CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA NA VOZ DO PADRE VITOR COELHO CSsR

Ó MARIA SANTÍSSIMA, PELOS MÉRITOS DO SENHOR JESUS CRISTO QUE EM VOSSA IMAGEM MILAGROSA DE APARECIDA ESPALHAIS INÚMEROS BENEFÍCIOS SOBRE O BRASIL, EU, EMBORA INDIGNO DE PERTENCER AO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS, MAS DESEJANDO PARTICIPAR DOS BENEFÍCIOS DA VOSSA MISERICÓRDIA, PROSTRADO A VOSSOS PÉS, CONSAGRO-VOS O ENTENDIMENTO, PARA QUE SEMPRE PENSE NO AMOR QUE MERECEIS. CONSAGRO-VOS A LÍNGUA, PARA QUE SEMPRE VOS LOUVE E PROPAGUE A VOSSA DEVOÇÃO.CONSAGRO-VOS O CORAÇÃO, PARA QUE, DEPOIS DE DEUS, VOS AME SOBRE TODAS AS COUSAS.RECEBEI-NOS, Ó RAINHA INCOMPARÁVEL, QUE NOSSO CRISTO CRUCIFICADO DEU-NOS POR MÃE, NO DITOSO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS. ACOLHEI-NOS DEBAIXO DA VOSSA PROTEÇÃO. SOCORREI-NOS EM NOSSAS NECESSIDADES ESPIRITUAIS E TEMPORAIS E, SOBRETUDO, NA HORA DA NOSSA MORTE. ABENÇOAI-NOS Ó MÃE CELESTIAL, E COM VOSSA PODEROSA INTERCESSÃO FORTALECEI-NOS EM NOSSA FRAQUEZA, A FIM DE QUE, SERVINDO-VOS FIELMENTE NESTA VIDA, POSSAMOS LOUVAR-VOS, AMAR-VOS E RENDER-VOS GRAÇAS NO CÉU, POR TODA A ETERNIDADE. ASSIM SEJA! ...PELA INTERCESSÃO DE NOSSA SENHORA APARECIDA, RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL, A BÊNÇÃO DE DEUS ONIPOTENTE, PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO, DESÇA SOBRE VÓS E PERMANEÇA SEMPRE.AMÉM!
PRÓXIMOS EVENTOS (Todos estão convidados)





ÁGAPE MENSAL
11 - fevereiro - 2017


SETEMBRO - 2017
De 01 a 03 - 5º ERESER VICE PROVÍNCIA MANAUS
De 29 a 01/10 - ERESER CURITIBA

OUTUBRO - 2017

Dia 07 - ERESER NA NOVENA DE APARECIDA
Dia 21 - 11º ERESER MAIRINQUE

NOVEMBRO - 2017
De 12 a 15 - 7º ERESER PROVÍNCIA DE CAMPO GRANDE


XIII RETIRO
De 26 A 28 de janeiro de 2018
Local: Vila Santo Afonso - Pedrinha
Tema: A Espiritualidade Redentorista na Prática
Orientador: Padre Alfredo Viana Avelar, CSsR - Rio




SOM NO BLOG

QUANDO QUISER ASSISTIR ALGUM VÍDEO DO BLOG, VÁ ATÉ À "RÁDIO UNESER INTERATIVA" (caixa à direita do blog) E CLIQUE NO BOTÃO DE PAUSA (II).
APÓS ASSISTIR O VÍDEO, CLIQUE NO MESMO BOTÃO (PLAY) PARA CONTINUAR OUVINDO A RÁDIO.

11 de agosto de 2014

Vivências - De perto @ De longe



N º 1504  -  11/08/2014
6325. Evangelho de 2ª feira (11-08-2014) - Sta.Clara - Ez 1, 2-5.24-28c; Sl 148; Mt 17, 22-27-Estando os discípulos reunidos na Galileia, Jesus lhes disse: “O Filho do homem vai ser entregue às mãos dos homens, e estes vão matá-lo, mas ao terceiro dia ele ressuscitará”. E os discípulos ficaram muito tristes. Quando chegaram a Cafarnaum, aproximaram-se de Pedro os fiscais do templo e perguntaram: “Vosso mestre não paga o imposto do templo?” “Paga, sim”, respondeu Pedro. Ao entrar em casa, Jesus foi logo lhe dizendo: “Que pensas, Simão? De quem os reis devem cobrar taxas ou impostos: dos filhos ou dos estrangeiros?” “Dos estrangeiros”, respondeu-lhe Pedro. E Jesus disse: “Então os filhos estão livres. Mas para não sermos motivo de queda para eles, vai ao mar e joga o anzol. Pega o primeiro peixe que encontrar, abre-lhe a boca e encontrarás um estáter; toma-o e dá-o por mim e por ti”.

Recadinho: - Você fica muito triste diante dos sofrimentos? - Como consegue recobrar ânimo? - Há muita escravidão de seres humanos ainda hoje e de vários tipos. Você teria algum exemplo para citar? - Faça algum comentário de algum caso em que os impostos devidos não são pagos e também não são bem gerenciados por quem teria obrigação disso. - Jesus paga o imposto devido para evitar escândalo. Corremos o risco de escandalizar pessoas? Mencione alguma situação.

6326. Pensar primeiro nas necessidades dos pobres e depois nas nossas! - “Diante da multidão que O segue e - por assim dizer - "não o deixa em paz”, Jesus não reage com irritação, mas sente compaixão, porque sabe que não o procuram por curiosidade, mas por necessidade. E o sinal dessa compaixão são as numerosas curas que ele faz. Jesus nos ensina a pensar por primeiro nas necessidades dos pobres e depois nas nossas. Nossas exigências, mesmo legítimas, nunca serão tão urgentes quanto as dos pobres, que não têm o necessário para viver”. (Papa Francisco, comentando o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes (Mt 14, 13-21), 03/agosto/2014)

6327. A lógica de Deus é a partilha! - “Os discípulos pensam que é melhor mandar a multidão embora, para que possam ir procurar alimento. Em vez disso, Jesus diz: deem vocês mesmo de comer. Duas reações diferentes, que refletem duas lógicas opostas: os discípulos estão pensando de acordo com o mundo, por isso cada um deve pensar em si mesmo; raciocinam como se dissessem: arranjem-se sozinho! Jesus pensa de acordo com a lógica de Deus, que é a da partilha!” (Papa Francisco, comentando o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes (Mt 14, 13 -21), 03/agosto/2014)

6328. Se soubermos compartilhar nada faltará! - “Quantas vezes nos viramos para o outro lado para não ver os irmãos necessitados! E este “olhar para o outro lado” é uma maneira educada de dizer, com luvas brancas! “Arranjem-se sozinhos!” E isso não é de Jesus: isso é egoísmo! Se Jesus tivesse mandado embora a multidão, muitas pessoas ficariam sem comer. Em vez disso, os poucos pães e peixes, compartilhados e abençoados por Deus, foram suficientes para todos. Atenção! Não é uma magia; é um "sinal!” Um sinal que convida a ter fé em Deus, Pai providente, que não nos deixa faltar “o pão nosso de cada dia”, se soubermos compartilhá-lo como irmãos!” (Papa Francisco, comentando o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes (Mt 14, 13-21), 03/agosto/2014)

6329. O prodígio dos pães preanuncia a Eucaristia! - “Jesus "recitou a bênção" antes de partir o pão e distribuir para a multidão. O mesmo gesto fará na Última Ceia, quando instituirá o memorial perpétuo do seu Sacrifício redentor. Na Eucaristia, Jesus não dá um pedaço de pão, mas o pão da vida eterna, dá a Si mesmo, oferecendo-se ao Pai por amor a nós”. (Papa Francisco, comentando o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes (Mt 14, 13-21), 03/agosto/2014)

6330. A Eucaristia e meu próximo! - “Há alguns sinais muito concretos para entender como vivemos a Eucaristia; sinais que nos dizem se nós vivemos bem a Eucaristia ou não a vivemos tão bem! O primeiro indício é o nosso modo de olhar e considerar os outros. Na Eucaristia, Cristo realiza sempre novamente o dom de si que fez na Cruz. Toda a sua vida é um ato de total partilha de si por amor. Por isso Ele amava estar com os discípulos e com as pessoas que tinha oportunidade de conhecer”. (Papa Francisco, 12/fevereiro/2014)

Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Sua participação é muito importante para nós.