CONSAGRAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA NA VOZ DO PADRE VITOR COELHO CSsR

Ó MARIA SANTÍSSIMA, PELOS MÉRITOS DO SENHOR JESUS CRISTO QUE EM VOSSA IMAGEM MILAGROSA DE APARECIDA ESPALHAIS INÚMEROS BENEFÍCIOS SOBRE O BRASIL, EU, EMBORA INDIGNO DE PERTENCER AO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS, MAS DESEJANDO PARTICIPAR DOS BENEFÍCIOS DA VOSSA MISERICÓRDIA, PROSTRADO A VOSSOS PÉS, CONSAGRO-VOS O ENTENDIMENTO, PARA QUE SEMPRE PENSE NO AMOR QUE MERECEIS. CONSAGRO-VOS A LÍNGUA, PARA QUE SEMPRE VOS LOUVE E PROPAGUE A VOSSA DEVOÇÃO.CONSAGRO-VOS O CORAÇÃO, PARA QUE, DEPOIS DE DEUS, VOS AME SOBRE TODAS AS COUSAS.RECEBEI-NOS, Ó RAINHA INCOMPARÁVEL, QUE NOSSO CRISTO CRUCIFICADO DEU-NOS POR MÃE, NO DITOSO NÚMERO DOS VOSSOS SERVOS. ACOLHEI-NOS DEBAIXO DA VOSSA PROTEÇÃO. SOCORREI-NOS EM NOSSAS NECESSIDADES ESPIRITUAIS E TEMPORAIS E, SOBRETUDO, NA HORA DA NOSSA MORTE. ABENÇOAI-NOS Ó MÃE CELESTIAL, E COM VOSSA PODEROSA INTERCESSÃO FORTALECEI-NOS EM NOSSA FRAQUEZA, A FIM DE QUE, SERVINDO-VOS FIELMENTE NESTA VIDA, POSSAMOS LOUVAR-VOS, AMAR-VOS E RENDER-VOS GRAÇAS NO CÉU, POR TODA A ETERNIDADE. ASSIM SEJA! ...PELA INTERCESSÃO DE NOSSA SENHORA APARECIDA, RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL, A BÊNÇÃO DE DEUS ONIPOTENTE, PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO, DESÇA SOBRE VÓS E PERMANEÇA SEMPRE.AMÉM!
PRÓXIMOS EVENTOS (Todos estão convidados)





ÁGAPE MENSAL
11 - fevereiro - 2017


SETEMBRO - 2017
De 01 a 03 - 5º ERESER VICE PROVÍNCIA MANAUS
De 29 a 01/10 - ERESER CURITIBA

OUTUBRO - 2017

Dia 07 - ERESER NA NOVENA DE APARECIDA
Dia 21 - 11º ERESER MAIRINQUE

NOVEMBRO - 2017
De 12 a 15 - 7º ERESER PROVÍNCIA DE CAMPO GRANDE


XIII RETIRO
De 26 A 28 de janeiro de 2018
Local: Vila Santo Afonso - Pedrinha
Tema: A Espiritualidade Redentorista na Prática
Orientador: Padre Alfredo Viana Avelar, CSsR - Rio




SOM NO BLOG

QUANDO QUISER ASSISTIR ALGUM VÍDEO DO BLOG, VÁ ATÉ À "RÁDIO UNESER INTERATIVA" (caixa à direita do blog) E CLIQUE NO BOTÃO DE PAUSA (II).
APÓS ASSISTIR O VÍDEO, CLIQUE NO MESMO BOTÃO (PLAY) PARA CONTINUAR OUVINDO A RÁDIO.

31 de julho de 2014

Vivências - De perto @ De longe



Nº 1493  -  31/07/2014


6283. Evangelho de 5ª feira (31-07-2014) - Sto. Inácio de Loyola - Jr 18, 1 -6; Sl 145; Mt 13, 47-53 - Jesus disse à multidão: “O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo. Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam. Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos, e lançarão os maus na fornalha de fogo. E aí, haverá choro e ranger de dentes. Compreendestes tudo isso?” Eles responderam: “Sim”. Então Jesus acrescentou: “Assim, pois, todo mestre da Lei, que se torna discípulo do Reino dos Céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas”. Quando Jesus terminou de contar essas parábolas, partiu dali.

Recadinho: - Procuro estar sempre entre os “peixes” bons de Deus? - O que a “rede” de minha vida recolhe? Bons peixes? - Como somos felizes por podermos avaliar sempre o conteúdo de nossa “rede”, a rede que nos envolve! - Procuro sempre ser trigo, mesmo em meio ao joio? - Agradeçamos a Deus por fazermos parte dos bons!

6284. Papa se encontrará com 50 mil coroinhas - No dia 05 de agosto de 2014, o Papa Francisco se encontrará com 50 mil coroinhas alemães, acompanhados por familiares, párocos e bispos. A ida a Roma, de 4 a 8 de agosto, é considerada como a primeira etapa da peregrinação dos coroinhas europeus a Roma. Esta peregrinação terá a participação de 26 dioceses alemãs, da Arquidiocese de Viena e de um grupo proveniente da Letônia. Terá como tema o versículo do Profeta Isaías “Eis-me aqui, envia-me!” e o lema será “Livres! Porque é permitido fazer o bem”, inspirado no Evangelho de Mateus (Mt 12, 12). A logomarca da peregrinação representa a Praça São Pedro tendo ao centro a palavra alemã “Frei!” ( ́livres`), circundada por dois semi-círculos não totalmente fechados, indicando uma relação de união e irmandade entre os homens, mas sobretudo em relação a Deus.

6285. Coroinhas na Alemanha - Na Alemanha há cerca de 430 mil “coroinhas”. De tradição secular na Igreja, o coroinha é uma criança ou adolescente, que realiza um serviço de assistência aos sacerdotes e aos diáconos durante a liturgia. Depois do Concílio Vaticano II, também meninas passaram a exercer a função e também a partir daí o “pequeno padre” passou a ser chamado também de “ministrante”, aquele ou aquela que presta serviço. Durante a Audiência Geral de 4 de agosto de 2010, Bento XVI acolheu 55 mil coroinhas de 17 países europeus, ocasião em que lhe foi apresentada uma estátua de São Tarcísio, padroeiro dos coroinhas. Tarcísio sofreu o martírio quando era adolescente. Ao levar a Eucaristia a cristãos na prisão, foi descoberto. Comprimiu então contra o peito o Corpo de Jesus para que este não caísse em mãos profanas mas foi descoberto e assassinado. Na Alemanha, cada diocese tem uma pastoral dedicada a eles e um ou dois responsáveis pelos ministrantes. A partir de 2001, anualmente são organizadas peregrinações especiais deles a Roma. De 25 a 31 de agosto de 2014, será realizada a “Peregrinação nacional dos ministrantes franceses”.

6286. Contra o consumo e o tráfico de droga - O “Dia mundial contra o consumo e o tráfico ilícito de droga”, convocado em 1987 pela Assembleia Geral das Nações Unidas para recordar o objetivo comum de todos os Estados-membros de criar uma comunidade internacional livre das drogas, foi celebrado no dia 26 de junho de 2014. Na Argentina, o fenômeno eclodiu como grave problema social e a Igreja se engajou na linha de frente para combater este flagelo, também porque a ele se une o fenômeno da violência. Com o lema "Todos jogamos esta Copa... vista a camisa da vida... diga não à droga", os habitantes de Trelew (na Argentina) saíram às ruas celebrando o “Dia mundial contra o consumo e o tráfico de droga". A marcha partiu depois das palavras de incentivo do Bispo auxiliar da diocese de Comodoro Rivadavia, Dom Fernando Croxatto. As autoridades civis, motivando a participação de todos, agradeceu aos vários grupos sociais que trabalham neste âmbito complexo pelo empenho, em especial à Igreja Católica que, como testemunha o interesse do próprio Papa Francisco, acompanha de perto os  casos de muitas famílias com jovens que vivem este drama.
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             
Pe. Geraldo Rodrigues, CSsR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Sua participação é muito importante para nós.