CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA NA VOZ DO PADRE VITOR COELHO CSsR

Ó MARIA SANTÍSSIMA, PELOS MÉRITOS DO SENHOR JESUS CRISTO QUE EM VOSSA IMAGEM MILAGROSA DE APARECIDA ESPALHAIS INÚMEROS BENEFÍCIOS SOBRE O BRASIL, EU, EMBORA INDIGNO DE PERTENCER AO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS, MAS DESEJANDO PARTICIPAR DOS BENEFÍCIOS DA VOSSA MISERICÓRDIA, PROSTRADO A VOSSOS PÉS, CONSAGRO-VOS O ENTENDIMENTO, PARA QUE SEMPRE PENSE NO AMOR QUE MERECEIS. CONSAGRO-VOS A LÍNGUA, PARA QUE SEMPRE VOS LOUVE E PROPAGUE A VOSSA DEVOÇÃO.CONSAGRO-VOS O CORAÇÃO, PARA QUE, DEPOIS DE DEUS, VOS AME SOBRE TODAS AS COUSAS.RECEBEI-NOS, Ó RAINHA INCOMPARÁVEL, QUE NOSSO CRISTO CRUCIFICADO DEU-NOS POR MÃE, NO DITOSO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS. ACOLHEI-NOS DEBAIXO DA VOSSA PROTEÇÃO. SOCORREI-NOS EM NOSSAS NECESSIDADES ESPIRITUAIS E TEMPORAIS E, SOBRETUDO, NA HORA DA NOSSA MORTE. ABENÇOAI-NOS Ó MÃE CELESTIAL, E COM VOSSA PODEROSA INTERCESSÃO FORTALECEI-NOS EM NOSSA FRAQUEZA, A FIM DE QUE, SERVINDO-VOS FIELMENTE NESTA VIDA, POSSAMOS LOUVAR-VOS, AMAR-VOS E RENDER-VOS GRAÇAS NO CÉU, POR TODA A ETERNIDADE. ASSIM SEJA! ...PELA INTERCESSÃO DE NOSSA SENHORA APARECIDA, RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL, A BÊNÇÃO DE DEUS ONIPOTENTE, PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO, DESÇA SOBRE VÓS E PERMANEÇA SEMPRE.AMÉM!
PRÓXIMOS EVENTOS (Todos estão convidados)





ÁGAPE MENSAL
11 - fevereiro - 2017


SETEMBRO - 2017
De 01 a 03 - 5º ERESER VICE PROVÍNCIA MANAUS
De 29 a 01/10 - ERESER CURITIBA

OUTUBRO - 2017

Dia 07 - ERESER NA NOVENA DE APARECIDA
Dia 21 - 11º ERESER MAIRINQUE

NOVEMBRO - 2017
De 12 a 15 - 7º ERESER PROVÍNCIA DE CAMPO GRANDE


XIII RETIRO
De 26 A 28 de janeiro de 2018
Local: Vila Santo Afonso - Pedrinha
Tema: A Espiritualidade Redentorista na Prática
Orientador: Padre Alfredo Viana Avelar, CSsR - Rio




SOM NO BLOG

QUANDO QUISER ASSISTIR ALGUM VÍDEO DO BLOG, VÁ ATÉ À "RÁDIO UNESER INTERATIVA" (caixa à direita do blog) E CLIQUE NO BOTÃO DE PAUSA (II).
APÓS ASSISTIR O VÍDEO, CLIQUE NO MESMO BOTÃO (PLAY) PARA CONTINUAR OUVINDO A RÁDIO.

31 de outubro de 2013

Oração de todos dias

Oração da manhã para todos os dias


Senhor meu Deus, mais um dia está começando. Agradeço a vida que se renova para mim, os trabalhos que me esperam, as alegrias e também os pequenos dissabores que nunca faltam. Que tudo quanto viverei hoje sirva para me aproximar de vós e dos que estão ao meu redor.

Creio em vós, Senhor. Eu vos amo e tudo espero de vossa bondade.

Fazei de mim uma bênção para todos que eu encontrar. Amém

O Evangelho do dia


Meditando o Evangelho de hoje

Dia Litúrgico: Quinta-feira da 30ª semana do Tempo Comum
Evangelho (Lc 13,31-35): Naquela hora, alguns fariseus aproximaram-se e disseram a Jesus: Sai daqui, porque Herodes quer te matar. Ele disse: Ide dizer a essa raposa: eu expulso demônios e faço curas hoje e amanhã; e no terceiro dia chegarei ao termo. Entretanto, preciso caminhar hoje, amanhã e depois de amanhã, pois não convém que um profeta morra fora de Jerusalém.

Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes eu quis reunir teus filhos, como a galinha reúne os pintainhos debaixo das asas, mas não quiseste! Vede, vossa casa ficará abandonada. Eu vos digo: não mais me vereis, até que chegue o tempo em que digais: Bendito aquele que vem em nome do Senhor.
Comentário: Rev. D. Àngel Eugeni PÉREZ i Sánchez (Barcelona, Espanha)
Jerusalém, Jerusalém! Quantas vezes eu quis reunir teus filhos, mas não quiseste!
Hoje podemos admirar a firmeza de Jesus no cumprimento da missão encomendada pelo Pai do céu. Ele não se deteve por nada: Eu expulso demônios e faço curas hoje e amanhã (Lc 13,32). Com esta atitude, o Senhor marcou a pauta de conduta que ao longo dos séculos seguiriam os mensageiros do Evangelho ante as perseguições: não dobrar-se ante o poder temporário. Santo Agostinho disse que, em tempo de perseguições, os pastores não devem abandonar os fiéis: nem os que sofrerão o martírio nem os que sobreviverão como o Bom Pastor, que quando vê que vem o lobo, não abandona o rebanho, senão que o defende. Mas visto o fervor com que todos os pastores da Igreja se dispunham a derramar o seu sangue, indica que o melhor será jogar a sorte quem dos clérigos se entregarão ao martírio e quais se porão a salvo para logo cuidarem dos sobreviventes.

Na nossa época, com frequência, nos chegam notícias de perseguições religiosas, violências tribais ou revoltas étnicas em países do Terceiro Mundo. As embaixadas ocidentais aconselham aos seus concidadãos que abandonem a região e repatriem o seu pessoal. Os únicos que permanecem são os missioneiros e as organizações de voluntários, porque para eles pareceria uma traição abandonar os seus em momentos difíceis.

Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes eu quis reunir teus filhos, como a galinha reúne os pintinhos debaixo das asas, mas não quiseste! (Lc 13,34-35). Esse lamento do Senhor produz em nós, os cristãos do século XXI, uma tristeza especial, devido ao sangrento conflito entre judeus e palestinos. Para nós, essa região do Próximo Oriente é a Terra Santa, a terra de Jesus e de Maria. E o clamor pela paz em todos os países deve ser mais intenso e sentido pela paz em Israel e Palestina.

Vivênias - De perto @ De longe




Nº 1220  -  31/10/2013

5185 . Evangelho de 5ª feira (31-10-2013) - Rm 8, 31b-39; Sl 108; Lc 13, 31-35-  Alguns fariseus aproximaram-se e disseram a Jesus: “Tu deves ir embora daqui, porque Herodes quer te matar”. Jesus disse: “Ide dizer a essa raposa: eu expulso demônios e faço curas hoje e amanhã; e no terceiro dia terminarei o meu trabalho. Entretanto, preciso caminhar hoje, amanhã e depois de amanhã, porque não convém que um profeta morra fora de Jerusalém. Jerusalém, Jerusalém! Tu que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes eu quis reunir teus filhos, como a galinha reúne os pintainhos debaixo das asas, mas tu não quiseste! Eis que vossa casa ficará abandonada. Eu vos digo: não me vereis mais, até que chegue o tempo em que vós mesmos direis: Bendito aquele que vem em nome do Senhor”.

Recadinho: - Vemos a nosso redor tanta miséria, material e espiritual, tanta injustiça. O que se faz para combater isso? - Também em nossas comunidades há às vezes competitividade, ambição? - Existe igualdade e fraternidade? - Lembra-se sempre que o céu é conquistado pelos simples, de bom coração? - Você procura agir como um fermento na massa?

5186. Solenidade de Todos os Santos de Papa Francisco - A Igreja Católica celebra a Solenidade de Todos os Santos no dia 1º de novembro. Como no Brasil não é mais feriado, a Igreja transferiu a solenidade para o domingo seguinte. No dia 1º, em Roma, o Papa Francisco celebrará missa na entrada do cemitério monumental de Roma, denominado “Verano”, que representa um grande símbolo e é de grande relevância para os últimos três séculos, possuindo grande quantidade de obras e testemunhos artísticos culturais dos séculos XIX e XX. O cemitério foi criado durante o reinado napoleônico (1805-1814), que decretou que as sepulturas deveriam ficar localizadas fora das muralhas da cidade. O papa Pio VII, ao retornar a Roma, manteve o cemitério após a abdicação de Napoleão. No cemitério Verano estão enterradas pessoas que exerceram grande influência na sociedade, o corpo militar de elite
composto por combatentes voluntários de muitas nações, muitos dos quais morreram ao defender o papa e a cidade de Roma antes da sua queda, durante a unificação italiana e o pontificado de Pio IX. O Beato Pio IX mandou gravar as seguintes frases da Bíblia no monumento: “Receba a espada santa, que é dom de Deus. Com ela, você destruirá os inimigos!" (2 Mac, 15, 16) e “A vitória na guerra não depende da multidão de soldados, mas da força que vem do céu!" (1 Mac, 3, 19). O papa será acompanhado pelo bispo auxiliar e pelo pároco do cemitério.

5187. Papa com os iniciadores do Caminho Neocatecumenal - No dia 05 de setembro de 2013, o Papa Francisco recebeu em audiência os iniciadores e líderes mundiais do Caminho Neocatecumenal: Kiko Argüello, Carmen Hernández e o P. Mario Pezzi, para tratar em especial da evangelização da Ásia. Disse a eles:  "Obrigado pelo bem imenso que vocês estão fazendo a toda a Igreja". Os iniciadores do Caminho expressaram ao papa Francisco o desejo de organizar encontros de formação profissional em diversos países, a fim de suscitar 20 mil sacerdotes que se coloquem a serviço da Nova Evangelização naquele continente em que, disse o beato João Paulo II, se dará a evangelização no terceiro milênio.

5188. Cristãos e hinduístas juntos contra a globalização da indiferença - No dia 03 de novembro, os hinduístas celebram a festividade de “Diwali”.  Para a ocasião, o Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso enviou uma mensagem de felicitações e de encorajamento. A festa celebra a vitória da verdade sobre a mentira, da luz sobre as trevas e do bem contra o mal. A mensagem cita o Papa Francisco que, visitando a comunidade de Varginha, no Rio de Janeiro (Brasil), recordou que “a cultura da solidariedade é ver no outro não um concorrente ou um número, mas um irmão. E nós somos todos irmãos”. Trata-se, como diz sempre o Papa, de contrastar a “cultura da exclusão”, a “cultura do descarte” e a “globalização da indiferença”. “Independentemente das nossas diferenças étnicas, culturais, religiosas e ideológicas, todos nós pertencemos a uma única família humana”, recorda a Mensagem à comunidade hinduísta mundial, frisando que “na sociedade do materialismo e do desprezo dos valores espirituais e religiosos mais profundos”, há a perigosa tendência de dar idêntico valor às coisas materiais e às relações humanas. Por isso, é importante considerar “um imperativo para todos os povos” promover uma cultura da relação e da solidariedade.

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Aniversariantes do dia


ANTÔNIO EGÍDIO VICENTIM LEITE
de Tietê - SP

JOSÉ ROSÁRIO DE OLIVEIRA
de São Paulo - SP


IRMÃO ALBINO DA SILVA VALENTE
Vice Província de Recife - PE
Festejando 82 anos de idade


30 de outubro de 2013

Oração de todos dias

Oração da manhã para todos os dias


Senhor meu Deus, mais um dia está começando. Agradeço a vida que se renova para mim, os trabalhos que me esperam, as alegrias e também os pequenos dissabores que nunca faltam. Que tudo quanto viverei hoje sirva para me aproximar de vós e dos que estão ao meu redor.

Creio em vós, Senhor. Eu vos amo e tudo espero de vossa bondade.

Fazei de mim uma bênção para todos que eu encontrar. Amém

Oferta de todos dias





Ó Jesus, pelas mãos de Maria, Tua e minha mãe,

Te ofereço a minha mente, para Teus pensamentos.

Te ofereço a minha vontade para os teus desejos,

Te ofereço os meus sentidos para Tuas obras.

Fazei que vivendo de Ti, trabalhando por Ti,

eu me transforme em Ti.

O Evangelho do dia


Meditando o Evangelho de hoje

Dia Litúrgico: Quarta-feira da 30ª semana do Tempo Comum
Evangelho (Lc 13,22-30): Jesus atravessava cidades e povoados, ensinando e prosseguindo o caminho para Jerusalém. Alguém lhe perguntou: “Senhor, é verdade que são poucos os que se salvam?” Ele respondeu: ”Esforçai-vos por entrar pela porta estreita. Pois eu vos digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão. Uma vez que o dono da casa se levantar e fechar a porta, vós, do lado de fora, começareis a bater, dizendo: ‘Senhor, abre-nos a porta! ’. Ele responderá: ‘Não sei de onde sois’. Então começareis a dizer: ‘Comemos e bebemos na tua presença, e tu ensinaste em nossas praças! ’. Ele, porém, responderá: ‘Não sei de onde sois. Afastai-vos de mim, todos vós que praticais a iniqüidade! ’ E ali haverá choro e ranger de dentes, quando virdes Abraão, Isaac e Jacó, junto com todos os profetas, no Reino de Deus, enquanto vós mesmos sereis lançados fora. Virão muitos do oriente e do ocidente, do norte e do sul, e tomarão lugar à mesa no Reino de Deus. E assim há últimos que serão primeiros, e primeiros que serão último».
Comentário: Rev. D. Lluís RAVENTÓS i Artés (Tarragona, Espanha)
Tempo Comum, Semana XXX, quarta-feira
Hoje, a caminho de Jerusalém, Jesus se detém um momento e alguém aproveita para perguntar: «Senhor, é verdade que são poucos os que se salvam?» (Lc 13,23). Talvez, ao escutar a Jesus, aquele homem se inquietou. Realmente, o que Jesus ensina é maravilhoso e atrativo, mas as exigências que admite já não são tão de seu agrado. Mas, e se vivesse o Evangelho à sua vontade, com una “moral a la carte”?, que probabilidades teria de se salvar?

Assim pois, pergunta: «Senhor, é verdade que são poucos os que se salvam?» Jesus não aceita esta sugestão. A salvação é uma questão muito séria como para ser resolvida mediante um cálculo de probabilidades. DEUS «não quer que ninguém se perca, e sim que todos se convertam» (2Pe 3,9).

Jesus responde: «Esforçai-vos por entrar pela porta estreita. Pois eu vos digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão. ‘Uma vez que o dono da casa se levantar e fechar a porta, vós, do lado de fora, começareis a bater, dizendo: ‘Senhor, abre-nos a porta! ’. Ele responderá: ‘Não sei de onde sois’.» (Lc 13,24-25). Como podem ser ovelhas de seu rebanho se não seguem ao Bom Pastor, nem aceitam o Magistério da Igreja? «Ele, porém, responderá: ‘Não sei de onde sois. Afastai-vos de mim, todos vós que praticais a iniquidade! E ali haverá choro e ranger de dentes, quando virdes Abraão, Isaac e Jacó, junto com todos os profetas, no Reino de Deus, enquanto vós mesmos sereis lançados fora.» (Lc 13,27-28).

Nem Jesus, nem a Igreja temem que a imagem de Deus Pai seja manchada ao revelar o mistério do inferno. Como afirma o Catecismo da Igreja, «as afirmações da Sagrada Escritura e os ensinamentos da Igreja a propósito do inferno são um chamado à responsabilidade com a qual o homem deve usar sua liberdade em relação com seu destino eterno. Constituem ao mesmo tempo um rápido chamado à conversão» (n. 1036).

“Deixemos de brincar de espertos” e de fazer cálculos. Preocupemo-nos por entrar pela porta estreita, voltando a começar tantas vezes quantas sejam necessária, confiados em sua misericórdia «Todo isso, que te preocupa de momento — diz são Josemaria — importa más o menos — O que importa absolutamente é que seja feliz, que te salves».

Vivências - De perto @ De longe




Nº 1219  -  30/10/2013

5181. Evangelho de 4ª feira (30-10-2013) - Rm 8, 26-30; Sl 12; Lc 13, 22- 30  - Jesus atravessava cidades e povoados, ensinando e prosseguindo o caminho para Jerusalém. Alguém lhe perguntou: “Senhor, é verdade que são poucos os que se salvam?” Jesus respondeu: “ Fazei todo esforço possível para entrar pela porta estreita. Porque eu vos digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão. Uma vez que o dono da casa se levantar e fechar aporta, vós, do lado de fora, começareis a bater, dizendo: “Senhor, abre-nos a porta!” Ele responderá: “Não sei de onde sois”. Então começareis a dizer: “Nós comemos e bebemos diante de ti, e tu ensinaste em nossas praças!” Ele, porém, responderá: “Não sei de onde sois. Afastai-vos de mim todos vós que praticais a injustiça!” Ali haverá choro e ranger de dentes, quando virdes Abraão, Isaac e Jacó, junto com todos os profetas no Reino de Deus, e vós, porém, sendo lançados fora. Virão homens do oriente e do ocidente, do norte e do sul, e tomarão lugar à mesa no Reino de Deus.  E assim há últimos que serão primeiros, e primeiros que serão últimos”.

Recadinho: - Você tem consciência de que faz sua parte pelo Reino de Deus? - Há muita injustiça à sua volta? - Se você exerce algum poder sobre alguém, procura agir de modo justo? - Questiona-se sempre sobre o exercício do poder? - Procura proteger os simples, os humildes como deve?

5182. Comunidade Shalom promoveu o 9º Fórum Internacional de Oração e Formação - Nos dias 26 e 27 de outubro de 2013, em Toulon, na França, a Comunidade Shalom promoveu seu evento internacional e anual, acolhendo participantes de diversas línguas e nações, com o tema: “Quem nos fará ver a felicidade?” Ao término do ano da fé, o movimento enfocou a realidade da descoberta davida dos mártires contemporâneos que encontraram a razão da felicidade. Especial atenção foi dada aos jovens e às crianças, atingindo assim, todas as idades. O evento anterior teve a participação de 600 pessoas.

5183. Encontro “Pátio dos Gentios”em Berlim - De 26 a 28 de novembro de 2013, 24 anos após o fim da cortina de ferro, realizar- se-á em Berlim, na Alemanha, a próxima edição do encontro que está sendo organizado pelo Pontifício Conselho para a Cultura, em parceria com a arquidiocese de Berlim e com a Conferência Episcopal Alemã. Berlim é a cidade-símbolo do debate sobre liberdade humana e divina e sobre relação entre religião, moral e arte. O “Pátio dos Gentios” é uma iniciativa inspirada por Bento XVI, organizada pelo Pontifício Conselho para a Cultura desde 2011, e tem como finalidade abrir espaço de diálogo, em clima de grande respeito, entre crentes, agnósticos e ateus, mediante o debate de alto nível sobre os principais temas culturais e sociais. Já houve edições em 14 cidades europeias e na Cidade do México. Explica dom Robert Zollitsch, presidente da Conferência Episcopal da Alemanha: “Antes mesmo da queda do Muro de Berlim e da revolução pacífica de 1989, a metrópole de Berlim já tinha registrado experiências particulares de liberdade. A disputa sobre a justa definição da liberdade do homem e de um humanismo com ou sem Deus conhece em Berlim uma longa história de fatos alternados, que influenciou o seu modo de perceber o secularismo, a religião e a fé. Crentes, agnósticos e ateus se encontrarão aqui para discutir temas como a profundidade do humanismo ético, a grandeza da fé em Deus, a liberdade da arte e da beleza, o respeito pela criação, aspectos e modelos do homem, e também a graça e a dignidade da natureza humana e da devoção”. A abertura do encontro terá como título a provocação de Dostoievski: “Se não existe nenhum Deus, tudo é permitido!”. Entre os eventos do “Pátio dos Gentios”, figura também um experimento religioso - estético com estudantes universitários e de escolas superiores do “Bode Museum de Berlim”.

5184. Contemplando o sofrimento de Jesus - “A graça passa pelo pensar em Jesus somente ou através de sua contemplação. Se com o coração e a mente nos unimos a Ele, que venceu a morte, o pecado, o diabo, será possível conseguir o que nos pede Jesus. Nosso esforço será o de pensar sobre o seu silêncio manso e Jesus fará tudo o que falta. A vida do homem está escondida em Deus com Cristo. Não há outro caminho fora da contemplação da humanidade de Jesus, da humanidade sofredora. Contemplar o sofrimento de Jesus é o único caminho possível para sermos bons cristãos, para não odiar o próximo, para não falar contra o próximo".
(Papa Francisco, 12/setembro/2013)

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Aniversariantes do dia



LUIZ GONZAGA DE RESENDE (PITÃO)
 de Franca - SP


 PADRE CÉLIO LOPES DOS SANTOS
Comunidade do Santuário Nacional de Aparecida
Festejando 42 anos de idade


PADRE WILLIAM DOS SANTOS BETÔNIO
Comunidade de Comunicações Afonso de Ligório
Comemorando 33 anos de idade


PADRE TOMÉ REYNOLDS
Vice Província de Fortaleza
Comemorando 75 anos de idade


29 de outubro de 2013

Oração de todos dias

Oração da manhã para todos os dias


Senhor meu Deus, mais um dia está começando. Agradeço a vida que se renova para mim, os trabalhos que me esperam, as alegrias e também os pequenos dissabores que nunca faltam. Que tudo quanto viverei hoje sirva para me aproximar de vós e dos que estão ao meu redor.

Creio em vós, Senhor. Eu vos amo e tudo espero de vossa bondade.

Fazei de mim uma bênção para todos que eu encontrar. Amém

Oferta de todos dias





Ó Jesus, pelas mãos de Maria, Tua e minha mãe,

Te ofereço a minha mente, para Teus pensamentos.

Te ofereço a minha vontade para os teus desejos,

Te ofereço os meus sentidos para Tuas obras.

Fazei que vivendo de Ti, trabalhando por Ti,

eu me transforme em Ti.

O Evangelho do dia


Meditando o Evangelho de hoje

Dia Litúrgico: Terça-feira da 30ª semana do Tempo Comum
Evangelho (Lc 13,18-21): Naquele tempo, Jesus dizia: A que é semelhante o Reino de Deus, e com que poderei compará-lo? É como um grão de mostarda que alguém pegou e semeou no seu jardim: cresceu, tornou-se um arbusto, e os pássaros do céu foram fazer ninhos nos seus ramos. Jesus disse ainda: Com que mais poderei comparar o Reino de Deus? É como o fermento que uma mulher pegou e escondeu em três porções de farinha, até tudo ficar fermentado.
Comentário: Rev. D. Lucas Francisco MATEO Seco (Pamplona, Navarra, Espanha)
A que é semelhante o Reino de Deus
Hoje, os textos da liturgia, mediante duas parábolas, põem diante de nossos olhos uma das características próprias do Reino de Deus: é algo que cresce lentamente - como um grão de mostarda - mas que chega a ser grande ao ponto de oferecer refúgio às aves do céu. Assim o manifestava Tertuliano: Somos de ontem e enchemos tudo!. Com essa parábola, Nosso Senhor exorta à paciência, à fortaleza e à esperança. Essas virtudes são particularmente necessárias a aqueles que se dedicam à propagação do Reino de Deus. É necessário saber esperar a que a semente plantada, com a graça de Deus e com a cooperação humana, vá crescendo, aprofundando suas raízes na boa terra y elevando-se pouco a pouco até converter-se em árvore. Faz falta, em primeiro lugar, ter fé na virtualidade -fecundidade-contida na semente do Reino de Deus. Essa semente é a Palavra; é também a Eucaristia, que se semeia em nós mediante a comunhão. Nosso Senhor Jesus Cristo se comparou a si mesmo com : verdade, em verdade vos digo; se o grão de trigo, caído na terra, não morrer, fica só; se morrer produz muito fruto;(Jn 12,24).

O Reino de Deus prossegue Nosso Senhor, é semelhante, é semelhante ao fermento que uma mulher tomou e misturou em três medidas de farinha e toda a massa ficou levedada (Lc 13,21). Também aqui se fala da capacidade que tem a levedura de fazer fermentar toda a massa. Assim sucede com : o resto de Israel, de que se fala no Antigo Testamento: o resto salvará e fermentará a todo o povo. Seguindo com a parábola, só é necessário que o fermento esteja dentro da massa, que chegue ao povo, que seja como o sal capaz de preservar da corrupção e de dar bom sabor a todo alimento (cf. Mt 5,13). Também é necessário dar tempo para que a levedura realize seu labor.

Parábolas que animam a paciência e a esperança; parábolas que se referem ao Reino de Deus e à Igreja, e que se aplicam também ao crescimento deste mesmo Reino em cada um de nós.

Vivências - De perto @ De longe




Nº 1218  -  29/10/2013

5176. Evangelho de 3ª feira (29-10-2013) - Rm 8, 18-25; Sl 125; Lc13, 18 – 21 - Jesus dizia: “A que é semelhante o Reino de Deus, e com que poderei compará-lo? Ele é como a semente de mostarda, que um homem pega e atira no seu jardim. A semente cresce, torna-se uma grande árvore, e as aves do céu fazem ninhos nos seus ramos”.  Jesus disse ainda: “Com que poderei ainda comparar o Reino de Deus? Ele é como o fermento que uma mulher pega e mistura com três porções de farinha, até que tudo fique fermentado”.

Recadinho: - O que faz para a semente da graça de Deus crescer em seu coração? - Seu modo de viver incentiva outros a imitá-lo? - É construtor(a) de paz? - Sua vida é como um fermento de evangelização? - Sabe escolher os momentos propícios para evangelizar?

5177. Movimento no Santuário Nacional de 21 a 27/outubro/2013 - Conforme dados estatísticos fornecidos pelo Santuário Nacional de Aparecida, durante toda a semana de 21 a 27 de outubro de 2013 circularam pelo Santuário 279.819 visitantes. No sábado, 26 de outubro, o Santuário recebeu 96.240 pessoas e, no domingo, 27 de outubro, o número foi de 138.880 peregrinos. De segunda a sexta-feira, o número de visitantes foi de 44.699. A previsão do Santuário Nacional de Aparecida (SP) para o fim de semana de 02 e 03 de novembro é a cidade receber 59.965 visitantes no sábado, dia 02 de novembro; e 93.046 no domingo, dia 03 de novembro.

5178. “Vejo Jesus em você!” - Um jovem certa vez disse a Chiara Luce: “Eu nunca vi Jesus, Chiara! Jesus não existe!” Chiara respondeu com muito Amor: “É verdade, eu também jamais vi Jesus, mas eu o vejo em você”. Para viver o cristianismo precisamos ser corajosos e amarmos o próximo”. Chiara era bonita, gostava de fazer esportes e os seus amigos consideravam-na uma pessoa extraordinária. Aos 17 anos foi-lhe diagnosticado um tumor ósseo e começou a enfrentar a doença confiando tudo a Deus.
Transmitia a todos serenidade, paz e alegria, e diante do sofrimento dizia: "Se é assim que queres Jesus, também eu quero!" A sua vida é um exemplo para muitas pessoas. Poucos dias antes da sua partida para o céu dizia aos seus amigos: "Eu já não posso correr, mas gostaria de vos passar a chama, como nas Olimpíadas”. Chiara é, sem dúvida, um modelo para a juventude, alguém que pode incentivar nossos jovens a remar contra a correnteza de nosso mundo consumista. Chiara nasceu no dia 29 de outubro de 1971, em Sassello, Itália. Faleceu no dia 7 de outubro de 1990, em Turim, Itália. Foi beatificada no dia 25 de setembro de 2010 e é celebrada no dia 29 de outubro. Desde muito jovem, Chiara fez o propósito de “não doar Jesus aos amigos com as palavras, mas com o comportamento!" Isso nem sempre é fácil. De fato, repetirá algumas vezes, completando: "Como é duro ir contra a corrente!". E para conseguir superar cada obstáculo, repetia: "É por ti, Jesus!"

5179. "UmdeNós" na reta final - No dia 23 de outubro de 2013, a iniciativa “UmDeNós”, que envolveu a União Europeia, já tinha alcançado a cota de um milhão e quatrocentos mil assinaturas. Um de nós (“One of us”) é uma iniciativa europeia que envolve os 28 países da União Europeia e que deveria levar ao Parlamento Europeu uma petição com pelo menos 1.000.000 de assinaturas, para pedir a proibição de financiamento e manipulação do embrião humano. Mas vai levar muito mais! Uns 15 países da União Europeia chegaram e superaram o mínimo de adesões previstas pelo regulamento. A Itália ficou no topo da classificação dos Estados virtuosos e leva o prêmio de quase 500 mil adesões. Outras muitas milhares de assinaturas são ainda esperadas nesses dias. É possível ainda assinar online até meia noite do 1 de Novembro/2013.

5180. Vozes da Igreja 2013 - No dia 28 de outubro de 2013, dentro do programa Bem-vindo Romeiro, houve a abertura do “Vozes da Igreja 2013”, que constará de seis episódios (de segunda a sexta-feira, a partir das 10h20), abordando a música católica em suas várias dimensões. O objetivo é mostrar crianças que cantam na Igreja, a inclusão através da música religiosa, os corais, a juventude e a música na Igreja, o canto gregoriano e os padres cantores. O novo formato do programa, adotado pela primeira vez em 2012, deixa de lado o perfil de concurso musical e quer valorizar a história, o personagem, o trabalho dos envolvidos com a música católica.

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR