CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA NA VOZ DO PADRE VITOR COELHO CSsR

Ó MARIA SANTÍSSIMA, PELOS MÉRITOS DO SENHOR JESUS CRISTO QUE EM VOSSA IMAGEM MILAGROSA DE APARECIDA ESPALHAIS INÚMEROS BENEFÍCIOS SOBRE O BRASIL, EU, EMBORA INDIGNO DE PERTENCER AO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS, MAS DESEJANDO PARTICIPAR DOS BENEFÍCIOS DA VOSSA MISERICÓRDIA, PROSTRADO A VOSSOS PÉS, CONSAGRO-VOS O ENTENDIMENTO, PARA QUE SEMPRE PENSE NO AMOR QUE MERECEIS. CONSAGRO-VOS A LÍNGUA, PARA QUE SEMPRE VOS LOUVE E PROPAGUE A VOSSA DEVOÇÃO.CONSAGRO-VOS O CORAÇÃO, PARA QUE, DEPOIS DE DEUS, VOS AME SOBRE TODAS AS COUSAS.RECEBEI-NOS, Ó RAINHA INCOMPARÁVEL, QUE NOSSO CRISTO CRUCIFICADO DEU-NOS POR MÃE, NO DITOSO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS. ACOLHEI-NOS DEBAIXO DA VOSSA PROTEÇÃO. SOCORREI-NOS EM NOSSAS NECESSIDADES ESPIRITUAIS E TEMPORAIS E, SOBRETUDO, NA HORA DA NOSSA MORTE. ABENÇOAI-NOS Ó MÃE CELESTIAL, E COM VOSSA PODEROSA INTERCESSÃO FORTALECEI-NOS EM NOSSA FRAQUEZA, A FIM DE QUE, SERVINDO-VOS FIELMENTE NESTA VIDA, POSSAMOS LOUVAR-VOS, AMAR-VOS E RENDER-VOS GRAÇAS NO CÉU, POR TODA A ETERNIDADE. ASSIM SEJA! ...PELA INTERCESSÃO DE NOSSA SENHORA APARECIDA, RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL, A BÊNÇÃO DE DEUS ONIPOTENTE, PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO, DESÇA SOBRE VÓS E PERMANEÇA SEMPRE.AMÉM!
PRÓXIMOS EVENTOS (Todos estão convidados)





ÁGAPE MENSAL
11 - fevereiro - 2017


MAIO - 2017
De 03 a 11 - Viagem / Peregrinação a Portugal
De 20 a 21 - 7º ERESER CAMPINAS
De 15 a 30 - 2ª Missão UNESER em Rondônia

JUNHO - 2017
De 17 a 18 - 2º ERESER CAMPINAS

JULHO - 2017

De 05 a 15 - 3ª Peregrinação a Pé Caminho da Fé
De 14 a 16 - 37º ERESER PROVÍNCIA RIO/MINAS/ES
De 21 a 23 - 22º ENESER - APARECIDA

SETEMBRO - 2017
De 01 a 03 - 5º ERESER VICE PROVÍNCIA MANAUS

OUTUBRO - 2017

Dia 07 - ERESER NA NOVENA DE APARECIDA
Dia 21 - 11º ERESER MAIRINQUE

NOVEMBRO - 2017
De 12 a 15 - 7º ERESER PROVÍNCIA DE CAMPO GRANDE


XIII RETIRO
De 02 a 04 de fevereiro de 2018
Local: Pedrinha (a ser confirmado)




SOM NO BLOG

QUANDO QUISER ASSISTIR ALGUM VÍDEO DO BLOG, VÁ ATÉ À "RÁDIO UNESER INTERATIVA" (caixa à direita do blog) E CLIQUE NO BOTÃO DE PAUSA (II).
APÓS ASSISTIR O VÍDEO, CLIQUE NO MESMO BOTÃO (PLAY) PARA CONTINUAR OUVINDO A RÁDIO.

29 de junho de 2014

A palavra de Deus na vida - Homilia

Solenidade de São Pedro e São Paulo Apóstolos – Ano A – HOMILIA

Evangelho: Mateus 16,13-19
Naquele tempo:
13 Jesus foi à região de Cesareia de Filipe e ali perguntou aos seus discípulos:
“Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?”.
14 Eles responderam:
“Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; Outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”.
15 Então Jesus lhes perguntou:
“E vós, quem dizeis que eu sou?”.
16 Simão Pedro respondeu:
“Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”.
17 Respondendo, Jesus lhe disse:
“Feliz es tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu.
18 Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la.
19 Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”.
JOSÉ ANTONIO PAGOLA
 
O SERVIÇO DE PEDRO
Jesus conversa com seus discípulos na região de Cesareia de Filipe, não distante das nascentes do rio Jordão. O episódio ocupa um lugar destacado no evangelho de Mateus. Provavelmente, ele deseja que seus leitores não confundam as “igrejas” que estão nascendo de Jesus com as “sinagogas” ou comunidades judaicas onde há toda classe de opiniões sobre ele [Jesus].
A primeira coisa que precisa ser esclarecida é quem está no centro da Igreja. Jesus pergunta-o diretamente aos seus discípulos: “E vós, quem dizeis que eu sou?”. Pedro responde em nome de todos: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”. Intui que Jesus não é somente o Messias esperado. Ele é “Filho do Deus vivo”. O Deus que é vida, fonte e origem de tudo aquilo que vive. Pedro capta o mistério de Jesus em suas palavras e gestos que trazem saúde, perdão e vida nova às pessoas.
Jesus o elogia: “Feliz és tu... porque isso somente o meu Pai do céu pôde revelar-lhe”. Nenhum ser humano “de carne e osso” pode despertar essa fé em Jesus. Essas coisas as revela o Pai aos simples, não aos sábios e entendidos. Pedro pertence a essa categoria de seguidores simples de Jesus que vivem com o coração aberto ao Pai. Essa é a grandeza de Pedro e de todo verdadeiro crente.
Em seguida, Jesus faz uma promessa solene: “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja”. Não é uma pessoa qualquer que constrói a Igreja. É Jesus, mesmo, quem a edifica. É ele quem convida seus seguidores e reúne-os em torno de sua pessoa. A Igreja é dele. Nasce dele.
No entanto, Jesus não é um insensato que constrói sobre a areia. Pedro será “rocha” nessa Igreja. Não pela solidez e firmeza de seu temperamento, pois, ainda que honesto e apaixonado, também é inconstante e contraditório. Sua força provém de sua fé simples em Jesus. Pedro é o protótipo dos crentes e impulsionador da fé verdadeira em Jesus.
Este é o grande serviço de Pedro e seus sucessores à Igreja de Jesus. Pedro não é o “Filho do Deus vivo”, mas “filho de Jonas”. A Igreja não é sua, mas de Jesus. Somente Jesus ocupa o centro. Somente ele a edifica com seu Espírito. Porém, Pedro convida a vivermos abertos à revelação do Pai, a não esquecer Jesus e a centrar sua Igreja na verdadeira fé.
 
ENCONTRAR-NOS COM JESUS
Os cristãos têm esquecido, com demasiada frequência, que a fé não consiste em crer em algo, mas em crer em Alguém. Não se trata de aderirmos, fielmente, a um credo e, muito menos, de aceitar cegamente “um conjunto estranho de doutrinas”, mas de nos encontrarmos com Alguém vivo que dá sentido radical à nossa existência.
O decisivo é, verdadeiramente, encontrar-nos com a pessoa de Jesus Cristo e descobrir, por experiência pessoal, que ele é o único que pode responder, de maneira plena, às nossas perguntas mais decisivas, aos nossos anseios mais profundos e às nossas necessidades mais últimas.
Em nossos tempos, se faz cada vez mais difícil crer em algo. As ideologias mais fortes, os sistemas mais poderosos, as teorias mais brilhantes cambalearam ao descobrirmos suas limitações e profundas deficiências.
O homem moderno, castigado por dogmas, ideologias e sistemas doutrinais, talvez, quem sabe, esteja disposto a crer em pessoas que o ajudem a viver e o possam “salvar” dando um sentido novo à sua existência.
Por isso, o teólogo Karl Lehmann pôde dizer que “o homem moderno somente será crente quando tiver feito uma experiência autêntica de adesão à pessoa de Jesus Cristo”.
Causa tristeza observar a atitude de setores católicos cuja única obsessão parece ser “conservar a fé” como “um depósito de doutrinas” que se deve saber defender contra o assalto de novas ideologias e correntes que, para muitos, resultam mais atraentes, mais atuais e mais interessantes.
Crer é outra coisa. Antes de mais nada, nós cristãos devemos nos preocupar em reavivar nossa adesão profunda à pessoa de Jesus Cristo. Somente quando vivemos “seduzidos” por ele e trabalhamos pela força regeneradora de sua pessoa, poderemos difundir, também hoje, seu espírito e sua visão da vida. Do contrário, continuaremos proclamando com os lábios doutrinas sublimes, ao mesmo tempo que prosseguimos vivendo uma fé medíocre e pouco convincente.
Nós cristãos temos de responder, com sinceridade, a essa pergunta interpeladora de Jesus: “e vós, quem dizeis que eu sou?”.
Ibn Arabi escreveu que “aquele que foi tomado por essa enfermidade chamada Jesus, já não pode se curar”.
Traduzido do espanhol por Telmo José Amaral de Figueiredo.
Fonte: MUSICALITURGICA.COM – Homilías de José A. Pagola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Sua participação é muito importante para nós.