CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA NA VOZ DO PADRE VITOR COELHO CSsR

Ó MARIA SANTÍSSIMA, PELOS MÉRITOS DO SENHOR JESUS CRISTO QUE EM VOSSA IMAGEM MILAGROSA DE APARECIDA ESPALHAIS INÚMEROS BENEFÍCIOS SOBRE O BRASIL, EU, EMBORA INDIGNO DE PERTENCER AO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS, MAS DESEJANDO PARTICIPAR DOS BENEFÍCIOS DA VOSSA MISERICÓRDIA, PROSTRADO A VOSSOS PÉS, CONSAGRO-VOS O ENTENDIMENTO, PARA QUE SEMPRE PENSE NO AMOR QUE MERECEIS. CONSAGRO-VOS A LÍNGUA, PARA QUE SEMPRE VOS LOUVE E PROPAGUE A VOSSA DEVOÇÃO.CONSAGRO-VOS O CORAÇÃO, PARA QUE, DEPOIS DE DEUS, VOS AME SOBRE TODAS AS COUSAS.RECEBEI-NOS, Ó RAINHA INCOMPARÁVEL, QUE NOSSO CRISTO CRUCIFICADO DEU-NOS POR MÃE, NO DITOSO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS. ACOLHEI-NOS DEBAIXO DA VOSSA PROTEÇÃO. SOCORREI-NOS EM NOSSAS NECESSIDADES ESPIRITUAIS E TEMPORAIS E, SOBRETUDO, NA HORA DA NOSSA MORTE. ABENÇOAI-NOS Ó MÃE CELESTIAL, E COM VOSSA PODEROSA INTERCESSÃO FORTALECEI-NOS EM NOSSA FRAQUEZA, A FIM DE QUE, SERVINDO-VOS FIELMENTE NESTA VIDA, POSSAMOS LOUVAR-VOS, AMAR-VOS E RENDER-VOS GRAÇAS NO CÉU, POR TODA A ETERNIDADE. ASSIM SEJA! ...PELA INTERCESSÃO DE NOSSA SENHORA APARECIDA, RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL, A BÊNÇÃO DE DEUS ONIPOTENTE, PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO, DESÇA SOBRE VÓS E PERMANEÇA SEMPRE.AMÉM!
PRÓXIMOS EVENTOS (Todos estão convidados)





ÁGAPE MENSAL
11 - fevereiro - 2017


MAIO - 2017
De 03 a 11 - Viagem / Peregrinação a Portugal
De 20 a 21 - 7º ERESER CAMPINAS
De 15 a 30 - 2ª Missão UNESER em Rondônia

JUNHO - 2017
De 17 a 18 - 2º ERESER CAMPINAS

JULHO - 2017

De 05 a 15 - 3ª Peregrinação a Pé Caminho da Fé
De 14 a 16 - 37º ERESER PROVÍNCIA RIO/MINAS/ES
De 21 a 23 - 22º ENESER - APARECIDA

SETEMBRO - 2017
De 01 a 03 - 5º ERESER VICE PROVÍNCIA MANAUS

OUTUBRO - 2017

Dia 07 - ERESER NA NOVENA DE APARECIDA
Dia 21 - 11º ERESER MAIRINQUE

NOVEMBRO - 2017
De 12 a 15 - 7º ERESER PROVÍNCIA DE CAMPO GRANDE


XIII RETIRO
De 02 a 04 de fevereiro de 2018
Local: Pedrinha (a ser confirmado)




SOM NO BLOG

QUANDO QUISER ASSISTIR ALGUM VÍDEO DO BLOG, VÁ ATÉ À "RÁDIO UNESER INTERATIVA" (caixa à direita do blog) E CLIQUE NO BOTÃO DE PAUSA (II).
APÓS ASSISTIR O VÍDEO, CLIQUE NO MESMO BOTÃO (PLAY) PARA CONTINUAR OUVINDO A RÁDIO.

30 de novembro de 2010

Bispos devem emitir juízo moral em matéria de política, reitera o Papa Bento XVI

Defender a vida e a família, e anunciar nos meios a verdade, exortou o Pontífice.


.- Ao receber esta manhã a um grupo de Bispos das Filipinas ao final de sua visita "ad limina", o Papa Bento XVI reiterou, como disse no último 28 de outubro a um grupo de prelados da CNBB, que os bispos têm o dever de "emitir um juízo moral também sobre coisas que afetam a ordem política, quando o exigirem os direitos humanos fundamentais da pessoa ou a salvação das almas".
Em seu discurso em inglês, o Santo Padre explicou que "a Igreja sempre deve tratar de encontrar sua voz própria, porque é a proclamação o que faz que o Evangelho dê frutos que mudem a vida. Graças à clara apresentação do Evangelho da verdade sobre Deus e o homem, gerações de filipinos, religiosos e leigos, promoveram uma ordem social cada vez mais justa".
Às vezes, continuou o Papa, "essa missão de proclamação corresponde também a questões pertinentes à esfera política. Não é motivo de surpresa, já que a comunidade política e a Igreja, embora justamente separadas, estão ao serviço do desenvolvimento integral de cada ser humano e da sociedade em seu conjunto".
"Ao mesmo tempo, o dever profético da Igreja requer que seja livre para pregar a fé, ensinar sua doutrina social e emitir um juízo moral também sobre coisas que afetam a ordem política, quando o exigirem os direitos humanos fundamentais da pessoa ou a salvação das almas", acrescentou.
Para esta tarefa, o Papa pediu à "Igreja em Filipinas que busque desempenhar seu papel em favor da vida humana da concepção até a morte natural, e em defesa da integridade do matrimônio e da família".
"Nestes âmbitos promovem verdades sobre a pessoa humana e a sociedade que se derivam não só da revelação divina, mas também da lei natural, uma ordem que é acessível à razão humana e portanto proporciona uma base para o diálogo e para o discernimento mais profundo por parte de todas as pessoas de boa vontade. Do mesmo modo, avaliação o trabalho da Igreja para abolir a pena de morte em seu país".
Uma área específica onde a Igreja sempre deve encontrar sua voz própria "é a da comunicação social e os meios de informação. É importante que os leigos católicos peritos nas comunicações sociais ocupem o lugar que lhes corresponde para propor a mensagem cristã de uma maneira convincente e atrativa. Se o Evangelho de Cristo quer ser levedura da sociedade filipina, toda a comunidade católica deve prestar atenção à força da verdade proclamada com amor".
O Papa Bento XVI exortou os bispos filipinos a "proclamar a palavra de Deus que dá vida", ressaltando a tarefa da Igreja em "seu compromisso com as preocupações econômicas e sociais, em particular com respeito aos mais pobres e fracos da sociedade".
Embora seja "alentador ver que este compromisso deu seus frutos, graças à participação ativa das instituições católicas de caridade de todo o país", no entanto "muitos cidadãos ainda seguem sem emprego, e sem a educação ou os serviços básicos adequados", disse o Santo Padre.
Finalmente o Papa elogiou os esforços dos bispos das Filipinas, sublinhando deste modo seu "compromisso permanente na luta contra a corrupção, conscientes de que o crescimento de uma economia justa e sustentável só será obtido quando houver uma aplicação clara e coerente do Estado de Direito em todo o país".

NOSSO BLOG HÁ UM ANO- 30/11/2009

CLICAR SOBRE OS LINK's

E
NA SETA DE RETORNO PARA VOLTAR

VIVÊNCIAS DE PERTO @ DE LONGE


Nº 0154 30/11/2010
0683. Evangelho de terça-feira (30-11-2010) - 1ª leit Rm 10, 9-18; Sl 18; Mt 4, 18-22 - Andando à beira do mar da Galileia, Jesus viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores. Jesus disse a eles: “Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens”. Eles imediatamente deixaram as redes e o seguiram. Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam na barca com seu pai Zebedeu, consertando as redes. Jesus os chamou eles deixaram a barca e o pai, e o seguiram.

Recadinho: Celebrando hoje a festa de Santo André, o Evangelho fala-nos de Jesus que, interrompendo as atividades de André, chama-o para segui-lo. Será pescador de homens! Cristo nos chama. Quer que entendamos sua mensagem, que o sigamos, numa vida de serviço. Ele olha para nós e convida cada um para uma missão. Felizes seremos se formos fiéis ao chamado, seja ele de que natureza for!
0684. O que vai pelo mundo! - Nova Zelândia - Em 25 de novembro/10, as autoridades declararam oficialmente que nenhum contato se conseguiu com os trabalhadores da mina, em uma montanha da costa oeste da ilha sul da Nova Zelândia. Foram duas explosões, devidas ao acúmulo de gás metano. Os 29 mineiros, que estavam dentro da mina de carvão Pike River, em Greymouth, foram declarados mortos. O desfecho do caso deixou a Nova Zelândia de luto. A tragédia ocorreu um mês depois do resgate bem-sucedido dos 33 chilenos que ficaram isolados após a explosão de uma mina no norte do Chile. O governo do Chile chegou a oferecer ajuda aos técnicos da Nova Zelândia.
Desde a década de 60, a Nova Zelândia não tinha um acidente tão grave com minas. Uma outra empresa mineira, a Solid Energy, suspendeu as operações em duas minas subterrâneas em sinal de respeito. O metano é um gás derivado do carvão. Uma fogueira na mina terá sido suficiente para produzir esses gases tóxicos e servir como fonte de ignição.
0685. O que vai pelo mundo! 02 - Camboja - Na noite do dia 22 de novembro/10, aproximadamente dois milhões de pessoas estiveram numa ponte de Phnom Penh, capital do Camboja, durante as celebrações do fim do Festival da Água. O festival anual, um dos maiores e mais exuberantes do Camboja, nas margens do rio Tonle Sap, dura três dias e marca a inversão do fluxo entre os rios Tonle Sap e Mekong. O povo se reuniu para participar das regatas, de shows e assistir a queima de fogos de artifício. Com o desmaio de algumas pessoas em meio à multidão que ocupava a ponte, teve início um tumulto: algumas foram pisoteadas e outras jogadas para fora da ponte. Muitos se lançaram às águas do rio, para evitar serem esmagados pela multidão. Pelo menos 378 pessoas morreram, nesta que foi a maio tragédia do país desde os massacres do regime Khmer Vermelho, na década de 70.
0686. O que vai pelo mundo! 03 - Haiti: eleições em meio à cólera - A epidemia de cólera que afeta o Haiti já matou 1.344 pessoas e mais de 57 mil já foram hospitalizadas! “Vendo como a bactéria vem se comportando nesse ambiente, vendo o quão pobres e famintas estão essas pessoas, nós sabemos que os números vão aumentar’, disse Nyka Alexander, porta-voz da Organização Mundial da Saúde. As condições do país agravam a situação: “falta de água tratada, falta de saneamento básico, banheiros, desnutrição e o baixo acesso a clínicas e hospitais”. A ONU (Organização das Nações Unidas) informou que o país recebeu apenas 10% dos US$ 164 milhões necessários para, entre outros, pagar médicos treinados e “veículos para transportar corpos”, disse Alexander.
Domingo, dia 28, os 4,7 milhões de eleitores haitianos tentaram votar para eleger um novo presidente, 99 integrantes da Câmara (que ruiu no terremoto de janeiro, às vésperas da votação que definiria seus ocupantes) e 11 dos 30 membros do Senado. Além da epidemia e como conseqüência dela, o Haiti sofre as consequências do terremoto devastador de janeiro/10. O vencedor das eleições será o protagonista de algo inédito no Haiti: uma sucessão democrática! A história do país caribenho é marcada pela derrubada de 23 presidentes! Três foram assassinados, sem falar em 8 que morreram no poder, incluindo um suicida. Os haitianos tiveram dificuldades para votar, não conseguindo encontrar suas zonas eleitorais, e dos 18 candidatos, 12 pedem anulação da eleição. O resultado deve ser conhecido dia 7 de dezembro. Se nenhum candidato tiver mais da metade dos votos, haverá segundo turno dia 16 de janeiro.

PADRE JOSÉ GERALDO RODRIGUES CSsR







Recomende este site aos seus amigos:
Envie mensagem para:

ATUALIDADES DE ONTEM DO C.Ss.R.REDEMPTOR - MATRIMÔNIO SACRAMENTO DO AMOR (3)

PADRE LUÍS KIRCHNER CSsR

Fala-se muito hoje em dia sobre separações e divórcios, casamentos gay, infidelidades matrimoniais etc. É uma pena, pois a união conjugal não somente é uma instituição natural, mas por Cristo, pelo Sacramento do Matrimonio, tornou-se uma grande fonte de graça para a santificação e salvação dos casais e da família. Com todas as tensões, estresses, conflitos que a vida familiar pode trazer, os membros precisam de uma ajuda extra para enfrentar e superar reações negativas.

O casamento católico é muito mais do que um contrato, com uma visão meramente jurídica: parceiros competentes, matéria apta, a intenção correta, capacidade de cumprir as cláusulas do contrato e assinatura. A união conjugal, com os filhos, é o meio normal que ensina os homens e as mulheres a amar; a sepultar seus instintos egoístas e a ser generosos; a promover o bem do outro e fazer sacrifícios e renúncias em nome de um amor mais profundo, que representa o amor eterno de Deus para conosco. Por esta razão, chamamos este sacramento de Sacramento do Amor. Matrimonio é aliança, um termo bíblico que Deus usa para descrever seu carinho e seu vínculo eterno com a humanidade. A união matrimonial tem como finalidade o amor celebrado, e é uma expressão de uma abertura à vida. Entra em jogo a dimensão unitativa, que dura toda uma vida. Matrimonio não pode ser por um dia só, nem somente por dez anos. Tem um elemento importante, o conceito de indissolubilidade como sinal da permanência. É mais que uma categoria legal, faz parte do Mistério de Deus.

Como escola de amor, o casamento ensina as quatro dimensões do amor:

1. PATERNAL - o filho não pediu nascer. Foi trazido como sinal de amor entre seus pais. Esse tipo de amor ensina-nos gratuidade. O filho não fez nada. É bondade pura dos pais, que assumem todo o trabalho de não somente dar vida mas criar e cuidar do filho durante vinte anos ou mais. Não é somente o dinheiro e a parte financeira envolvida, mas as preocupações e esforços que esse amor representa. Doa-se, não esperando nada em troco.

2. FILIAL. Diante da generosidade dos pais, o bom filho sente uma enorme gratidão para com os pais que lhe deram a vida, fazendo muitos sacrifícios pessoais a fim de sustentá-lo. Não é uma obrigação. Mas um desejo e sentimento que leva o filho querer agradecer tanto carinho e afeto. Ninguém é independente. Precisa dos outros para sobreviver.

3. FRATERNAL. Dentro da natureza humana, não santificada nem transformada pela graça de Deus, existe o egoísmo, que pensa só em si. Coitado do filho único, sem irmão. Os outros ensinam virtudes como a partilha dos bens. Esse amor ensina serviço. Não sou o centro do universo. Vivo em função dos outros. Se irmãos têm a tendência de brigar entre si, existe também o instinto natural de defesa do irmão quando atacado por outros de fora do seio familiar. Todos se unem numa defesa comum. Por extensão, esse amor ensina que todos nós somos membros de uma grande família internacional, todos responsáveis uns pelos outros. Ninguém é uma ilha, à parte.

4. CONJUGAL. A Aliança que Deus fez com a humanidade é permanente. Sobrevive às nossas infidelidades e pecados. O amor entre pai e mãe mostra aos filhos que o amor é fidelidade, na saúde e na doença, na riqueza ou na pobreza, nos bons tempos e nos ruins, todos os dias de nossa vida. A minha avó disse-me uma vez: “Luis, se um casal diz que nunca brigou, está mentindo!”. É o amor conjugal que ajuda os cônjuges a superar as feridas e as falhas, as tristezas e as decepções. Nos dias da chuva fria, ou nos dias brilhantes de sol e alegria, o amor conjugal é o grude que sela a união e ensina que certos compromissos são para sempre, não sujeitos aos sentimentos e emoções da hora.

Que Cristo abençoe todos os casais com a alegria que ele permitiu.

Se você conhece um casal católico não casado na igreja, sem o Sacramento do Matrimonio, faça uma catequese sobre a beleza e riqueza desse grande Sacramento do Amor.

DO SITE BOLETIM DO PADRE PELÁGIO - (PADRE CLÓVIS CSsR)

30 DE NOVEMBRO - SANTOS DO DIA

CATEQUIZAVA DO ALTO DA CRUZ

Foi o apóstolo Santo André. Um dia André e João ouviram falar de Jesus e foram até ele. Mas não sabiam como iniciar o diálogo. Meio acanhados, perguntaram: Mestre, onde moras? Vinde e vede, respondeu.
Andaram com Jesus o dia inteiro. Ouviram e viram tanta coisa, que ficaram fascinados por ele.
André foi um dos primeiros discípulos de Jesus e um dos doze. Impetuoso e pronto como seu irmão Simão Pedro, após ouvir o apelo de Jesus “Ide pelo mundo, pregai o Evangelho a toda a criatura...” abalou-se logo para a Grécia, o Curdistão e a Geórgia.
Pagou com o sangue sua fidelidade ao Mestre, por quem se apaixonara desde jovem. O instrumento do seu martírio foi uma cruz em forma de X. Dizem que transformou a cruz em púlpito, anunciando Jesus até morrer. Chegando ao céu, terá acrescentado:
- Agora sim, encontrei o Messias e ... para sempre.


Outros santos para este dia

- Troiano; - Justina; Zósimo – Monge libanês do séc. V.Taumaturgo.


Oração para este fim de novembro

Senhor, há tanta gente em quem não posso acreditar:
Nos poderosos que oprimem os povos. . .
Nos patrões que exploram seus empregados. . .
Nos cristãos que dão contra testemunho. . .
No homem egoísta e soberbo, hedonista e perverso...
Nos partidos políticos que procuram seu próprio interesse. . .
Tu somente, tens palavras de vida eterna.
Que todos te conheçam e te sigam. Amém!

PADRE CLÓVIS DE JESUS BOVO CSsR
Recomende este site aos seus amigos:

LIÇÕES DE VIDA - A RAPOSA E A CEGONHA

PADRE CLÓVIS DE JESUS BOVO CSsR

A RAPOSA E A CEGONHA


A raposa convidou sua amiga cegonha para um almoço. Serviu-lhe papas num prato raso. O bico comprido impedia a cegonha de saborear a iguaria, enquanto a raposa se regalava.

Dias depois a cegonha quis retribuir a “gentileza” e convidou a raposa para um jantar. Serviu picadinhos saborosos num vaso de gargalo comprido e estreito.

Enquanto a cegonha se divertia com os petiscos, a raposa teve de contentar-se com as migalhas que escapavam do bico da sua “mui” amiga.

Palavra de vida: Não pagueis o mal com o mal. – Por outro lado procure viver com os da sua escala social se quiser viver sem constrangimento.

REFLETINDO A PALAVRA Nº 451

Pe.Luiz Carlos de Oliveira CSsR

“Sacramento, encontro de pessoas”

184. Cristo, Sacramento do Pai

Os sacramentos não são coisas, são a salvação que acontece em um encontro de Cristo com cada pessoa. É um rito que torna visível o encontro redentor de Cristo naquele que O busca. O fundamental é a pessoa e não o rito. Jesus fez visível o Pai e nos colocou em contato com Ele. Ele diz: “Filipe, quem me vê, vê o Pai” (Jo 14,9). Por Ele vamos ao Pai, como diz também: “Ninguém vai ao Pai senão por mim” (Jo 14,6). “Ninguém conhece o Pai senão aquele a quem o Filho O revelar” (Mt 11,27). Os discípulos puderam realizar esse encontro com o Sacramento Vivo, Jesus. Ele é a redenção em pessoa. Jesus deixou a Igreja como seu sacramento. E a Igreja realiza essa sua missão de ser sacramento, através dos sacramentos. Em cada sacramento a Igreja oferece à pessoa o encontro com Cristo. Os sacramentos são um rito que se realiza na Pessoa de Cristo. É com Ele que nos encontramos. O efeito do sacramento perde muito de sua força porque, tanto quem celebra como quem recebe, não passam do gesto ritual. Cristo não é um rito a ser executado, ou um papel a ser lido, mas é uma Pessoa a ser encontrada. Infelizmente perdeu-se muito a dimensão de encontro com Deus que o sacramento realiza. Os sacramentos são o caminho normal para o encontro com Deus em Cristo.
185. Momentos significativos
A espiritualidade que procuramos viver consiste em deixar que a ação sacramental atravesse e penetre nossa vida com a vida de Deus. Vida de Deus é a santidade. Os sacramentos estão presentes em todas as etapas de nossa vida, a partir dos momentos significativos. Esses momentos são as etapas de nossa vida. A cada etapa fundamental há um sacramento. Deus quer estar conosco nessas etapas e o faz através dos sacramentos: nascimento (batismo), crescimento (crisma), vida social (eucaristia), erro (penitência), casamento (matrimônio), serviço fraterno (ordenação da comunidade - ordenação sacerdotal), doença e morte (unção). Esses momentos são a oportunidade de um encontro significativo com Cristo que marca a etapa da vida tornando-a momento de salvação. Encontro de salvação é acolher a vida de Cristo em nós e ser acolhido por Cristo, como ramo enxertado em um tronco, como nos escreve S. João (15,1ss). É fazer parte do rebanho (Jo 10,27). É estar com Ele como discípulos (Mc 3,14). Nesse momento significativo Cristo toma posse de nossa vida e ela é orientada por Ele. Isso é caminho de espiritualidade.
186. Vida redimida
A partir dos momentos que marcam nossa vida, momentos significativos, temos um encontro significativo em Cristo. O caminho da espiritualidade é viver essas etapas da vida como redenção. Vivo o batismo, o que significa, vivo Cristo em mim sempre. Vivo a Eucaristia como união a Cristo que se expressa na união aos irmãos. Vivo a penitência como atitude de volta a Cristo na busca da conversão permanente. Vivo o matrimônio como realização da entrega a Cristo na entrega mútua. Vivo o sacerdócio como permanente serviço a Cristo e aos irmãos, sendo o Cristo que lava os pés dos discípulos. Vivo a unção dos enfermos vivendo a fragilidade da doença e da morte como participação na morte de Cristo. Assim a vida se torna redimida pelo permanente encontro com Cristo.

FELIZ ANIVERSÁRIO !


Aniversariantes do dia:

DOMINGOS GERALDO DOS SANTOS Turma de 1976 de Cachoeira Paulista




PADRE JOSÉ ROBERTO LUCIANO que comemora 14 anos de Ordenação Sacerdotal


Parabéns aos dois e que as alegrias deste dia se repitam durante suas existências!

ORAÇÃO DA MANHÃ - DEUS EM MINHA CASA - 30 DE NOVEMBRO

PADRE FLÁVIO CAVALCA DE CASTRO CSsR
UM JEITO FÁCIL DE ORAR  
Todos já descobrimos há muito tempo o jeito fácil de orar que é a devoção do Santo Rosário ou do Terço. Simples, fácil, envolvente e muito boa para a oração comunitária. O simples repetir as mesmas palavras pode ajudar-nos a fixar nossa atenção e nosso afeto em Deus. Mas pode também nos prender à repetição apenas mecânica de palavras, perigo que não é tão difícil de evitar.
Se quisermos dar um passo a mais em nossa oração, podemos fazer a contemplação das várias etapas da vida de Jesus e de Maria. Contemplar é olhar demoradamente para alguém ou para alguma coisa. Não apenas olhar: mas examinar os pormenores, os matizes, os lados da realidade que só percebe-mos aos poucos. Não apenas pensar: mas saborear a ideia, lembrar detalhes do acontecimento, procurar seu senti-do, tirar conclusões. E a partir disso começar um diálogo conosco mesmos, com o Pai, o Espírito, com Jesus, o Filho de Deus, com Maria... E por que na recitação comunitária não abrir um espaço para a partilha entre os que estão orando?
 Oração da manhã para todos os dias
Senhor meu Deus, mais um dia está começando. Agradeço a vida que se renova para mim, os trabalhos que me esperam, as alegrias e também os pequenos dissabores que nunca faltam. Que tudo quanto viverei hoje sirva para me aproximar de vós e dos que estão ao meu redor.
Creio em vós, Senhor. Eu vos amo e tudo espero de vossa bondade.
Fazei de mim uma bênção para todos que eu encontrar. Amém.

30 de novembro


SANTO ANDRÉ, APÓSTOLO


Evangelho (Mt 4,18-22) “Jesus disse a eles: ‘Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens’. Eles imediatamente deixaram as redes e o seguiram.”

Para aqueles quatro homens o dia prometia ser igual a todos os outros. Iriam sair com as barcas, lançar as redes, vender os peixes. Tudo, porém, foi diferente porque Jesus veio a sua procura. Não veio ao acaso, sabia quem estava procurando. Admirável a sedução do convite do Mestre, impressionante a prontidão daqueles jovens que deixaram tudo para o seguir, sem pedir explicações.

Oração
Senhor, alegro-me com a prontidão desses quatro homens. Deixaram tudo para vos ajudar a mudar o mundo. Continuai chamando muita gente para vos seguir e ajudar na redenção. Dai aos chamados prontidão, coragem e alegria. Que não se deixem abater pelo desânimo, nem se rendam à desesperança, mas sejam para todos nós manifestação de vossa bondade e amor. Amém.

PEDIDO DO SUPERIOR GERAL PE. MICHAEL BREHL


29 de novembro de 2010

Caros Confrades, Irmãs, Associados e Amigos,

     Como vocês todos sabem, este está sendo um ano muito difícil para o povo do Haiti. Em Janeiro, um terremoto devastou a região de Porto Príncipe, e o processo de reconstrução caminha muito devagar. Muitas pessoas ainda estão vivendo em tendas e abrigos improvisados. Nos últimos meses, furacões e tempestades trouxeram ulteriores danos e sofrimentos. Agora, a epidemia de cólera está se espalhando e causando ainda mais sofrimento e dor.

     Em 1882, o povo do Haiti rezou a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro pedindo que viesse em seu auxílio durante uma epidemia de varíola. Suas preces foram ouvidas e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro tornou-se a padroeira do Haiti. Aproximando-se o dia 8 de dezembro, solenidade da Imaculada Conceição, os Bispos do Haiti estão pedindo um tempo de oração concentrada e fervorosa a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, para que venha ajudar o País nesta grave crise da epidemia de cólera em curso.

     Em comunhão com os Bispos do Haiti, com os nossos confrades Redentoristas, com as Irmãs Redentoristas do Haiti e com todas as pessoas que sofrem no País, peço a todos os Redentoristas, às Irmãs Redentoristas, aos leigos associados e aos nossos amigos para participarem deste momento de concentrada e ardente oração. Peço que todas as igrejas, santuários e comunidades redentoristas se lembrem desta intenção de modo especial durante a novena em preparação para a o dia da Imaculada Conceição. Como temos apoiado o povo do Haiti através de nossas doações, vamos apoiá-lo também mediante uma Grande comunhão de oração e solidariedade, que abraça o mundo inteiro.

     Ó Mãe do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

     No Cristo Redentor,
Pe. Michael Brehl, CSsR.

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

“Ó Mãe do Perpétuo Socorro, o vosso simples Nome inspira confiança.
Vimos até vós em nossa necessidade e pedimos vosso auxílio.
Vós sois a Grande Padroeira do povo do Haiti.
Neste momento de aflição, em solidariedade com nossos irmãos e irmãs,
Imploramos o fim da epidemia de cólera que atormenta vossos filhos.
Levai-lhes saúde, conforto e Paz.
Sustentai-os nesta hora de aflição.
Ajudai-os a sentir a presença do Deus-conosco,
O Emanuel, vosso Filho e nosso Redentor.”
FONTE: Boletim "Scalla"


29 de novembro de 2010

NOSSO BLOG HÁ UM ANO- 29/11/2009

CLICAR SOBRE OS LINK's

E
NA SETA DE RETORNO PARA VOLTAR

VIVÊNCIAS DE PERTO @ DE LONGE


Nº 0153 29/11/2010
0676. Evangelho de segunda-feira (29-11-2010) - 1ª leit Is 2, 1-5 (ou Is 4, 2-6); Sl 121; Mt 8, 5-11 - Quando Jesus entrou em Carfanaum, um oficial romano aproximou-se dele, suplicando: “Senhor, o meu empregado está de cama, lá em casa, sofrendo terrivelmente com uma paralisia”. Jesus respondeu: “Vou curá-lo”. O oficial disse: “Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dize uma só palavra e o meu empregado ficará curado. Pois eu também sou subordinado e tenho soldados sob minhas ordens. E digo a um: ‘Vai!, e ele vai; e a outro: ‘Vem!, e ele vem; e digo a meu escravo: ‘Faze isto!, e ele o faz”. Quando ouviu isso, Jesus ficou admirado, e disse aos que o seguiam: “Em verdade, vos digo: nunca encontrei em Israel alguém que tivesse tanta fé. Muitos virão do Oriente e do Ocidente, e se sentarão à mesa no Reino, junto com Abraão, Isaac e Jacó”.

Recadinho: Será que posso dizer que sou um ‘oficial romano’ dos tempos de hoje?... Pecador, indigno, necessitado da graça de Deus! Se minha fé for de fato verdadeira, Cristo poderá vir em meu auxílio. Ele me acolhe. O soldado romano reconheceu Jesus! Mas são muitos os que não o querem reconhecer. Que eu o queira sempre presente em minha vida.
0677. “Deus e o Alcance da Razão” - Livro (pgs 288) de Erik J. Wielenberg, que trata do pensamento de C. S. Lewis, David Hume e Bertand Russell. O mais considerado na obra é Lewis, e Hume muito próximo a ele. A obra trata destes três grandes pensadores, esclarecendo as concepções de cada um e a qualidade de seus argumentos. Diz o autor que sua obra pretende estudar estes grandes pensadores “não somente para aprender sobre eles, senão também aprender a partir deles”. O livro se divide em quatro partes fundamentais: O amor de Deus e o sofrimento da humanidade, Para além da natureza, Milagres e Fé, desígnio e a verdadeira religião. (vendas@ideiaseletras.com.br).
0678. “Novena de Natal 2010” - Em formato de bolso, a Associação do Senhor Jesus apresenta um livrinho com os textos da mesma novena que será transmitida pela TV Século 21, de 15 a 23 de dezembro/10, às 18h45, com reprise às 12h30. (Contato: tel (19) 3871 9620).
0679. “Ecos Marianos 2011, Almanaque de N. Sra. Aparecida 2011” - Em formato de livro (pgs 168), trata-se de uma publicação anual tradicional que há 84 anos evangeliza, colocando em destaque o calendário do ano, datas principais, efemérides e uma grande série de informações, principalmente voltadas para o Santuário Nacional de Aparecida (SP). Traz de tudo um pouco. (vendas@editorasantuario.com.br).
0680. “Agenda Bem-vindo Romeiro 2011” - Agenda para o ano que traz uma página para cada dia, dividida em duas partes: o Evangelho do dia seguido de comentário. Apresenta também um breve pensamento bíblico, os santos do dia e as leituras bíblicas para a Eucaristia. Trata-se da tradicional agenda da Editora Ave-Maria, com acréscimos voltados para o programa da TV Aparecida, especificamente para os romeiros. (Contato: tel 0300 1 10 12 10).
0681. “Agenda Canção Nova 2011” - Agenda com o objetivo principal de divulgar os mais de 30 anos de história da Comunidade Canção Nova e seu sistema de Comunicação. Com pouco texto e muito espaço para anotações, traz a indicação das leituras para a Eucaristia e um pensamento diário e, no final, um quadro litúrgico com as indicações das leituras bíblicas do ano todo. (Contato: tel (12) 3186 2600).
0682. “Agenda Litúrgica e Pastoral 2011” - Da CNBB, traz o calendário do ano com liturgia diária, santos do dia, datas comemorativas e principais eventos da Igreja. Disponível em três versões de acabamento (clássico capa dura, capa de cristal brochura, espiral capa dura), pode também ser personalizada, inclusive com possibilidade de acréscimo de encarte especial de 8 a 48 páginas. (vendas@edicoescnbb.com.br).
APOIO: Toldos Paraíso - em lona ou chapa de policarbonato - placas - faixas - luminosos - banners - adesivos
Tel (35) 3651 2745 - toldosparaiso@hotmail.com - Rua José Caetano da Costa, 26 - Paraisópolis (MG)

PADRE JOSÉ GERALDO RODRIGUES CSsR









Recomende este site aos seus amigos:
Envie mensagem para:

ATUALIDADES DE ONTEM DO C.Ss.R.REDEMPTOR - MATRIMONIO SACRAMENTO DO AMOR (2)

PADRE LUÍS KICHNER CSsR

O Sacramento de Matrimonio é uma grande escola que nos ensina amar, servir, se doar em função do outro, acabando com o nosso egoísmo e orgulho. Uma maneira para pensar sobre o natureza de Deus é vê-lo como Família. Existe nele fidelidade, intimidade, permanecia e comunhão. Estas virtudes fazem parte de cada casal e família pelo Sacramento do Matrimonio. Existem, pelo menos, quatro aspectos neste Sacramento:

1. SOCIAL. Não se casa para encontrar felicidade. Casa-se para fazer alguém ser feliz. A união conjugal não existe somente, apenas para o bem dos cônjuges. Estatísticas recentes apontam o fato que os jovens de hoje estão casando mais em função de si mesmos. Deste jeito, qualquer idéia de doação e de passar o resto da vida aprendendo a servir e promover o bem estar de outras pessoas ainda é um ideal longe da realidade. É verdade que cada cônjuge escolhe seu par, mas a finalidade deste amor e união vai além dos dois. A união conjugal abre cada um para um amor maior, mais abragente.

2. EMOCIONAL. Quem não ama é animal, bicho. É viver sem sentido. O verdadeiro prazer da vida vem através da entregue de si ao outro. O bom casamento e a vida familiar completa o que falta em cada pessoa humana. Os gregos criaram um mito segundo o qual os deuses tinham punido a humanidade, dividindo as pessoas em duas partes. O ser humano era infeliz, andando até encontrar a sua cara metade. Como é fantástico sentir-nos amados, ter alguém que quer o nosso bem.

3. É POR SI SEXUAL. A comunicação mais completa e total que acontece durante esta vida está no abraço sexual. Não é por nada que a Bíblia diz que o homem “conhece” sua esposa. Não é apenas uma penetração biológica ou física (o estupro é um ato de violência e dominação). O ato sexual feito com amor é uma previa do abraço eterno da Santíssima Trindade, que nos receberá em seu seio, que nos penetra com todo o seu carinho. O sexo feito como manda o divino figurino é o que mais revela o prazer e alegria do paraíso.

4. ESPIRITUAL. Não foi o Diabo que criou a sexualidade. É um dom de Deus. Como receber o Corpo de Cristo na Comunhão nos dá as graças de Deus, ao receber o corpo do outro, oferecendo o seu próprio corpo como presente de amor, o casal recebe as graças de Deus também. Na Cruz Cristo ofereceu a sua vida para salvar a humanidade. No Sacramento do Matrimonio, cada cônjuge dá sua vida para ajudar e salvar o outro. Jesus derramou seu Sangue. Na vida matrimonial, cada um jorra todas as suas energias em função do outro. Hoje em dia se fala muito de espiritualidade conjugal. Alguns pontos dessa espiritualidade:

A. Só se vive bem uma vida a dois aceitando a própria limitação e a limitação do outro, e perdoando. Ao perdoar, o cônjuge aceita voltar ao caminho original, reinicia de novo, muda de vida e corrige-se.

B. Buscando o Sacramento da Reconciliação (cf. o meu artigo no dia 9 de fevereiro), recebe-se um meio eficaz e eficiente de conversão e santificação. Um sacramento reforça o efeito do outro. Quem recusa perdoar o outro corre o risco de ser eliminado da misericórdia e do perdão do Senhor.

C. A vida conjugal é um caminho que o próprio casal traça. Não é algo já prefixado e definido, mas algo que se vai construindo. Cada casal, com sua própria personalidade e jeito, traz à união conjugal dons e talentos que enriquecem a vida a dois. Sem graça seria viver com alguém sem sal, que não contribui com algo original e inspirador.

D. É necessário que cada cônjuge se deixe moldar pelo outro, como o barro se deixa moldar para ser transformado num vaso. Senão resistência e obstáculos provocam quebras. Ser aberto à influência e às sugestões do outro permite crescimento. A doutrina do eu-tu de Martin Buber explica bem este processo. Viver é mudar. Ter mudado muito é sinal de uma pessoa feliz.

Na semana que vem concluiremos esta serie com mais reflexões sobre o grande Sacramento do Amor.

DO SITE BOLETIM DO PADRE PELÁGIO - (PADRE CLÓVIS CSsR)

29 DE NOVEMBRO - SANTOS DO DIA

PISOTEADO POR UM TOURO SELVAGEM
Veja que contraste curioso: Na França, ergue-se uma das mais robustas e majestosas igrejas do mundo, centro de grandes peregrinações, dedicada a São Saturnino (século II), popularíssimo na Europa. Mas sabe-se pouca coisa sobre ele.
Na falta de dados históricos, o povo deu largas à imaginação, chegando a dizer que Saturnino ouviu as pregações de Jesus, ofereceu-lhe pão e peixe após a ressurreição, esteve no cenáculo no dia de Pentecostes, foi sagrado bispo por São Pedro e foi trabalhar na França e na Espanha.
Segundo outros, teria sido arrastado pelos chifres por um touro selvagem, morrendo pisoteado na perseguição do imperador Décio. É invocado nas dores de cabeça e desmaios; nas angústias e agonias; nas epidemias e pragas de formigas.

APÓSTOLO DA SUA PRÓPRIA TERRA NATAL
Francisco Antônio Fasani, ainda jovem entrou para o convento de sua cidade. Ordenou-se padre e dedicou-se aos trabalhos apostólicos da pregação, do confessionário e também de escritor. Percorria todas as aldeias de sua região, o que o fez merecer o título de "apóstolo de sua terra". Dava assistência aos encarcerados e aos condenados à morte.
Os últimos momentos de sua vida passou-os em sua terra natal e sua novena preferida era a da Imaculada Conceição. Foi canonizado pelo Papa João Paulo II em 1986..

PADRE CLÓVIS DE JESUS BOVO CSsR
Recomende este site aos seus amigos:

LIÇÕES DE VIDA - LADRÕES E LADRÕES

PADRE CLÓVIS DE JESUS BOVO CSsR

LADRÕES E LADRÕES

O filósofo Diógenes ao ver que os homens da lei levavam alguns ladrões para a forca, começou a gritar:

- Vejam só! Lá vão os ladrões grandes enforcar os ladrões pequenos.

Pe. Antônio Viera também escreveu num sermão:

- Quantas vezes se viu em Roma alguém ser enforcado porque roubou um carneiro, e no mesmo dia ser levado em triunfo um general por ter roubado uma província ou cidade inteira!

Palavra de vida: Nós temos duas balanças para julgar. Uma para os pobres e outra para os ricos. Deus tem uma só para todos. (Mt 7,2)

REFLETINDO A PALAVRA Nº 449

Pe.Luiz Carlos de Oliveira CSsR

“Pedagogia dos Sacramentos”

181.Espiritualidade como um todo

Jesus era uma pessoa de fácil acesso e tudo o que apresentava era fácil para todos. Entendiam seus gestos, suas palavras, e podiam tocá-lo, pois dele saía uma força que a todos curava” (Lc 6,19). Os sacramentos que Jesus nos deixou também são de fácil acesso e compreensão. Se se tornaram difíceis é porque os estamos aplicando mal. Eles foram feitos para as pessoas. Colocam Deus ao alcance de cada um que o procura. “Ele se deixa encontrar”. O segredo da pedagogia de Deus nos sacramentos está no fato de atingir a pessoa por inteiro, tanto no corpo como no espírito. Atingir a pessoa no seu total quer dizer que os elementos sensíveis dos sacramentos são compreensíveis a ela. Como a Encarnação ocorreu em todas as dimensões, os sacramentos tocam a pessoa em todos os sentidos. Eles são simples e acessíveis. Podem ser entendidos na primeira abordagem. Como são símbolos, explicam-se por si mesmos. É claro que é necessária uma catequese básica, pois são sacramentos da fé e supõem a fé. Igualmente seus símbolos devem ser bem apresentados e realizados. São sinais sensíveis que podem ser tocados. É no corpo que se recebem os sacramentos. Portanto, não se referem somente a nossa dimensão espiritual. Somos matéria e espírito. Pelo simbolismo da matéria se chega à graça do sacramento.
182.Pedagogia espiritual
No caminho espiritual dos sacramentos, somente partindo da pessoa como um todo podemos compreender os sacramentos e a graça que eles oferecem. A pedagogia dos sacramentos está em realizar o que já dissemos sobre a espiritualidade: colocam em ação todos os dinamismos e dimensões da pessoa humana. Tomemos a Eucaristia: O dom salvador de Cristo se explicita através do pão e do vinho e neles se realiza. O pão que é o corpo de Cristo entra em nosso organismo não só como um veículo de Cristo, mas como Cristo que realiza a redenção ao modo do alimento que dá a vida. Por isso é o Pão da Vida. O vinho, sangue de Cristo, mesmo sendo um alimento, atinge outras dimensões, como a festa, a alegria e até no aspecto da inebriação de Deus. É corpo de Cristo que, com nosso corpo, se realiza como sacramento. Até o jejum para a comunhão nos traz a fome de Cristo. Vejam quanto precisamos aprofundar! Na verdade, a única espiritualidade é a sacramental. As outras dela saem e a ela conduzem.
183.Espiritualidade de caminho
Os sacramentos acompanham nossa vida. Em cada momento definidor da vida têm uma riqueza diferente, pois eles seguem os passos da vida, plenificando-os da graça salvadora. Os passos da vida correspondem aos sacramentos: nascimento, crescimento, alimento, matrimônio, morte, erro, e estrutura da vida em comum. Para cada estágio de nossa vida, ou acontecimentos, há um modo diferente de se encontrar com Cristo redenção. Os sacramentos não são atos que passam, mas ações que permanecem. O batismo, por exemplo, é vida cada dia. A crisma é entrega de serviço a Deus e aos outros a vida toda. A eucaristia é o pão nosso de cada dia. O matrimônio se realiza cada dia. A ordenação põe-nos a serviço cada dia. A penitência é a permanente conversão a Deus e aos outros. A unção está no fim, mas pertence a toda a nossa fragilidade. Assim como caminha a vida, caminham os sacramentos em nós.

ANIVERSARIANTES DO DIA

Estão comemorando:

APARECIDO ANTONIO BUTTARELO de Marília - SP

JOSÉ ADMIR F. MORELI de Campinas - SP 

PADRE EDVALDO MANOEL DE ARAÚJO Formador do Instituto Filosófico São Clemente em Campinas - SP que completa 47 anos de vida.

Nossos desejos de muitas alegrias, muita paz e muitas bênçãos!
Um forte abraço da família UNESER!

REMEMORANDO REDENTORISTAS - PE.BENEDITO DIAS CSsR

PE. BENEDITO JOÃO DIAS
29 de NOVEMBRO 1946+

Era de Campinas (GO) onde nasceu a 17 outubro de 1915. Veio para o Juvenato de Aparecida em janeiro de 1927, professando em 1934, indo, depois, iniciar seus estudos superiores na Argentina. Em janeiro de 1937 regressou, continuando a estudar no recém-inaugurado Seminário Maior de Tietê. Era 1938 (18 de dezembro), foi ordenado sacerdote, e nomeado professor do Juvenato em Aparecida.
Inteligente, alegre e espirituoso, Pe. Dias foi sempre um ótimo confrade. Teria sido um grande missionário, com a simplicidade e espírito de fé que o caracterizavam.
Sabia ler e estudar, com um faro bastante aguçado para escolher seus livros. Dotes literários não lhe faltavam: fantasia desenvolvida, linguagem fluente e até elegante. Mas foram outros os planos de Deus a seu respeito. Sempre muito magro, já nos primeiros anos, como professor no Juvenato, contraiu a tuberculose; e, quando ele o notou, seu estado já não era dos melhores. Foi, por isso, internado em Campos do Jordão, para um tratamento sério. Mas a enfermidade já havia avançado demais. Passou alguns anos no sanatório mas não resistiu, falecendo aos 31 anos, no dia 29 de novembro de 1946. Embora abatido, vendo sua vida chegar ao fim tão cedo, Pe. Dias soube aceitar com resignação a vontade de Deus. Meses antes da sua morte, agradecendo aos confrades os parabéns e orações pelo seu onomástico, ele escreveu: “Meus caros, a mão do Senhor me tocou. Sonhei com um túmulo glorioso, em pleno campo de batalha pelo Reino de Deus. Agora só peço a Deus que suscite em vocês todos aquele espírito que animou nosso Pai Santo Afonso... no trabalho e na salvação das almas.
Só me resta dizer-lhes o que outrora dizia Jerônimo ao Bispo Agostinho:
"... basta-me um cantinho no deserto, para terminar os meus dias, e fazer penitência dos meus pecados. Firmes, pois meus amigos, na melhor parte que vocês escolheram, sem olhar para o século e seus falsos profetas!”

ORAÇÃO DA MANHÃ - DEUS EM MINHA CASA - 29 DE NOVEMBRO

PADRE FLÁVIO CAVALCA DE CASTRO CSsR
UM JEITO FÁCIL DE ORAR  
Todos já descobrimos há muito tempo o jeito fácil de orar que é a devoção do Santo Rosário ou do Terço. Simples, fácil, envolvente e muito boa para a oração comunitária. O simples repetir as mesmas palavras pode ajudar-nos a fixar nossa atenção e nosso afeto em Deus. Mas pode também nos prender à repetição apenas mecânica de palavras, perigo que não é tão difícil de evitar.
Se quisermos dar um passo a mais em nossa oração, podemos fazer a contemplação das várias etapas da vida de Jesus e de Maria. Contemplar é olhar demoradamente para alguém ou para alguma coisa. Não apenas olhar: mas examinar os pormenores, os matizes, os lados da realidade que só percebe-mos aos poucos. Não apenas pensar: mas saborear a ideia, lembrar detalhes do acontecimento, procurar seu senti-do, tirar conclusões. E a partir disso começar um diálogo conosco mesmos, com o Pai, o Espírito, com Jesus, o Filho de Deus, com Maria... E por que na recitação comunitária não abrir um espaço para a partilha entre os que estão orando?
 Oração da manhã para todos os dias
Senhor meu Deus, mais um dia está começando. Agradeço a vida que se renova para mim, os trabalhos que me esperam, as alegrias e também os pequenos dissabores que nunca faltam. Que tudo quanto viverei hoje sirva para me aproximar de vós e dos que estão ao meu redor.
Creio em vós, Senhor. Eu vos amo e tudo espero de vossa bondade.
Fazei de mim uma bênção para todos que eu encontrar. Amém.

29 de novembro


SÃO SATURNINO, BISPO E MÁRTIR


Evangelho (Mt 8,5-11) “Senhor, o meu servo está de cama, lá em casa, sofrendo terrivelmente com uma paralisia”.

Jesus admirou a fé desse oficial romano, comandante da guarnição de Cafarnaum. Era um pagão, e talvez estivesse inclinado a aceitar o judaísmo. Mas apesar de gentio, podemos admirar muito seu interesse e seu cuidado com o servo doente. Fala dele como se fosse um amigo, quase alguém da família. Não podemos esquecer que o poder salvador de Cristo atinge a todas as pessoas.

Oração
Senhor, eu vos louvo e agradeço porque agis no coração de todos os homens, não só dos cristãos. A todos ofereceis a salvação, a todos ajudais a querer e fazer o bem. Peço por todos aqueles que ainda não vos conhecem. Ajudai-os a vencer as dificuldades e a se abrir a vossa graça. Guardai-os no bem, dai-lhes a perseverança, para que não desanimem e possam chegar à vida eterna. Amém.

28 de novembro de 2010

Vice-Província de Recife

APROVADOS NOVOS ASPIRANTES REDENTORISTAS PARA 2011

2010-11-28 12:42
A Congregação redentorista acolhe como grande alegria os novos aspirantes, jovens aprovados para a experiência vocacional a partir do próximo ano. Desde o dia 25, estiveram reunidos na comunidade Vocacional Pe. Antonino Witschge, em ARAPIRACA - AL. Sob a orientação dos Promotores Vocacionais (Pe. Tiago de Melo, Pe. Eugênio ALexndre e IR. Torres) e da Psicóloga Maria Duarte, os trabalhos de discernimento aconteceram com grande êxito. Eram 12 jovens vindos dos Estados do Rio Grande do NOrte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Abaixo, a lista dos aprovados:
1-Adriano -PB
2-Emerson-PB
3-Cristovão-PE
4-Elisvaldo-PB
5-Fernando-PE
6-José Luiz-PB
7-Leandro-RN
8-Romário-PB
9-Tássio-PE
10-Tales-AL
Parabens aos jovens corajosos que se colocam em atitude de serviço e discernimento para assumirem com ardor missionário a Missão redentorista. Agradecemos também aos seus familiares que entregam seus filhos para o serviço do Reino de Deus. Que sejam amparados e protegidos. E saibam: quando um filho sai de sua casa para ser missionário, o espaço não fica vazio, pois Jesus ocupa o seu lugar  naquela família.
Que Santo Afonso, São Geraldo e a Mâe do Redentor os anime nesse novo tempo de suas vidas.
Ir. José Torres 
NOSSOS VOTOS DE QUER DEUS ILUMINE SEUS PASSOS EM BUSCA DESSE IDEAL!