CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA NA VOZ DO PADRE VITOR COELHO CSsR

Ó MARIA SANTÍSSIMA, PELOS MÉRITOS DO SENHOR JESUS CRISTO QUE EM VOSSA IMAGEM MILAGROSA DE APARECIDA ESPALHAIS INÚMEROS BENEFÍCIOS SOBRE O BRASIL, EU, EMBORA INDIGNO DE PERTENCER AO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS, MAS DESEJANDO PARTICIPAR DOS BENEFÍCIOS DA VOSSA MISERICÓRDIA, PROSTRADO A VOSSOS PÉS, CONSAGRO-VOS O ENTENDIMENTO, PARA QUE SEMPRE PENSE NO AMOR QUE MERECEIS. CONSAGRO-VOS A LÍNGUA, PARA QUE SEMPRE VOS LOUVE E PROPAGUE A VOSSA DEVOÇÃO.CONSAGRO-VOS O CORAÇÃO, PARA QUE, DEPOIS DE DEUS, VOS AME SOBRE TODAS AS COUSAS.RECEBEI-NOS, Ó RAINHA INCOMPARÁVEL, QUE NOSSO CRISTO CRUCIFICADO DEU-NOS POR MÃE, NO DITOSO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS. ACOLHEI-NOS DEBAIXO DA VOSSA PROTEÇÃO. SOCORREI-NOS EM NOSSAS NECESSIDADES ESPIRITUAIS E TEMPORAIS E, SOBRETUDO, NA HORA DA NOSSA MORTE. ABENÇOAI-NOS Ó MÃE CELESTIAL, E COM VOSSA PODEROSA INTERCESSÃO FORTALECEI-NOS EM NOSSA FRAQUEZA, A FIM DE QUE, SERVINDO-VOS FIELMENTE NESTA VIDA, POSSAMOS LOUVAR-VOS, AMAR-VOS E RENDER-VOS GRAÇAS NO CÉU, POR TODA A ETERNIDADE. ASSIM SEJA! ...PELA INTERCESSÃO DE NOSSA SENHORA APARECIDA, RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL, A BÊNÇÃO DE DEUS ONIPOTENTE, PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO, DESÇA SOBRE VÓS E PERMANEÇA SEMPRE.AMÉM!
PRÓXIMOS EVENTOS (Todos estão convidados)





ÁGAPE MENSAL
11 - fevereiro - 2017


SETEMBRO - 2017
De 01 a 03 - 5º ERESER VICE PROVÍNCIA MANAUS
De 29 a 01/10 - ERESER CURITIBA

OUTUBRO - 2017

Dia 07 - ERESER NA NOVENA DE APARECIDA
Dia 21 - 11º ERESER MAIRINQUE

NOVEMBRO - 2017
De 12 a 15 - 7º ERESER PROVÍNCIA DE CAMPO GRANDE


XIII RETIRO
De 26 A 28 de janeiro de 2018
Local: Vila Santo Afonso - Pedrinha
Tema: A Espiritualidade Redentorista na Prática
Orientador: Padre Alfredo Viana Avelar, CSsR - Rio




SOM NO BLOG

QUANDO QUISER ASSISTIR ALGUM VÍDEO DO BLOG, VÁ ATÉ À "RÁDIO UNESER INTERATIVA" (caixa à direita do blog) E CLIQUE NO BOTÃO DE PAUSA (II).
APÓS ASSISTIR O VÍDEO, CLIQUE NO MESMO BOTÃO (PLAY) PARA CONTINUAR OUVINDO A RÁDIO.

18 de abril de 2015

Vivências - De perto @ De longe

Nº 1754 -  18/04/2015 

7311. Evangelho de sábado (18-04-2015) - At 6, 1-7; Sl 32; Jo 6, 16-21 - Ao cair da tarde, os discípulos desceram ao mar. Entraram na barca e foram em direção a Cafarnaum, do outro lado do mar. Já estava escuro, e Jesus ainda não tinha vindo ao encontro deles. Soprava um vento forte e o mar estava agitado. Os discípulos tinham remado mais ou menos cinco quilômetros, quando enxergaram Jesus, andando sobre as águas e aproximando-se da barca. E ficaram com medo. Mas Jesus disse: “Sou eu. Não tenhais medo”. Quiseram, então, recolher Jesus na barca, mas imediatamente a barca chegou à margem para onde estavam indo. 

Recadinho: - O que de melhor você pode fazer para que sua fé aumente? - Você conhece famílias onde falta o pão de cada dia? - Você sabe pedir a ajuda de Deus para seus problemas? Desanima quando não se vê ajudado? - Você nota que há pessoas da Igreja que também erram? - Já aconteceu de você se sentir abandonado por Deus? 

7312. Em Aparecida (SP) festa de S. Benedito reuniu mais de 100 grupos de congadas - Pertencente à Paróquia de Aparecida (SP), em frente à rodoviária da cidade está a famosíssima Igreja de S. Benedito. É ali que, todos os anos, na segunda segunda-feira após o Domingo de Páscoa, é realizada a festa de S. Benedito. Normalmente celebra-se a festa do Santo na segunda-feira de Páscoa, dia em que ele faleceu. Na cidade de Aparecida é diferente! Para que os preparativos para a festa, novena, tríduo, etc, não coincidam com as comemorações da Semana Santa, na década de 70 os festejos do Santo foram transferidos para a segunda-feira seguinte. Apesar de ter causado estranheza popular no início, a mudança deu certo! Assim, na segunda segunda-feira após o Domingo de Páscoa, mais precisamente no dia 13 de abril de 2015, antecedida de intensas manifestações de tradição popular, a cidade de Aparecida (SP) realizou a 106ª Festa de São Benedito, considerada como a maior manifestação religiosa, cultural e folclórica do Estado de São Paulo. Inspirados pelo tema “Homem do serviço e do acolhimento fraterno”, mais de 350 mil fiéis de certo modo participaram da novena, procissões e apresentações artísticas no contexto da grande festa. Liderados pelos festeiros do ano, Paulo César Aluvino e Francisca Rodrigues dos Santos, chamados reis da festa, foram promovidos leilão de gado, gincanas e principalmente apresentações de aproximadamente 100 grupos de Congadas e Moçambiques, vindos a maioria dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Espírito Santo. Tais apresentações e promoções costumam ter início na sextafeira que precede à festa. As congadas fizeram a tradicional apresentação no Santuário Nacional no sábado que precedeu à festa. No mesmo dia houve Missa especial para idosos e enfermos. Às 17hs, seguindo antiga tradição, os devotos seguiram em procissão até à igreja de Santa Rita, indo buscar a imagem da Santa que, por tradição, costuma permanecer junto de S. Benedito, festejando-o. No domingo realiza-se a tradicional “Missa Conga”, seguida de procissão e bênção do Mastro do Santo, desfile de cavalaria e encerramento da Novena. Na segunda-feira ocorreu o grande dia da festa, com Reverência ao Mastro pelas congadas e moçambiques, Missa solene com a presença do Rei e da Rainha da festa do ano, bênção, a tradicional distribuição de doces, procissão, encerrando tudo com fogos de artifício em homenagem a um dos santos mais populares do Brasil. 

7313. S. Benedito o Mouro - Benedito, o Mouro, conhecido também como Benedito, o Negro ou Benedito, o Africano, mas geralmente chamado simplesmente de S. Benedito, é um santo que, segundo algumas versões, teria nascido na sicília, ilha do sul da Itália, em 1524. Sua família era muito pobre. Eram descendentes de escravos, da Etiópia. Há versões que dizem que ele teria sido um escravo, capturado no norte da África, coisa que acontecia muito no sul da Itália na época. Segundo, então, tal versão, ele seria de origem moura e não etíope. Uma coisa é certa: ele tinha o apelido de “mouro” pela cor negra de sua pele. Aos 18 anos de idade, Benedito decidiu consagrar-se a Deus e aos 21 anos um monge do grupo Eremitas de S. Francisco de Assis convidou-o para entrar para o convento deles. Benedito não usava sapatos e dormia no chão, sem cobertas. Era muito procurado pelo povo, que o procurava em busca de conselhos, pedindo orações. Os mouros eram um povo trabalhador, pobre, e a maioria transformados em escravos.

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Sua participação é muito importante para nós.