pela Virgem Dolorosa. Um ano após emitiu os votos religiosos e foi por um ano para a comunidade de Pievetorina para completar os estudos filosóficos. Em 1859 chegou para ficar um período com os confrades da Ilha do Grande Sasso. Foi a última etapa da sua peregrinação. Morreu aos vinte e quatro anos, de tuberculose, no dia 27 de fevereiro de 1862, nessa ilha da Itália.

As anotações deixadas por Gabriel de Nossa Senhora das Dores em um caderno que foi entregue a seu diretor espiritual, padre Norberto, haviam sido destruídas. Mas, restaram de Gabriel: uma coleção de pensamentos dos padres; cerca de 40 cartas testemunhando sua devoção à Nossa Senhora das Dores e um outro caderno, este com anotações de aula contendo dísticos latinos e poesias italianas.

Foi beatificado em 1908, e canonizado em 1920 pelo Papa Bento XV, que o declarou exemplo a ser seguido pela juventude dos nossos tempos.

São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, teve uma curta existência terrena, mas toda ela voltada para a caridade e evangelização, além de um trabalho social intenso que desenvolvia desde a adolescência. Foi declarado co-patrono da Ação Católica, pelo Papa Pio XI, em 1926 e padroeiro principal da região de Abruzzo, pelo Papa João XXIII, em 1959.

O Santuário de São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, é meta de incontáveis peregrinações e assistido pelos Passionistas, é um dos mais procurados da Itália e do mundo cristão. A figura atual deste Santo jovem, mais conhecido entre os devotos como o "Santo do Sorriso", caracteriza a genuína piedade cristã inserida nos nossos tempos e está conquistando cada dia mais o coração de muitos jovens, que se pautam no seu exemplo para ajudar o próximo e se ligar à Deus e à Virgem Mãeo dia primeiro de março de 1838 recebeu o nome de Francisco Possenti, ao ser batizado em Assis, sua cidade natal. Quando sua mãe Inês Friscioti morreu, ele tinha quatro anos de idade e foi para a cidade de Espoleto onde estudou em instituição marista e Colégio Jesuíta, até aos dezoito anos. Isso porque, como seu pai Sante Possenti era governador do Estado Pontifício, precisava a mudar de residência com freqüência, sempre que suas funções se faziam necessárias em outro pólo católico.

Possuidor de um caráter jovial, sólida formação cristã e acadêmica, em 1856 ingressou na congregação da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, fundada por São Paulo da Cruz, ou seja, os Passionistas. Sua espiritualidade foi marcada fortemente pelo amor a Jesus Crucificado e a Virgem Dolorosa

Depois foi acolhido para o noviciado em Morrovalle, recebendo o hábito e assumindo o nome de Gabriel de Nossa Senhora das Dores, devido à sua grande devoção e admiração que nutria pela Virgem Dolorosa. Um ano após emitiu os votos religiosos e foi por um ano para a comunidade de Pievetorina para completar os estudos filosóficos. Em 1859 chegou para ficar um período com os confrades da Ilha do Grande Sasso. Foi a última etapa da sua peregrinação. Morreu aos vinte e quatro anos, de tuberculose, no dia 27 de fevereiro de 1862, nessa ilha da Itália.

As anotações deixadas por Gabriel de Nossa Senhora das Dores em um caderno que foi entregue a seu diretor espiritual, padre Norberto, haviam sido destruídas. Mas, restaram de Gabriel: uma coleção de pensamentos dos padres; cerca de 40 cartas testemunhando sua devoção à Nossa Senhora das Dores e um outro caderno, este com anotações de aula contendo dísticos latinos e poesias italianas.

Foi beatificado em 1908, e canonizado em 1920 pelo Papa Bento XV, que o declarou exemplo a ser seguido pela juventude dos nossos tempos.

São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, teve uma curta existência terrena, mas toda ela voltada para a caridade e evangelização, além de um trabalho social intenso que desenvolvia desde a adolescência. Foi declarado co-patrono da Ação Católica, pelo Papa Pio XI, em 1926 e padroeiro principal da região de Abruzzo, pelo Papa João XXIII, em 1959.

O Santuário de São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, é meta de incontáveis peregrinações e assistido pelos Passionistas, é um dos mais procurados da Itália e do mundo cristão. A figura atual deste Santo jovem, mais conhecido entre os devotos como o "Santo do Sorriso", caracteriza a genuína piedade cristã inserida nos nossos tempos e está conquistando cada dia mais o coração de muitos jovens, que se pautam no seu exemplo para ajudar o próximo e se ligar à Deus e à Virgem Mãe
No dia primeiro de março de 1838 recebeu o nome de Francisco Possenti, ao ser batizado em Assis, sua cidade natal. Quando sua mãe Inês Friscioti morreu, ele tinha quatro anos de idade e foi para a cidade de Espoleto onde estudou em instituição marista e Colégio Jesuíta, até aos dezoito anos. Isso porque, como seu pai Sante Possenti era governador do Estado Pontifício, precisava mudar de residência com freqüência, sempre que suas funções se faziam necessárias em outro pólo católico.

Possuidor de um caráter jovial, sólida formação cristã e acadêmica, em 1856 ingressou na congregação da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, fundada por São Paulo da Cruz, ou seja, os Passionistas. Sua espiritualidade foi marcada fortemente pelo amor a Jesus Crucificado e a Virgem Dolorosa

Depois foi acolhido para o noviciado em Morrovalle, recebendo o hábito e assumindo o nome de Gabriel de Nossa Senhora das Dores, devido à sua grande devoção e admiração que nutria pela Virgem Dolorosa. Um ano após emitiu os votos religiosos e foi por um ano para a comunidade de Pievetorina para completar os estudos filosóficos. Em 1859 chegou para ficar um período com os confrades da Ilha do Grande Sasso. Foi a última etapa da sua peregrinação. Morreu aos vinte e quatro anos, de tuberculose, no dia 27 de fevereiro de 1862, nessa ilha da Itália.

As anotações deixadas por Gabriel de Nossa Senhora das Dores em um caderno que foi entregue a seu diretor espiritual, padre Norberto, haviam sido destruídas. Mas, restaram de Gabriel: uma coleção de pensamentos dos padres; cerca de 40 cartas testemunhando sua devoção à Nossa Senhora das Dores e um outro caderno, este com anotações de aula contendo dísticos latinos e poesias italianas.

Foi beatificado em 1908, e canonizado em 1920 pelo Papa Bento XV, que o declarou exemplo a ser seguido pela juventude dos nossos tempos.

São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, teve uma curta existência terrena, mas toda ela voltada para a caridade e evangelização, além de um trabalho social intenso que desenvolvia desde a adolescência. Foi declarado co-patrono da Ação Católica, pelo Papa Pio XI, em 1926 e padroeiro principal da região de Abruzzo, pelo Papa João XXIII, em 1959.

O Santuário de São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, é meta de incontáveis peregrinações e assistido pelos Passionistas, é um dos mais procurados da Itália e do mundo cristão. A figura atual deste Santo jovem, mais conhecido entre os devotos como o "Santo do Sorriso", caracteriza a genuína piedade cristã inserida nos nossos tempos e está conquistando cada dia mais o coração de muitos jovens, que se pautam no seu exemplo para ajudar o próximo e se ligar à Deus e à Virgem Mãe

26 de fevereiro de 2012

PPS ESPECIAL



1º Domingo da Quaresma - Ano B
Mc 1, 12-15:

Jesus deixou-se tentar pelo Demônio, ensinando-nos a vencer as tentações.
Elas surgem em nossa vida para provar nossa fidelidade.
Mas o Senhor não permite que sejamos tentados acima de nossas forças.
Clic:
http://www.aparecidadasaguas.com.br/?c=134&conteudo=1369&Quaresma - Ano B

Uma santa caminhada quaresmal a todos.
P. Geraldo Rodrigues.
========
Para receber nossas mensagens diárias é necessário que os interessados se cadastrem em nosso grupo, no Yahoo. Caso alguém não deseje receber nossos emails e por algum lapso está incluído em nosso cadastro, basta nos alertar que cancelaremos.
Se nossos boletins lhe agradam, indique-os PARA SUA LISTA DE CONTATOS. ISTO TAMBÉM É FAZER APOSTOLADO. INSTRUA A:
CLICAR NO ENDEREÇO ABAIXO E ENVIAR UM E-MAIL (PODE SER EM BRANCO) PARA:
aparecidadasaguas-subscribe@yahoogrupos.com.br a partir daí, siga os procedimentos solicitados e bem vindo ao Grupo Vivências.


Quem colabora com a evangelização
tem a mesma recompensa de quem evangeliza!
Participe. Sua presença é alegria!
Seu papel insubstituível!